Star Wars: O Livro de Boba Fett – 1×03: As Ruas de Mos Espa

Capa da Publicação

Star Wars: O Livro de Boba Fett – 1×03: As Ruas de Mos Espa

Por Gabriel Mattos

Determinado a contar duas histórias paralelas de uma só vez, O Livro de Boba Fett ameaçava ficar cansativa após dividir a atenção do público em seus dois episódios iniciais. Felizmente, “As Ruas de Mos Espa“, o terceiro episódio da série de Star Wars, mostrou que tudo isso tinha um grande propósito. Conforme a guerra por poder fica mais clara, a história de Boba Fett fica cada vez mais interessante. Com seu episódio mais incrível até o momento, a nova aposta da Disney+ traz mais um capítulo que equilibra boas cenas de ação com um excelente desenvolvimento de personagem.

Gangue de delinquentes cyber punks é uma das melhores adições da série

Logo no começo, quando eu vi o tanque de bacta mais uma vez, já perdi minha paciência. Depois de praticamente um episódio inteiro no passado, passou da hora de termos algum avanço no presente. Mas por sorte não havia real motivo para alarde, pois neste capítulo o passado foi apenas um interlúdio necessário. Bem mais curto que de costume, o flashback foi uma catarse emocional poderosa que não apenas fechou um capítulo na vida do personagem, como também mostrou o lado mais ardiloso do Sindicato dos Pykes. Eles podem parecer razoáveis, mas esta máfia não é flor que se cheire.

A cena em questão, quando Fett percebe tudo o que perdeu, foi desoladora de assistir. Tão inesperada que demorou para cair a minha ficha, assim como demorou para o ex-caçador de recompensas. Cada detalhe construiu com maestria um sentimento de impotência e solidão. Boba Fett congela ao avistar o acampamento. Sua caminhada lenta entre os escombros é acompanhada de uma trilha sonora pesada. Planos fechados dão rostos às perdas sofridas. E por fim, Fett traz um fim digno a seus companheiros com um ritual adequado a sua cultura. Pode ser o fim dos Tusken, mas seu legado vive em Boba Fett. Este momento trás a liga emocional que faltava para entender quem é o novo daimyo de Mos Espa.

E assim que se encerra este ciclo bem dramático, a série não perde tempo para nos jogar em uma empolgante sequência de ação. Krrsantan finalmente entra em cena, arrancando seu antigo rival do seu repouso direto para a batalha. A luta que se segue é brutal — não só pela força rústica do wookie, mas também pela engenhosidade de Fett em se adaptar a qualquer situação. Mesmo basicamente despido, o anti-herói consegue ser um oponente digno de Krrsantan. Mas quando o mercenário entra em cena, não tem pra ninguém: o homem é simplesmente uma força caótica de demolição.

Black Krrsantan não decepciona em ação

O cara enfrenta Boba Fett, a gangue dos cyber punks e os dois guarda-costas suínos do daimyo, todos de uma só vez — e ainda venceria todo mundo, se não fosse parado pelo uso inteligente de uma armadilha pela Fennec Shand (que continua super apagada em mais um episódio). Foi lindo ver um personagem tão icônico dos quadrinhos saltar para as telas tão poderoso quanto ele deveria ser. Apenas comprova o quão comprometido os produtores estão em entregar a melhor experiência possível para os fãs mais assíduos, sem deixar na mão quem está apenas curioso para ver os próximos passos do Boba.

Cheio de surpresas, este episódio muda completamente os rumos que a série estava tomando. Quando estamos convencidos de que os Gêmeos Hutt serão a grande ameaça que o aposentado caçador de recompensas precisará enfrentar em seu caminho para conquistar o respeito das ruas de Mos Espa, a dupla aparece apenas para se despedir, abrindo alas para os verdadeiros vilões da história, que estão profundamente conectados com o passado de Fett desde o episódio anterior: os Pikes!

No auge da República, esta espécie gananciosa estava entre as organizações criminosas mais influentes da galáxia devido ao seu controle das rotas de especiarias. Todo mundo sabe como as drogas movem montanhas de dinheiro, então faz sentido que estes traficantes tenham acumulado recursos o suficiente para meter medo até mesmo no Sindicato Hutt. Apesar de terem bastante destaque na animação The Clone Wars, eles ainda não conseguiram causar o mesmo impacto em live action, aparecendo apenas no fracassado filme de Han Solo: Uma História Star Wars. Finalmente estes lordes do crime terão a redenção que merece, ascendendo como adversários dignos de Boba Fett.

O Sindicato dos Pykes realmente será o grande vilão da série

Mas o peso desta revelação logo tomou o plano de fundo quando eu percebi que, na mesma cena em que os Hutts renunciavam sua parte nesta história, o lendário ator Danny Trejo aparecia bem despretensiosamente. CARAMBA! Quem lembrou vagamente do rosto do domador de feras pode ter visto este ator em ação na franquia Pequenos Espiões ou em seu filme derivado Machete. O cara é simplesmente uma lenda dos filmes de ação e um velho amigo de Robert Rodriguez, o principal produtor da série, o que explica sua aparição repentina. E seu papel é muito importante na guerra que vem por aí.

Afinal, é ele quem promete ensinar Boba Fett a domar um rancor. Quem conhece um pouco da mitologia da saga, sabe que esta é uma das criaturas mais letais da galáxia. Com uma guerra iminente, ter algo tão poderoso do seu lado pode ser a chave para a vitória. Ainda mais se Boba Fett realmente chegar para a batalha montado neste monstrengo.

Se não fosse imponente por si só, a aparição do rancor ainda tem outro papel na produção: trazer mais profundidade para o mundo da série. Esta é mais uma prova de como os produtores estão determinados a expandir tudo o que conhecemos a respeito de Tatooine, suas criaturas e sua cultura. Neste episódio, conhecemos um lado mais doce da criatura, expandindo de forma bem orgânica a mitologia deste universo.

Danny Trejo e o rancor

Depois deste momento bastante inesperado, o episódio é concluído com uma alucinante cena de perseguição motorizada, mostrando que a gangue de jovens delinquentes do Fett tem muito a oferecer a seu novo mestre. Inclusive, comparando onde o personagem está agora com seu início como daimyo, vemos uma evolução progressiva. A cada capítulo, ele conquista mais respeito por onde passa e tudo promete ficar ainda mais agitado com a chegada dos Pike no presente  do personagem, bem nos instantes finais do capítulo.

Como Boba Fett vai reagir a chegada de seus velhos rivais? Só o próximo episódio poderá responder.

Novos episódios de O Livro de Boba Fett estreiam toda quarta-feira no Disney+.

Fique com:

Imagem de perfil
sobre o autor Gabriel Mattos

Editor, repórter correspondente de Wakanda, caçando Pokémon por onde eu vou! Sempre nas lives da Legião! • @gabeverse