Capa da Publicação

Era uma Vez… em Hollywood: O que é verdade e o que é ficção no filme de Quentin Tarantino

Por Jaqueline Sousa

Quentin Tarantino é um verdadeiro entusiasta da sétima arte. Com produções consagradas no currículo, como Pulp Fiction e Kill Bill, o diretor sempre demonstrou sua paixão pelo cinema por meio de seu trabalho. O mais recente foi Era Uma Vez… em Hollywood, de 2019, estrelado por Leonardo DiCaprio, Brad Pitt e Margot Robbie.

Ambientado na década de 1960, o longa acompanha o astro de televisão Rick Dalton (Leonardo DiCaprio), um homem frustrado com os rumos de sua carreira e que, com a ajuda de Cliff Booth (Brad Pitt), seu dublê, tenta dar a volta por cima.

Diante de uma Los Angeles em constante transformação, Tarantino mistura ficção e realidade num enredo melancólico, mas sem deixar de lado aquela energia explosiva característica de seus filmes. Sendo assim, se você já assistiu ao longa, provavelmente deve ter notado acontecimentos e figuras bastante familiares. Isso porque, apesar de ser ficcionalizado, alguns elementos foram baseados em fatos da vida real. Nesta lista, reunimos o que aconteceu de verdade e o que foi inventado em Era Uma Vez… em Hollywood!

Imagem de perfil
sobre o autor Jaqueline Sousa

Jornalista. Apaixonada por cinema, música e literatura. | @jqlnsss