Capa da Publicação

Will Smith é banido da cerimônia do Oscar por 10 anos

Por Chris Rantin

Quase duas semanas após o polêmico tapa de Will Smith em Chris Rock no Oscar de 2022, a Academia chegou ao seu veredito e decretou que o ator está banido da cerimônia por 10 anos. De acordo com o The Hollywood Reporter, Will não poderá frequentar nenhum evento da Academia neste período, mas não terá que devolver sua estatueta de Melhor Ator.

A Academia se reuniu nesta sexta-feira para decidir o que aconteceria com o ator. Caso Smith não tivesse escolhido sair da Academia, ele seria suspenso ou expulso, uma vez que o grupo chegou a decisão de que o tapa em Rock violou as regras de condutas que foram implementadas para a premiação.

No veredito, a Academia reconhece que demorou para tomar alguma atitude e agradeceu Chris Rock por “manter a compostura diante de circunstâncias extraordinárias.” Will Smith se pronunciou diante da decisão através de um porta-voz: “Eu aceito e respeito a decisão da academia.” 

Confira o comunicado completo abaixo:

“A 94ª edição do Oscar deveria ser uma celebração para os muitos indivíduos de nossa comunidade que fizeram um trabalho incrível no último ano; entretanto, esses momentos foram eclipsados por um comportamento inaceitável e prejudicial que vimos o Sr. Smith exibir no palco. 

Durante nossa transmissão, nós não lidamos adequadamente com a situação no ambiente. Por isso, nós pedimos desculpas. Essa é uma oportunidade para nós de dar o exemplo aos nossos convidados, espectadores e a nossa família da Academia ao redor do mundo, e nós ficamos aquém — despreparados para o inesperado. 

Hoje, o Conselho de Governadores [do Oscar] fez uma reunião para discutir qual a melhor maneira de responder as ações de Will Smith no Oscar, além de aceitar sua resignação [para com a Academia]. O Conselho decidiu que, por um período de 10 anos a começar dia 8 de abril de 2022, o Sr. Smith não deve ter sua participação permitida em qualquer evento ou programa da academia, pessoalmente ou de forma virtual, incluindo não apenas o Oscar.

Queremos expressar nossa imensa gratidão ao Sr. Rock por manter sua compostura diante das circunstâncias extraordinárias. Também queremos agradecer aos nossos anfitriões, apresentadores e indicados por manterem a elegância e compostura durante nosso evento. 

Essa ação que estamos tomando hoje em resposta ao comportamento de Will é um passo em direção a um objetivo ainda maior para proteger nossos apresentadores e convidados, e restaurar a confiança na academia. Nós também esperamos que podemos começar o tempo de cura e restauração para todos os envolvidos e impactados.”

Will Smith é banido do Oscar por 10 anos.

Desde o tapa na noite, a indústria de Hollywood tem estado em polvorosa, criticando as ações de Will Smith e chamando o momento como traumatizante, chocante e indesculpável. Alguns famosos chegaram a exigir que ele fosse obrigado a devolver seu prêmio ou que ficasse impossibilitado de concorrer a uma estatueta no futuro.

Contudo, outras pessoas tem apontado a hipocrisia nesses pedidos, levando em conta o histórico de figuras criminosas — envolvidas em escândalos sexuais, pedofilia e racismo, como Harvey Weinstein, Roman Polanski Woody Allen — que já foram premiadas pelo Oscar, sem que enfrentassem esse tipo de represaria por parte de Hollywood.

Will Smith venceu na categoria de Melhor Ator

Na noite do Oscar de 2022, Chris Rock fez uma piada com a falta de cabelo de Jada Pinkett-Smith, esposa de Will, que adotou o novo visual por conta do distúrbio conhecido como alopecia. Depois de se mostrar desconfortável com a piada, Will subiu ao palco e deu um tapa na cara de Rock, gritando para que ele parasse de falar de Jada.

Vale lembrar que o ocorrido não foi a primeira vez que Chris Rock fez piada com Jada durante o Oscar. Em 2016 o comediante fez um longo monólogo criticado o boicote da atriz contra o racismo na Academia.

Pouquíssimo tempo depois, Will Smith voltou a subir ao palco, recebendo o Oscar de Melhor Ator por King Richard. Bastante emocionado, o ator se desculpou e chorou. Após a confusão, ele emitiu um pedido de desculpas e Jada Pinkett-Smith também se pronunciou.

Veja também:

Imagem de perfil
sobre o autor Chris Rantin

Jornalista • Editor • Mestrando em Comunicação pela UEL • Instagram e Twitter: @Chris_Rantin • "Eu sou o fogo e a vida encarnados. Agora e para sempre eu sou a Fênix!"