Capa da Publicação

Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba 2×14 – Transformação

Por Flávia Pedro

Atenção: Alerta de Spoilers!

No mais novo episódio de Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba, temos grandes reviravoltas envolvendo primeiramente a nova transformação de Nezuko Kamado e em seguida Daki, a Lua Superior 6. Junto com isso, tivemos a tão esperada chegada do Hashira do Som ao campo de batalha, junto de Inosuke e Zenitsu, mas principalmente: a aparição da verdadeira Lua Superior! Porém, ainda não chegamos no clímax da temporada, e com tantos acontecimentos incríveis seguidos, podemos esperar por lutas ainda mais grandiosas (e perigosas).

Como vem sendo bem comum nessa temporada, o ritmo de adaptação segue acelerado. Só neste episódio, foram adaptados os capítulos 84, 85 e 86 do mangá, dando uma boa continuidade aos acontecimentos do arco sem ficar corrido. Sobre a animação, ela continua satisfatória e a direção de arte continua entregando o mesmo nível de qualidade. Neste quesito, o grande destaque deste episódio fica para a cena onde Nezuko utiliza seu Kekkijutsu de fogo. Simplesmente belíssima.

Tanto os enquadramentos quanto atrilha sonora seguem encaixando perfeitamente com o que cada cena pede para transmitir tensão, alívio cômico, medo, apreensão ou outras emoções e isso cria uma imersão tamanha que em um “piscar de olhos” nem percebemos que o episódio chegou ao fim. Porém, estou criando expectativa para os próximos episódios no que diz respeito a essas questões mais técnicas, afinal Tengen Uzui acabou de entrar em combate.

Na trama deste episódio, Nezuko segue atacando Daki sem dó. Além de chutes, graças a sua nova transformação, a oni também consegue utilizar um Kekkijutsu uma técnica de sangue demoníaco – para atacar a Lua Superior 6. Um detalhe sobre o Kekkijutsu de Nezuko: antes ele foi utilizado para curar, acordar e proteger os humanos e agora entendemos que ele serve para ferir apenas outros onis.

Nezuko após ser cortada pelas faixas de Daki, mas seu sangue mantém seus membros conectados

Durante esse embate, Daki consegue cortar Nezuko inúmeras vezes, mas a garota sempre se regenera de forma extraordinária, fazendo Daki entender que sua regeneração era mais lenta que de sua inimiga, mesmo que Nezuko nunca tenha devorado um humano. Ao cortar todos os membros de Nezuko, incluindo sua cabeça, Daki percebe que a garota consegue fazer com que seu sangue mantenha seu corpo conectado e é justamente ele que queima Daki, a deixando deformada e com dificuldade extrema de se regenerar.

Na cena em que Daki é queimada, ela tem um vislumbre como se ela já tivesse vivido isso em seu passado. Provavelmente essa cena não foi colocada ali por acaso. Muito provável que haja uma ligação com o passado humano da oni, ou quem sabe esta não é outra memória implantada de Muzan, como aconteceu no episódio anterior. De qualquer forma, tudo deve ser explicado em algum momento crucial ainda nessa temporada.

Kekkijutsu de Nezuko fazendo Daki ser severamente queimada

Em sua transformação demoníaca, Nezuko demonstra um grande prazer em cada chute de dá em Daki, a cada membro que quebra ao pisar em seu corpo e ao ver sua adversária pegando fogo… Nezuko realmente deixou seu lado oni tomar conta e isso pode e vai ser muito perigoso.

Daki é atingida tão fortemente que acaba sendo arremessada para longe e cai dentro de uma das casas da região, quebrando inúmeras paredes fazendo com que Nezuko precise ir atrás dela para continuar atacando. É neste momento que Nezuko é colocada à prova, uma vez que nem seu treinamento ou hipnose parece funcionam.

Ela se depara com uma mulher ferida e se rende ao desejo demoníaco de devorá-la, sendo impedida no último instante por seu irmão Tanjiro. Não fosse esta intervenção, Nezuko teria devorado um humano e não sabemos as consequências que isso poderia trazer para ela enquanto oni (talvez irreversíveis).

Momento exato em que Tanjiro chega e impede Nezuko de atacar uma humana

Tanjiro só chega no momento certo graças a mais uma intervenção de espíritos de sua família. A forma como a família Kamado segue aparecendo nesses momentos cruciais, como uma orientação para ambos os irmãos, é bastante delicada e quase poética, quase como uma tentativa do autor nos mostrar que aqueles dois irmãos, agora sozinhos, ainda tem o amor incondicional que trás de volta sua família para avisá-los em momentos onde os dois precisam se proteger. Tanjiro e Nezuko nunca estão sozinhos!

Após Tanjiro deter sua irmã, Daki aparece novamente, mas logo em seguida outro personagem muito esperado pelos fãs também aparece, fazendo sua entrada extravagante: Tengen Uzui, o Hashira do Som.

