Michael B. Jordan: 11 coisas que você não sabia sobre o ator de Creed

Capa da Publicação

Michael B. Jordan: 11 coisas que você não sabia sobre o ator de Creed

Por Junno Sena

Enquanto especulamos quem tomará o manto de Pantera Negra em Wakanda Forever, a Tela Quente desta noite nos lembra de outro papel marcante na carreira de Michael B. Jordan. Lançado em 2018, Creed II traz de volta o carismático Adonis ao lado de Rocky Balboa, interpretado por Sylvester Stallone

Pensando em deixá-lo animado para revisitar essa outra franquia de sucesso em que o ator está inserido, separamos 11 curiosidades que você provavelmente não sabia sobre Michael B. Jordan. Esquecemos de alguma? Não esqueça de nos lembrar nos comentários!

Imagem de capa do item

Sua estreia como ator

Você pode ter conhecido Michael B. Jordan em produções como Poder Sem Limites, mas a carreira do ator começou em 1999, quando tinha apenas 12 anos de idade. Sua estreia na TV aconteceu em um dos maiores sucessos da época: Família Soprano. Porém, seu papel não foi grandioso, interpretando apenas um valentão em um dos episódios da série. Outro papel do mesmo ano foi como o de um estudante em The Cosby Show.

Imagem de capa do item

Múltiplos talentos

Alguns podem achar que Michael B. Jordan é apenas um bom ator, mas ele possui múltiplos talentos. Além de já ter jogado basquete na época do colégio, Michael aprendeu a sapatear quando criança e praticou karatê e futebol quando mais jovem.

E, se já não é muito para o seu currículo, ele costumava fazer competições de culinária com o colega ator e cantor, Tristan Wilds. Parece que perdemos um chefe de cozinha, mas ganhamos um grande ator.

Imagem de capa do item

Barba é um problema para Michael

Michael B. Jordan é conhecido pela sua energia e sorriso simpático, mas a barba que emoldura esse sorriso não é fácil de manter. De acordo com o ator, ele não consegue deixar a barba crescer completamente. Em vez disso, os pelos de seu rosto crescem em partes. Uma vez, brincou sobre como gostaria de inventar uma barba em spray para compensar a sua falta de pelos faciais.

Imagem de capa do item

Suas principais referências

Destacando-se em frente às câmeras e nos tapetes vermelhos, Michael já compartilhou algumas das suas inspirações. Quando falamos em moda, comentou que suas principais referências são Prince e Pharrell Williams. Já quando falamos em vida profissional, revelou que uma das suas atrizes favoritas é Meryl Streep, porém, se pudesse trabalhar com qualquer ator do mundo, escolheria Leonardo DiCaprio.

Imagem de capa do item

Michael Jordan? O jogador de basquete?

De acordo com o ator, Michael compartilhava o mesmo nome e sobrenome com outras onze pessoas na cidade onde nasceu, em Santa Ana, Califórnia. Porém, mais a frente, se viu sendo confundido com outro Michael Jordan, o jogador de basquete.

O que começou como uma confusão se tornou uma piada em Space Jam: Um Novo Legado. Não possuindo nenhum parentesco com o jogador, Michael revelou que adicionou a inicial de seu segundo nome, “B.”, para que não gerasse maiores confusões.

Imagem de capa do item

Família “ABC”

Mas isso não significa que o “B.” em “Michael B. Jordan” não signifique nada. Seu segundo nome, Bakari, significa “promessa nobre” em suaíli, língua banta da família nigero-congolesa.

O que nem todos sabem é que existe mais um significado por trás de seu segundo nome. “Michael B. Jordan” é, principalmente, uma homenagem ao seu pai, Michael A. Jordan. Infelizmente, o ator já revelou que não tem interesse em trazer ao mundo um Michael C. Jordan.

