Capa da Publicação

Dragon Ball: Por que mulheres nunca se transformaram em Super Sayajin até a chegada de Caulifla?

Por Nick Narukame

Dragon Ball Super adicionou uma variedade de personagens ao elenco da franquia. Entre eles, Caulifla foi a primeira Saiyajin feminina a alcançar a forma de Super Saiyajin. Mas, por que nenhuma outra mulher havia alcançado esse nível de poder antes da chegada da garota? A resposta pode ser muito simples: Akira Toriyama não sabia o melhor jeito de executar essa ideia.

Levando em consideração que Pan, filha de Gohan, também é uma descendente de saiyajin e muito mais antiga na obra que Caulifla, por que não fazer dela a primeira mulher a se tornar Super Saiyajin? Quando questionado sobre isso, Toriyama explicou que a garota simplesmente não havia enfrentado nenhuma situação que lhe trouxesse a necessidade de evoluir para essa forma.

Caulifla assumindo a forma super Saiyajin.

Caulifla é a primeira Saiyajin feminina a alcançar a forma Super.

Como ela era uma criança em Dragon Ball Z e Dragon Ball GT não faz parte do cânone da franquia, Pan, aos olhos do artista, sempre foi uma garotinha vivendo em tempos de paz. Dessa forma, Toriyama jamais teve a oportunidade de executar a ideia com ela.

Quando os produtores de Dragon Ball Super trouxeram a ideia de Kale para inclusão na obra, o artista se animou e criou Caulifla como sua dupla e melhor amiga. As duas possuem uma forte ligação durante o torneio ocorrido na nova fase do mangá e a fusão entre elas quase derrotou Goku em uma luta (via ScreenRant).

Dragon Ball Super possui um filme intitulado Dragon Ball Super: Superhero em produção pela Toei Animation. Sua estreia se daria no dia 22 desse mês, mas devido a um ataque cibernético sofrido pelo estúdio, sua data foi adiada, e, até o momento, não possui uma nova previsão de exibição.

Mas e você? Sabia dessa curiosidade? Divida com a gente nos comentários!

Aproveite e confira também:

Imagem de perfil
sobre o autor Nick Narukame

Graduada em Letras pela UFF, moradora do fim do mundo, escritora amadora e cosplayer sem talento. Dotada com o superpoder de fazer as piadas mais sem graça da face da terra. Se quiser alimentar, dê chocolate. || @narukamenick