Capa da Publicação

Kit Connor: Saiba tudo sobre o ator da série Heartstopper

Por Chris Rantin

Lançada na última sexta (22), Heartstopper dominou o top 10 da Netflix em diversos países. A série, um romance adolescente LGBT, é baseada na graphic novel de Alice Oseman, mostrando o relacionamento entre Charlie Spring (Joe Locke) e Nick Nelson (Kit Connor). Trazendo muita representatividade e fofura, o projeto simplesmente encantou a internet e conquistou uma legião de fãs.

E boa parte do sucesso de Heartstopper se deve ao carisma dos seus protagonistas, especialmente o adorável Nick, que se tornou o queridinho do Twitter. Mas você conhece tudo sobre o ator que o interpreta? Saiba tudo sobre Kit Connor agora!

Quem é Kit Connor? 

Kit Sebastian Connor, nascido dia 8 de março de 2004, é do signo de peixes e tem 18 anos. O jovem ator é de Purley, parte do bairro londrino de Croydon em Londres, Inglaterra

Ele estudou na Whitgift School, um internato em South Croydon, Londres. Ele começou a trabalhar como ator desde cedo, aos oito anos de idade. 

Aos 11 anos de idade, em uma entrevista para a John Whitgift Foundation, ele confessou que já estava escrevendo seus próprios projetos e que sonhava em poder dirigir seu próprio roteiro projeto algum dia. 

Começo de carreira e principais trabalhos 

Kit Connor em seu primeiro grande filme: Que Fim Levou Papai Noel.

Kit Connor começou a trabalhar com uma pequena participação especial na série Chickens, An e no filme Uma Aventura no Espaço e Tempo, da franquia Doctor Who. Posteriormente, ele conseguiu um papel de mais destaque em Que Fim Levou Papai Noel, além de ser recorrente na série britânica Rocket’s Island

Em 2016 ele atuou em Guerra & Paz, série da BBC que adapta o famoso livro de Liev Tolstói. O elenco trazia grandes nomes como Paul Dano, Ade Edmondson, Lilly James e Gillian Anderson. Na época, aos 12 anos, Kit se mostrou muito feliz com o projeto, dizendo que se conectou como uma família de trabalho com seus colegas. 

Em 2019, Connor encarnou o jovem Elton John no filme Rocketman. Foi neste mesmo período em que ele deu voz ao adorável Pantalaimon, a série da BBC One e HBO de His Dark Materials.

Kit Connor como Elton John em Rocketman

Em uma entrevista para a Crookes Magazine, Connor falou sobre como começou sua carreira de ator:

“Isso meio que só aconteceu para mim. Eu comecei fazendo alguns comerciais, eu fiz um anúncio para a Sainsburry’s e pro KFC em algum momento, e eu achei isso muito divertido. Lentamente, eu consegui minha primeira série de TV e meu primeiro filme aos 9 anos, o que foi bem legal. Foi nessa época que eu pensei que isso era algo que eu poderia fazer profissionalmente como meu trabalho,” disse. “Eu acho que isso meio que progrediu lentamente ao ponto de que, quando fiz meu primeiro filme, eu pensei que esse poderia ser meu futuro.” 

Outros projetos 

Kit Connor em Little Joe

Além das produções já citadas, Connor também atuou em vários projetos entre filmes, séries e peças de teatro. 

Em 2015 ele atuou no filme Sr. Sherlock Holmes, ao lado de Ian McKellen; Em 2018 participou de Somente o Mar Sabe, contracenando com Colin Firth, Rachel Weisz e Jonathan Bailey; no filme de Steven Spielberg, Jogador Nº 1; A Sociedade Literária e a Torta de Casca de Batata; e o filme britânico de terrir Slaughterhouse Rulez, atuando ao lado de Simon Pegg, Michael Sheen e Asa Butterfield.

Seu último filme foi em 2019, Little Joe, que disputou uma Palma de Ouro no Festival de Cannes.

Já nas séries, seus outros trabalhos incluem Casualty, de 2013; The Frankenstein Chronicles, de 2015; Grantchester, de 2016 e a minissérie SS-GB de 2017. 

