Capa da Publicação

God of War Ragnarok: Conheça os novos personagens e saiba o que esperar da história

Por Gabriel Mattos

Na última quarta (8), a Sony finalmente liberou o primeiro trailer de God of War: Ragnarok, um de seus lançamentos mais esperados de 2022. O game chega para PlayStation 4 e PlayStation 5 mostrando a aventura final de Kratos e Atreus em terras nórdicas. Após os acontecimentos do último jogo, o fim do mundo está próximo e a dupla grega vai fazer de tudo para impedi-lo.

Além das cenas incríveis mostradas no trailer, rolaram muitas novidades nas redes sociais. Em uma breve entrevista, o diretor Eric Williams revelou um pouco do que podemos esperar da história, enquanto o diretor de arte Raf Grassetti anunciou o visual oficial de novos personagens. Para você não perder nada, preparamos uma matéria resumindo tudo que você precisa saber sobre God of War: Ragnarok, começando pelo trailer.

Trailer de God of War: Ragnarok

O que aconteceu em God of War (2018)?

Antes de embarcar no confronto final de God of War: Ragnarok, é importante lembrar os pontos mais importantes de God of War (2018), que começou a saga de Kratos na mitologia nórdica. Então vai uma breve explicação. Tem spoilers, mas é crucial para entender a história do próximo jogo.

Bem, após ser mortalmente ferido por Zeus no final de God of War 3, Kratos deixa a Grécia Antiga para se recuperar mais ao norte. Lá, ele reconstrói sua família com a giganta Laufey e tem um filho chamado Atreus. Depois de um tempo vivendo felizes, sua esposa acaba morrendo e deixa um último desejo: pai e filho precisam espalhar suas cinzas no topo da montanha mais alta de todos os reinos.

O poder de Kratos acaba atraindo a atenção indesejada de Baldur, filho de Odin e Deus da Luz. Ele foi encarregado de acabar com Kratos em nome do Pai de Todos e após muitas batalhas, acaba sendo morto pelo Deus da Guerra. Sua única fraqueza era um visgo, que Atreus dispara inocentemente em uma de suas flechas.

Com a morte de Baldur, Kratos despertou a ira de Freya, sua mãe, e deu início ao Fimbulwinter, o inverno eterno que simboliza a chegada do Ragnarok. No fim, eles alcançaram as montanhas de Jotunheim, onde finalmente realizaram o pedido de Laufey. O jogo termina com uma chocante revelação: Atreus era conhecido entre os gigantes como Loki, o Deus da Trapaça.

O que esperar de God of War: Ragnarok?

Como God of War: Ragnarok será o último jogo da Saga Nórdica, a guerra contra Asgard é inevitável. Desta vez, será possível explorar todos os nove reinos nórdicos livremente, incluindo Vanaheim, Svartalfheim, e Asgard, na pele de Kratos. Atreus e Mimir continuarão ao seu lado recrutando aliados para lutar ao seu lado contra a ira dos Aesir.

Fica bem claro pelo trailer quais pistas deixadas pelo jogo anterior guiarão a jornada de God of War: Ragnarok. Com o avanço dos ventos gelados do Fimbulwinter avança, Kratos decide esconder Atreus em um floresta afastada, para protegê-lo da vingança avassaladora de Freya. Ela tem motivos pessoais para querer o garoto morto e não vai parar por nada! Antes uma aliada, Freya promete ser uma das maiores vilãs do jogo.

Freya está com sangue nos olhos

Mas Atreus não se importa com os perigos que precisa enfrentar. Ele respeita Kratos, mas está determinado a descobrir mais sobre o significado de sua herança gigante como Loki, independente das consequências. Esta sede por respostas pode desencadear algumas das principais batalhas do jogo, como a luta contra o gigante de fogo Surt que acontece no início do Ragnarok na mitologia nórdica.

Relutante, Kratos concorda que eles precisam de aliados para o que está por vir. Especialmente depois do aviso de Mimir de que “Odin tem cartas na manga que você nem ousa imaginar”. Assim, parte do jogo vai envolver o trio indo em busca do antigo Deus da Guerra nórdico, Tyr, que é mencionado inúmeras vezes no jogo anterior quando todos acreditavam que ele estava morto.

Relação de pai e filho vai ser posta a prova

No meio disso tudo, cada vez mais próximo de uma guerra novamente, Kratos vai precisar buscar um ponto de equilíbrio entre ser um bom pai para Atreus — calmo, sábio, amável — e o general violento que o Ragnarok precisa — impetuoso e violento.

Para o diretor, este jogo é a história de “um pai e um filho em uma jornada enfrentando problemas de se apegar às coisas e saber deixar para trás.” Então, para superar os desafios no caminho, Kratos vai precisar aprender a ceder às vontades de Atreus e aceitar as partes mais dolorosas de seu passado que podem ajudar a proteger seu futuro.

Personagens

Falamos sobre muitos personagens que estarão nesta saga épica, mas você pode estar se perguntando quem é esta gente toda. Então vamos discutir sobre os principais personagens de God of War: Ragnarok.

Kratos

Kratos está de volta

Kratos tomou o título de Deus da Guerra grego à força de Ares, ao se vingar do plano que arruinou a sua família. Ele carrega as cinzas de sua primeira esposa e sua falecida filha em seu corpo, como um lembrete de tudo que perdeu. Ele é conhecido por sua agressividade e temperamento forte, mas os anos lhe tornaram sábio e ele está determinado a mudar para educar melhor seu novo filho, Atreus.

