Mary Elizabeth Winstead revela desafios de manusear sua arma como Caçadora em Aves de Rapina

Capa da Publicação

Mary Elizabeth Winstead revela desafios de manusear sua arma como Caçadora em Aves de Rapina

Por Evandro Lira

A atriz Mary Elizabeth Winstead pode ser vista atualmente nos cinemas como a Caçadora de Aves de Rapina. E para dar vida a essa heroína vingativa, a estrela precisou passar por um treinamento intenso, envolvendo uma equipe de coreógrafos e uma besta, a arma letal de sua personagem.

Winstead conta que adorou trabalhar com uma equipe de dublês, e que ficou realmente inspirada pelo progresso de suas colegas de cena:

“Foi muito divertido. Eu adorava conhecer a equipe de dublês, treinar com todos, tentando o meu melhor sempre para ser boa o suficiente e sentir que eu era uma parte real deles e do que eles fazem, sempre tentando ganhar o respeito deles. Foi incrível no fim ver o que todo mundo estava aprendendo individualmente. Me lembro de pensar: ‘Uau, veja o que Jurnee pode fazer! Uau, olhe o que Rosie pode fazer!’ E isso nos inspirou a me dedicar mais ainda.”

Mas havia um tripo de treinamento que era bem específico da sua personagem: o manuseio da besta. A arma que parece uma mistura de espingarda com arco e flecha fez com que a atriz tivesse que aprender a mexer em uma de verdade, ainda que não tenha sido muito útil:

“Eles construíram uma especial para o filme, então não era uma besta de verdade, é claro. Mas foi tão legal, e eu adorava posar com ela e me sentir poderosa. Eu aprendi a usar uma besta real, mas descobri que não foi realmente útil, porque fingir usar uma besta não é a mesma coisa que usar uma, sabe? (Risos) Então, eu me concentrei mais nisso, em aprender a fazer movimentos com ela, a correr com ela e fazer todas essas coisas fantásticas e torná-la realista, dando a entender que eu realmente sabia o que estava fazendo.”

Veja também:

Margot Robbie quer fazer um filme das Sereias de Gotham City

Elenco de Aves de Rapina quer crossover com a Mulher-Maravilha no cinema

Margot Robbie diz que Arlequina continua uma pessoa ruim após Aves de Rapina

Recentemente, a atriz Margot Robbie, intérprete de Arlequina e produtora de Aves de Rapina, revelou que a ideia para o filme começou com a personagem de Winstead, a Caçadora. Naturalmente, a notícia deixou Winstead bastante honrada:

“Sim, Margot me contou isso, que de todos os personagens trazidos para este filme, a Caçadora foi uma espécie de porta de entrada pra ela, o que eu achei muito legal. Na verdade, eu não sabia disso até depois do filme, mas fiquei muito honrada em saber que Caçadora era a personagem que mais a empolgou, inicialmente.”

A Caçadora é uma espécie de “lobo solitário” e tem uma única missão quando o filme começa, mas para Winstead, quando ela conhece as outras “Aves”, sua personagem passa a enxergar outras perspectivas em sua vida:

“Acho que ela realmente pensa, pelo menos no começo, que quer trabalhar sozinha. Aí ela passa a conhecer essas outras mulheres e começa a ver as possibilidades de ampliar um pouco seus horizontes, refletindo que talvez ela ainda possa ter uma vida além de alcançar esse objetivo, essa missão que ela esteve em toda a sua vida o de tirar a vida das pessoas que lhe tiraram a família. Ela treinou como assassina a vida toda com isso em mente.”

Antes de viver a Caçadora no filme da DC, Mary Elizabeth Winstead ficou conhecida por viver Ramona Flowers no filme Scott Pilgrim Contra o Mundo. Recentemente, inclusive, a atriz declarou que adoraria retornar para uma sequência do filme que a tornou famosa entre o público nerd.

Fique com imagens do filme em nossa galeria:

Aves de Rapina está em cartaz nos cinemas!

Imagem de perfil
sobre o autor Evandro Lira

Editor, bacharel em Cinema e Audiovisual, bruxo nascido trouxa, filho dos filhos do átomo, mestre dos quatro elementos, fã de mais coisas do que deveria, frequentemente falando sozinho no Twitter. Segue: @evandroslira