No teatro, sua estreia foi em 2016, com a peça Welcome Home, Captain Fox!; dois anos depois ele voltou para os palcos, com Fanny & Alexander

Heartstopper 

Kit Connor como Nick Nelson em Heartstopper

Nick Nelson é o co-protagonista de Hearstopper. Ele é um jogador de rúgbi bastante popular que se descobre bissexual após se apaixonar por Charlie Spring. Ao longo da trama, acompanhamos a aceitação de sua própria sexualidade, bem como o desdobramento deste adorável romance.

Mais de 10 mil pessoas fizeram a audição para Heartstopper, mas, no fim, foi Kit Connor que conquistou o papel de Nick NelsonEm março de 2021, quando os atores foram escolhidos, Alice Oseman, a criadora da história, exaltou a escolha dos protagonistas (via Attitude UK): 

“Nick e Charlie existiram como personagens por quase uma década, e são dois dos meus personagens mais queridos, então eu estava um pouco apreensiva com a busca pelo elenco, mas eu estou muito feliz e animada que nós escalamos Kit e Joe. […] Ambos são tão talentosos, gentis, divertidos, engraçados e tão perfeitos. Tem sido muito divertido conhecê-los e recebê-los no universo de Heartstopper, mal posso esperar para que vocês vejam esses personagens ganharem vida nas telinhas.” 

Qual a sexualidade de Kit Connor? 

Kit Connor não falou publicamente sobre sua sexualidade.

Por mais que seja muito ativo ao exaltar a maneira que Heartstopper abre um diálogo sobre a vivência de jovens LGBTs, em nenhum momento Kit Connor declarou sua sexualidade

Isso porque o ator é bastante reservado sobre sua vida pessoal, focando principalmente em divulgar o seu trabalho do que em falar sobre o que acontece por trás das câmeras. Motivo pelo qual não há nenhum registro sobre qualquer relacionamento afetivo que ele já pode ter tido.

Mesmo assim, Connor tem falado abertamente sobre como Nick Nelson foi importante para ele. Em uma entrevista para a Big Issue, Connor disse ter muito em comum com seu personagem, exaltando a jornada de Nick para aceitar e entender sua própria sexualidade. “Esse é um momento relacionável para várias pessoas. O momento de simplesmente ser realmente honesto consigo mesmo,” disse. 

Nick Nelson beijando Charlie Spring

O ator também exaltou o trabalho de Alice Oseman em retratar a experiência e os desafios da vivência bissexual em Heartstopper, ressaltando como é difícil ver esse tipo de representatividade na mídia. 

“Eu acho que é extremamente importante. É algo que você nunca consegue ter o bastante. O fato de que nunca houve uma série para esse tipo de público [livre para todas as idades] é algo insano para mim. Porque como você pode esperar a normalização da comunidade LGBTQ+ e permitir que crianças cresçam e saibam que é perfeitamente normal elas terem esses sentimento, dando a elas a possibilidade de entenderem elas mesmas e realmente se aceitar e se amar? Como você pode fazer isso sem mostrar pessoas Queer sendo felizes, se apaixonando e se divertindo?,” questionou Connor. “Nick, em particular. Não há muita representação de homens bissexuais na grande mídia. Então [a série] é realmente para as pessoas que experienciaram esse tipo de conflito pelo qual o Nick passa, elas podem se relacionar com ele.” 

Falando com a Teen Vogue, Kit disse que a série mudou sua vida: 

“Ela me fez ser mais eu mesmo e ter mais orgulho de quem eu sou,” revelou. “E ser mais eu mesmo de forma genuína e autêntica.” 

A primeira temporada de Heartstopper já está disponível no catálogo da Netflix!

Aproveite também:

Imagem de perfil
sobre o autor Chris Rantin

Jornalista • Editor • Mestrando em Comunicação pela UEL • Instagram e Twitter: @Chris_Rantin • "Eu sou o fogo e a vida encarnados. Agora e para sempre eu sou a Fênix!"