Uzui praticamente ignora Daki e fala diretamente com Tanjiro, mandando o garoto controlar sua irmã. Para alguém que havia ameaçado matar a garota pela simples sugestão de seu perigo, como os demais membros do conselho, o hashira parece ter mudado bastante sua opinião sobre a menina. É nesse momento que ele sugere a Tanjiro que cante uma canção de ninar para sua irmã. Graças a isso, o garoto desperta em Nezuko lembranças de sua mãe (a canção escolhida era cantada por sua mãe para ela), que conseguem lhe acalmar a ponto de reconhecer seu irmão e voltar a seu estado tranquilo de sempre.

Daki com sua cabeça cortada por Uzui

Daki se cansa de todo esse falatório e dirige a palavra diretamente à Uzui, que a despreza afirmando que ela não é a oni que ele procura, ela é fraca demais para ser uma Lua Superior. De início não fica muito claro o motivo de Tengen ter dito isso, mas logo depois percebemos que assim que entrou em cena, o Hashira cortou a cabeça da oni sem que nem ela mesma notasse, nos dando uma amostra de toda a sua precisão e velocidade.

Porém, para a surpresa de Uzui – e nossa também – mesmo com o pescoço totalmente cortado Daki não se desintegra. Ela já está com o orgulho ferido após levar uma surra de Nezuko e ser desprezada por Tengen, então começa a chorar dizendo “eu sou sim a seis superior, eu sou forte sim”, como uma criança mimada faria e é nesse momento que temos a grande revelação do episódio: ao chorar, Daki chama por seu irmão, que sai do próprio corpo decapitado dela. Gyuutarou, o irmão de Daki, é o verdadeiro Lua Superior 6 (ou pelo menos a parte mais forte).

Uzui atacando Gyuutarou no momento em que ele se separa de Daki

Agora a verdadeira luta está mesmo começando, Uzui está prestes a enfrentar seu verdadeiro inimigo! Mesmo atacando Gyuutarou quando ele ainda estava se separando de sua irmã, o oni superior conseguiu desviar do ataque do Hashira, já demonstrando seu alto nível de poder. Apesar de nitidamente ser mais forte que sua irmã, o que mais chama a atenção em Gyuutarou é a sua aparência horrenda.

Tivemos uma amostra do amor fraternal entre Gyuutarou e Daki, quando ele ajuda sua irmã a pôr a cabeça no lugar falando com ela de forma carinhosa e gentil. É o único momento em que vemos a dupla agindo de uma forma tão emocional,  lembrando até relações humanas.

Extremamente magro, com marcas no rosto e no corpo, dentes afiados e olhos estranhos, o irmão de Daki é tão obcecado por beleza quanto ela, mas no caso dele é diferente. Gyuutarou sente inveja de todos que são mais bonitos, principalmente de Uzui, que é lindo, alto, forte e tem três esposas. Isso é o suficiente para deixar o oni superior cheio de raiva e tentar atacar alguns humanos que ainda estão no local.

Gyuutarou utilizando seu Kekkijutsu

Ele utiliza como arma e Kekkijutsu uma espécie de par de foices feitos com seu sangue que podem ser controlados a distância, o que transforma seus ataques em um perigo mortal. Mirando nas pessoas, ele só não as atinge porque o Hashira do Som se coloca entre o ataque e as vítimas, mesmo que isto resulte em um ferimento em sua testa. Isso é um fato bem importante para avaliarmos os futuros episódios e eu vou te explicar o motivo.

Levem em conta que Uzui já se mostrou muito habilidoso ao cortar de uma só vez o pescoço de Daki, além de obviamente ser um Hashira. A luta de verdade mal começou e ele já está ferido, conseguem entender o porque agora o grau de dificuldade para ele aumentou muito? Sem contar que o Lua Superior desviou de seu primeiro ataque sem muito esforço e ele nem estava completamente fora do corpo de sua irmã.

Zenitsu e Inosuke chegando no local da batalha

A luta entre os dois está apenas começando e apesar de Uzui causar explosões para que os humanos fugissem em segurança, os dois irmãos demônio aparentam estar vivos e prontos para um novo ataque. Enquanto essa luta está em andamento, Zenitsu e Inosuke finalmente chegam ao local e encontram Tanjiro, que precisa cuidar de Nezuko – agora em sua versão pequena e dormindo – mas o garoto orienta os dois que acabaram de chegar a irem até Uzui para ajudá-lo. E assim o episódio acaba, se encaminhado cada vez mais para o clímax dessa tão esperada batalha entre o Hashira do Som e a Lua Superior (ou as Luas Superiores)!

O que você achou desse episódio? Está com expectativas para o próximo e o desenrolar dessa grande batalha? Deixe sua opinião nos comentários! 

Os episódios de Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba vão ao ar todo domingo e estão disponíveis na Crunchyroll e Funimation.

Confira também:

Imagem de perfil
sobre o autor Flávia Pedro

Historiadora formada pela UFF e apaixonada por cultura japonesa, animes, mangás, filmes... Criadora de conteúdo no instagram Anime Dicria, viciada em café e leitora de fanfics ruins nas horas vagas. Instagram: fllavia_pedro