Capa da Publicação

Homem de Ferro Superior: Tudo sobre o personagem que pode aparecer em Doutor Estranho no Multiverso da Loucura

Por Gus Fiaux

trailer de Doutor Estranho no Multiverso da Loucura chegou trazendo muitas surpresas e revelações do que poderemos esperar do próximo filme do Mestre das Artes Místicas. E fazendo jus ao título, seremos jogados no Multiverso em toda sua glória e loucura. Uma figura muito peculiar da prévia levantou debates dos fãs, com muitos especulando se seria um Tocha Humana ou uma versão de Monica Rambeau. Porém, para alguns fãs, não há dúvida: trata-se do Homem de Ferro Superior.

O personagem surgiu nos quadrinhos e nunca foi adaptado no Universo Cinematográfico da Marvel até agora, mas seria uma figura interessante de se observar, ainda mais por ser uma versão alternativa de Tony Stark, e não aquele herói que conhecemos e que se sacrificou ao fim de Vingadores: Ultimato para salvar o mundo das garras cruéis de Thanos. Aqui, você vai conhecer quem é o Homem de Ferro Superior e qual pode ser seu papel em Doutor Estranho no Multiverso da Loucura!

Quem é o Homem de Ferro Superior?

Se você acha que essa se trata de uma versão de um universo alternativo nos quadrinhos da Marvel, não se engane: o Homem de Ferro Superior é o próprio Tony Stark da Terra-616 (o universo principal da Marvel), com uma personalidade maligna e a arrogância que tinha antes de passar por toda sua jornada de redenção. Esse lado cruel do herói aflorou durante os eventos da saga Vingadores e X-Men: EIXO, no qual Tony e um grupo de heróis precisam deter o vilão nazista Caveira Vermelha, que havia roubado para si o cérebro do Professor X, dado como morto na época.

Para impedi-lo, o Doutor Destino e a Feiticeira Escarlate lançam um feitiço que “inverte” o eixo da natureza. Assim, quem é herói passa a ser vilão e vice-versa. Passada a grande luta da saga, um novo feitiço é lançado para que tudo possa voltar ao normal. Mas Tony, que já havia se tornado um vilão a essa altura do campeonato, se protege do novo feitiço com um escudo, mantendo sua personalidade maligna por mais tempo.

Sedento por dinheiro, o Homem de Ferro cria uma nova armadura para si (falaremos mais disso depois) e se muda para a cidade de São Francisco, onde cria um plano assustador: ele infecta os reservatórios de água do local com uma nova versão do Vírus Extremis e faz com que as pessoas “se viciem” nele, já que ele fornece a elas um ideal de vida perfeita. Passado um mês do “teste grátis”, ele passa a cobrar US$99,99 por dia para que as pessoas possam manter a tecnologia, aumentando sua riqueza e explorando a vulnerabilidade do povo.

Vários heróis confrontaram Tony nesse período, inclusive o Demolidor e a Resgate, mas ele não perdeu a inversão moral, mesmo com sua imagem pública sendo destruída por seus atos abomináveis. O Homem de Ferro então voltou ao normal depois das Guerras Secretas, quando todos os traços do feitiço desapareceram. Mais uma vez heroico e bondoso, ele abandonou o traje branco e voltou a trabalhar ao lado dos Vingadores como um grande ícone.

Armadura Simbiótica

Como dito anteriormente, a mudança de Tony Stark não foi refletida apenas em sua personalidade, mas também em seu visual. Como Superior Homem de Ferro, ele adotou uma nova armadura branca com detalhes pretos e luzes azuis. Essa armadura é chamada de Modelo 50, mas suas funcionalidades estão além de qualquer coisa que Tony já tenha criado nos quadrinhos, uma vez que o traje é composto por uma espécie de “simbionte tecnológico”.

Por isso, a armadura também ficou conhecida como Endo-Sym (o “endo” representando a ideia de que ela é alojada dentro do corpo do herói e pode ser manifestada graças a um elo telepático, enquanto o “sym” vem de simbionte). A principal inspiração para o traje veio da fonte mais óbvia o possível: os Klyntar, raça alienígena de simbiontes cujos membros mais famosos são VenomCarnificina Knull.

O traje é composto integralmente por metal líquido, que se adapta e responde aos comandos de seu usuário, quase que uma versão aprimorada de trajes anteriores, como a armadura Extremis ou a armadura Bleeding Edge. A maior diferença é que o traje era completamente biológico, sem necessitar de nenhum aparato tecnológico e funcionando mesmo ao ser atingido por pulsos eletromagnéticos e outros ataques que danificam sistemas eletrônicos.

Além de várias armas e da capacidade de adotar outras formas quando necessário, a nova armadura também podia ser controlada remotamente, além de se adequar a qualquer usuário, caso Tony Stark “a enviasse” para se ligar em outro corpo. Além disso, o próprio Tony também teria feito uma proteção especial contra ataques sônicos, algo que costuma ferir todos os simbiontes da Marvel Comics.

Homem de Ferro Superior no Multiverso da Loucura?

No trailer de Doutor Estranho no Multiverso da Loucura, podemos ver uma figura misteriosa, imbuída de energia, que parte para enfrentar a Feiticeira Escarlate. Embora seja só um borrão na tela, muitos acreditam que possa ser o Homem de Ferro Superior, alimentando rumores de que uma versão do Vingador Dourado estaria no filme, vindo de outro universo e compondo os Illuminati.

Isso explicaria por que esse Homem de Ferro seria capaz de controlar um exército de Ultron — lembrando que, nos filmes, Ultron originalmente era um sistema de defesa criado por Tony Stark para defender o planeta, que acabou se voltando contra seus criadores e se tornando um vilão. Porém, uma versão mais “maligna” do Homem de Ferro até poderia se beneficiar disso e lutar ao lado de Ultron, em vez de tentar impedi-lo.

A maior teoria, no entanto, é que o personagem possa ser interpretado por Tom Cruise, já que o ator está em vários rumores do longa. Para quem não sabe, Cruise chegou a ser sondado para viver o herói da Marvel na década de 90, mas o projeto nunca saiu do papel até que Robert Downey Jr. se consagrou como o bilionário, gênio, playboy e filantropo do Universo Cinematográfico da Marvel.

Ainda é muito cedo para dizer, especialmente porque o trailer não dá muitos indícios além dessas breves cenas que, como dito anteriormente, estão borradas e não permitem que vejamos exatamente quem está por trás dessas rajadas de energia. Mesmo assim, seria bem interessante ver uma versão cruel do Homem de Ferro nos cinemas, o que só provaria como o Multiverso é cheio de surpresas e nenhuma variante dos heróis que conhecemos é igual às outras!

Doutor Estranho no Multiverso da Loucura estreia em 6 de maio.

Abaixo, confira também:

Imagem de perfil
Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Demon to some... angel to others (ele/dele) || @gus_fiaux