Capa da Publicação

Zack Snyder conta como convenceu executivos da Warner a lançarem o Snydercut

Por Raphael Martins

O que parecia impossível realmente vai acontecer: a Warner Bros. vai lançar a versão de Zack Snyder de Liga da Justiça em sua futura plataforma, o HBO Max. Foram meses de apelo de muitos fãs, mas o estúdio finalmente deu o braço a torcer e o lançamento vai acontecer.

Veja também:

Divulgado modelo da máscara do Flash em filme cancelado da Liga da Justiça

Nova HQ da Liga da Justiça apresenta a arma mais poderosa de Darkseid

Liga da Justiça Sombria: Guerra de Apokolips trocou toda a dublagem; veja o teaser

Em uma entrevista ao site The Hollywood Reporter, Zack Snyder e sua esposa, Deborah Snyder, falaram abertamente sobre o projeto, que é bem ambicioso: a intenção é reunir o elenco do filme para gravarem algumas cenas, com o custo final variando entre $20 e $30 milhões.

O casal conta ao site que, após a hashtag #ReleaseTheSnyderCut chamar a atenção do mundo inteiro por meses, executivos da Warner ligaram para sua casa e perguntaram se eles estavam dispostos a terminar o projeto. Eles então prepararam uma apresentação e, ainda em fevereiro, convidaram um grupo de executivos da Warner Bros., da HBO Max e da DC até sua residência para exibir a versão do diretor, em preto e branco.

Após a apresentação para sua seleta plateia, que incluía nomes como o presidente da Warner Walter Hamada e o quadrinista Jim Lee, Snyder compartilhou várias ideias para o relançamento do filme, inclusive o conceito de ele ser dividido em vários episódios, como uma série de TV. Todos saíram de lá empolgados e o projeto estava pronto para acontecer.

Deborah Snyder conta que nem mesmo a pandemia do coronavírus parecia ser um problema:

“As pessoas pensaram: ‘Não vai ser possível acelerar esse projeto, talvez isso deva ficar em segundo plano.’ Mas nós dissemos, ‘Não, essa é a época certa, porque nossas casas de efeitos visuais que dependem tanto de trabalho estão sem nada, então agora é a hora de fazermos isso.'”

Zack Snyder também conta que passou os meses de abril e maio entrando em contato com o elenco do filme, avisando que o lançamento de seu corte iria acontecer e que os serviços deles poderiam ser necessários, revelando inclusive que Ray Fisher, o Ciborgue, foi o primeiro ator que procurou para contar as boas novas.

Para o casal, esta é uma boa oportunidade de finalmente terminarem um trabalho do qual tiveram que se afastar de maneira tão abrupta:

“Este filme era a culminação da jornada do herói pela qual todos aqueles personagens estavam passando,” disse Deborah Snyder. “E a ideia sempre foi construí-los para serem os heróis que as pessoas esperavam que eles fossem.”

Zack Snyder revela também que seu corte irá desenvolver seus personagens de uma forma muito melhor:

“O que é encantador sobre isso é que nós poderemos explorar aqueles personagens de maneiras que não seríamos capazes em uma versão mais curta para o cinema.”

O diretor terminou a entrevista agradecendo ao apoio dos fãs e dos executivos da Warner e da HBO Max:

“Claramente, isso jamais teria acontecido sem eles. A realização da minha visão singular do meu filme, neste formato, nesta duração, é sem precedentes. É um movimento corajoso.”

A versão de Zack Snyder de Liga da Justiça, que deve ter cerca de seis horas de duração, chega em 2021 exclusivamente no HBO Max.

Fique com nossa lista sobre o filme:

Imagem de perfil
sobre o autor Raphael Martins

Redator, apresentador e roteirista. Gosto de longas caminhadas na praia, Star Wars, tokusatsu, anime e filé com batata frita. Deixo as pessoas constrangidas. Você pode trocar uma ideia comigo no Twitter: @aqueleraphael