Imagem de capa do item

Quase foi um herói no MCU

Todos sabemos que o Tocha-Humana de Michael B. Jordan não foi um ponto alto de sua carreira, porém Killmonger conseguiu marcar o Universo Cinematográfico da Marvel. Mas ator quase entrou para a Marvel Studios de outra forma.

Michael foi considerado para viver o papel de Harry Osborn em O Espetacular Homem-Aranha 2: A Ameaça de Electro, mas perdeu o papel para Dane DeHaan, com quem havia contracenado em Poder Sem Limites. O ator também foi considerado para viver Sam Wilson, o atual Capitão América, em Capitão América 2: O Soldado Invernal. No fim, Anthony Mackie ficou com o papel do herói e, alguns anos mais tarde, Michael viveu o suficiente para se tornar o vilão.

Imagem de capa do item

Ele é otaku!

Uma qualidade para alguns, um alerta vermelho para outros. Michael já revelou em diversos momentos que é um grande fã de animes. Chegando a lançar uma linha de roupas, em parceria com a Coach, inspirada no anime Naruto, o ator revelou ter derramado algumas lágrimas com o final da história do ninja da Aldeia da Folha.

"Meu anime favorito é Naruto Shippuden", comentou Michael. "Sou fã há anos, desde quando eu tinha 12 ou 13 anos. Eu realmente vi Sasuke e Naruto crescerem. E, no fim, foi muito triste. Derramei algumas lágrimas".

Imagem de capa do item

Dispensou dublê durante as gravações de Creed

Não são apenas Jackie Chan e Tom Cruise que dispensam dublês. Durante as filmagens de Creed: Nascido para Lutar, Michael realizou todas as suas cenas de ação. O ator revelou que ficou "constantemente ensanguentado, machucado e tonto" enquanto filmava suas cenas de luta.

Para ficar forte o bastante para enfrentar o choque das filmagens, ele seguiu uma rotina rigorosa de treinos e dieta. Michael treinava até três vezes por dia durante seis dias por semana. Mantendo uma alimentação constante, revelou comer apenas carne cozida, verduras, peixe e frutas.

Imagem de capa do item

Se preocupa com a reação da mãe com seus papéis

Quando atingiu 15 anos, Michael protagonizou uma cena de morte na série A Escuta. O que poderia ser apenas mais um dia de trabalho, se tornou uma questão complicada para com sua mãe. O ator contou que ela ficou emocionalmente abalada quando o viu morrer em tela, e desde então, ele prometeu que faria mais papéis em que ele “sobrevivesse e prosperasse”.

“Minha mãe já me viu morrendo até demais. Preciso dar uma pausa a ela. Se tudo der certo, vou tentar sobreviver até o terceiro ato”, disse em entrevista. A promessa não durou tanto quanto gostaria.

Em 2013, por exemplo, viveu Oscar Grant em Fruitvale Station: A Última Parada, baseado na história real do assassinato de Oscar pela polícia na Califórnia. Não muito depois, em 2018, ele se viu com mais um papel “mortal”, Killmonger em Pantera Negra.

Por último, mas não menos importante, Michael dorme pelado

Como diria Linn da Quebrada, essa curiosidade é apenas uma “brincadeira boba e gostosa”. Mesmo não fazendo diferença na vida de ninguém além para a de Michael, saiba que o ator dorme pelado e tem uma curiosa aversão a roupas.

"Dormir… Pelado. Tem algo sobre roupas... Minha mãe diz que quando eu tinha uns três anos, eu tirava todas as minhas roupas e corria pelado pela casa. Nunca fui um fã de roupas. Muito menos na hora de dormir".

Imagem de perfil
Junno Sena

Pós graduando em Antropologia com o raio problematizador ligado no 120. Assiste filme trash para relaxar e dorme cantarolando a trilha sonora de A Hora do Pesadelo. Blaxploitation na veia e cinema coreano no coração. Atualmente mora em Petrópolis, RJ. Ele | Elu