Atreus

Atreus terá maior destaque

Atreus é um semi-deus grego com sangue de gigante, filho de Kratos e Laufey. Ele é um menino doce com habilidades excepcionais de comunicação, capaz de tocar o coração até mesmo da serpente do mundo, Jormungandr. Entretanto, tem explosões de fúria e teimosia que precisa aprender a controlar: resquícios de seu sangue espartano. Recentemente, descobriu ser chamado de Loki pelos gigantes, mas não sabe o que isto significa.

Angrboda

Angrboda pode ser crucial para o fim

A misteriosa Angrboda , interpretada por Laya DeLeon Hayes, aparece brevemente no trailer. Segundo o diretor, ela é uma das últimas sobreviventes dos gigantes. Na mitologia original, ela era cultuada por alguns como a Deusa do Medo e acaba se envolvendo com Loki para dar luz aos monstros que destroem o mundo no Ragnarok: Hel, Jormungand e Fenrir. Como será que isso vai ser explorado no game?

Freya

Os olhos de Freya estão marcados com lágrimas

Freya é a ex-mulher de Odin, pelo menos no mundo de God of War. Ela é uma deusa Vanir, com acesso a poderosas magias, que se escondia em um santuário na floresta, protegendo a vida selvagem. Mas a morte de seu filho, Baldur, despertou sua fúria e seu novo objetivo é se vingar de Kratos e Atreus por tudo que eles fizeram.

Thor

Thor é mais bruto do que nunca

Thor aparece em uma cena pós-crédito no primeiro game e será um dos principais vilões em God of War: Ragnarok. Além da morte de Baldur, seu meio irmão, Thor também está furioso por ter perdido seus dois filhos para o infame Deus da Guerra. Ele não deve descansar até entregar a cabeça de Kratos em uma bandeja para Odin.

Interpretado por Ryan Hurst, de The Walking Dead e Sons of Anarchy, Thor é conhecido como o “Maior Açougueiro Maldito dos Nove Reinos” após ter exterminado praticamente toda a raça Jotun, os gigantes. Esta versão é muito mais próxima dos mitos nórdicos do que o público está acostumado: “um marmanjo grande, parrudo, ruivo, canhoto e quase hedonista”, nas palavras do diretor.

Portando o Mjölnir, ele se mostra um tremendo inimigo, mas quem sabe Kratos não começa a usar seu martelo quando ele for derrotado?

Odin

Odin será mais do que corvos em Ragnarok

Odin ainda não apareceu, mas deve ser o maior inimigo que Kratos vai enfrentar nesta guerra final. O Pai de Todos nesta versão será “um homem velho, ocupado com seus próprios negócios que faz o que quer”, segundo Eric Williams. O vilão será o primeiro trabalho de captura de movimentos de Richard Schiff, mais conhecido pelas séries West Wing e The Good Doctor.

Durlin

Durlin promete ser a adição mais cômica

Junto de Brok e Sindir, Durlin e sua polvo-lula Dínner são novos comerciantes do jogo que vão te ajudar na sua busca por Tyr. Na mitologia, ele é irmão do Rei dos Anões e foi um dos primeiros anões criados pelos deuses diretamente da carne do gigante caído, Ymir. Ele será interpretado por Usman Ally, da série da Netflix Desventuras em Série.

Quem é Tyr?

Tyr vai mudar tudo

Tyr é o antigo Deus nórdico da Guerra que promoveu a paz entre deuses e gigantes e acabou sendo morto. Ou pelo menos isso é o que todos acreditam. A verdade é que Tyr continua vivo, acorrentado nas profundezas de uma masmorra escondida.

Ele promete ser uma das figuras mais importantes não só para God of War: Ragnarok, mas também para entender o futuro da franquia. Isso porque Tyr já viajou entre as diferentes mitologias do mundo. Em um mural em God of War (2018), vemos que Tyr conhece meios de visitar as terras da mitologia japonesa, celta e egípcia. A pergunta que não quer calar é: qual será a próxima mitologia que Kratos vai visitar?

Data de lançamento

Até o momento, não há uma data de lançamento certa para God of War: Ragnarok. Originalmente, o game estava previsto para chegar no final deste ano, mas foi adiado para 2022. Entretanto, no novo trailer não há qualquer menção a janela de lançamento, então é incerto se a previsão se mantém ou se houve novos imprevistos que vão empurrar o jogo para além do esperado.

Vai sair no PS4?

Ragnarok traz novos inimigos

A princípio, God of War: Ragnarok seria exclusivo de PlayStation 5, mas com a pressão dos fãs o jogo foi confirmado para o PlayStation 4. Entretanto, caso você tenha interesse em atualizar a sua versão do jogo para tirar proveito das melhorias do PS5, tenha em mente que será preciso pagar uma taxa adicional. Nos Estados Unidos, o upgrade custará 10 dólares, mas não há informações sobre o preço nacional.

Quem é o diretor?

God of War: Ragnarok vai ser dirigido por Eric Williams, um grande veterano do Santa Monica Studios. A notícia veio após o PlayStation Showcase, pegando muitos fãs de surpresa. Isso porque o jogo anterior tem uma assinatura muito forte de Cory Barlog, que transformou sua experiência pessoal com a paternidade no coração da história.

A mudança pode ter abalado a confiança de alguns, mas não deveria. É tradição no estúdio trocar de diretor a cada novo título e, sabendo disso, Ragnarok não poderia estar em melhores mãos. Afinal, Eric Williams está no estúdio desde 2004 e trabalhou em todos os jogos da franquia. Se tem alguém que conhece bem a jornada de Kratos, é este cara.

Animado para God of War: Ragnarok? O que você mais quer ver neste jogo? Não deixe de comentar!

Fique com:

Imagem de perfil
sobre o autor Gabriel Mattos

Editor, repórter correspondente de Wakanda, caçando Pokémon por onde eu vou! Sempre nas lives da Legião! • @gabeverse