Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba 2×03: Se fosse verdade

Capa da Publicação

Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba 2×03: Se fosse verdade

Por Flávia Pedro

Atenção: Alerta de Spoilers!

No episódio 3 da segunda temporada de Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba adentramos mais nos sonhos de cada personagem, já que no episódio anterior tínhamos visto apenas os sonhos de Tanjiro. Em comparação ao filme, essa semana não teve muita novidade: acompanhamos exatamente os passos do filme, mas com uma reedição mais dinâmica e alguns cortes. Assim, passamos pelo sonho de Zenitsu, de Inosuke e Rengoku, e também descobrimos os perigos que esses personagens estão correndo em seu subconsciente.

Sobre os sonhos

Vimos o sonho engraçadinho do Zenitsu, que já demonstrava gostar de Nezuko, irmã de Tanjiro. É um sonho feliz onde os dois aparentemente são um casal e ele sempre quer tratá-la bem, sendo bastante carinhoso e cuidadoso. Isso reflete muito sobre o lado de sua personalidade que tem um grande fraco por mulheres.

O sonho de Zenitsu

Posteriormente somos levados ao sonho de Inosuke. Mais uma vez temos a personalidade ganhando destaque e sendo refletida na trama. Sendo ele muito autoconfiante e se vendo como um líder imbatível, em seu sonho isso não seria diferente. Em sua viagem no inconsciente ele está comandando uma expedição em uma caverna e tem como subordinados Tanjiro, Zenitsu e Nezuko. Detalhe: todos os 3 tem uma estética diferente, uma mescla entre humanos e animais, provavelmente em referência ao Inosuke sempre usar uma máscara com cabeça de javali.

O sonho de Inosuke

A expedição do seu sonho era pra acabar com um oni na caverna, esse demônio era o próprio trem, criando um paralelo com a missão do personagem. Muitos fãs não entendem o estranhamento de Inosuke em relação ao trem, achando que é implicância ou ele sendo ranzinza. Mas, no período Taisho onde o anime se passa, ferrovias ainda não eram muito comuns.

Então pessoas do interior, como é o caso dele, ainda não haviam se adaptado com essas mudanças de período. Muito provavelmente aquele foi o primeiro trem que Inosuke viu e por isso ele acreditou imediatamente que era um “monstro”.

Logo após vemos o sonho de Rengoku, que envolve sua família e podemos ver um pouco mais sobre o passado e a história desse personagem, bem como a relação difícil que ele teve com seu pai após a morte de sua mãe.

O pai de Rengoku, como vimos no primeiro episódio, também foi um Hashira. Porém, ele abandonou a espada sem um motivo aparente, provavelmente por conta da morte sua esposa. No sonho, Rengoku vai contar ao seu pai sobre ter conseguido se tornar um Pilar, mas só recebe desmotivação.

O sonho de Rengoku

Somos também apresentados ao irmão mais novo de Rengoku, que se preocupa em ser um orgulho para seu pai, assim como ele acredita que seu irmão mais velho é. Nesse momento vemos toda a firmeza do guerreiro, que apoia e incentiva seu irmão com seu jeito gentil e carinhoso. Apesar de nesse episódio não termos visto um Rengoku sorridente e confiante como sempre, essas cenas com seu irmão podem ter emocionado muitos fãs — especialmente aqueles que já assistiram ao filme.

Por fim temos mais sobre Tanjiro, aprofundamos mais sobre a família Kamado. Vemos seus irmãos (os mini Tanjirozinhos) e sua mãe, como funciona a dinâmica da casa e como o jovem tinha uma vida tranquila antes de Muzan destruí-la.

Porém, o jovem começa a dar sinais de que seu subconsciente sabe que há algo de errado. Ele começa a questionar o fato de Nezuko sair à luz do sol como Oni ela não pode mais fazer isso – além de ver objetos como a caixa em que carrega sua irmã no meio da floresta. Ele recebe uma mensagem à beira de um rio e percebe que tudo não passa de um sonho, começando a caminhar para a saída dele.

O objetivo da Lua Inferior 1

Lua Inferior 1

O oni revelou nesse episódio os perigos e como ele mata as pessoas enquanto elas dormem. Os jovens que são seus cúmplices utilizam uma corda especial para adentrar no sonho daqueles que estão amarrados. Dentro dele, eles procuram a “borda do sonho” na intenção de rasgá-la e adentrar no subconsciente para destruir o núcleo da alma da vítima.

Primeiro vemos o subconsciente de Rengoku: quente, abafado e repleto de chamas, digno do Hashira desse elemento. Ao entrar, a menina encarregada de destruir o núcleo procura por ele e quando o encontra se prepara para desferir o golpe que o mataria. Nesse momento, percebemos como Rengoku é um personagem extremamente forte. Segundo a garota, nenhum ser sob encantamento do sono deveria conseguir se mover, mas ele não só se move, como impossibilita seu ataque.

O núcleo da alma de Rengoku no momento em que quase foi destruído

Sobre o subconsciente de Tanjiro, ou melhor, seu coração, vemos que é calmo, tranquilo e enorme, sendo representado por um céu azul incrivelmente belo. O garoto que utilizou a corda para se conectar com Tanjiro fica maravilhado com a beleza do interior do protagonista, afirmando ser um lugar caloroso que transmite muita paz. Mas ainda não vimos o jovem encontrando o núcleo para destruí-lo.

Mas com Inosuke ou Zenitsu, não vimos nada além dos sonhos deles.

Como despertar do sonho?

Tanjiro, ao receber a mensagem de seu subconsciente, descobre que tudo não passa de um sonho e que precisa sair daquele local. Com a ajuda de Nezuko, que o acertou com uma cabeçada (os fãs sabem como o menino é cabeça dura, literalmente), ele começa a acordar lentamente. Primeiro recuperando seu traje de caçador, sua espada e a consciência de que precisaria ir embora.

Essa decisão de ir com certeza partiu o coração do nosso protagonista (e os nossos também). Saber tudo que Tanjiro passou e vê-lo tendo uma boa relação com sua família de novo torna sua partida ainda mais dolorosa. É dessa escolha que vem o nome do episódio: Se Fosse Verdade. Ele afirma que se tudo aquilo fosse real, nunca iria tocar em uma espada ou sair de perto daqueles que ele ama, se fosse verdade ele ficaria. Mas infelizmente, não é o caso.

Momento em que Tanjiro decide voltar para o mundo real e deixar sua família no sonho

Sua partida ao dizer “Eu já os perdi, não posso mais voltar” e “Não posso mais ficar com vocês, mas o seu irmão vai sempre pensar em todos vocês” arrancou lágrimas não só de Tanjiro, mas de muitos fãs na época em que o filme Mugen Train foi lançado. Isso se repetiu com a adaptação pra episódio.

Tanjuro e seu pai na cena pós crédito

Após a despedida dramática, o jovem procura desesperadamente por um jeito de voltar mas não encontra o oni que precisa matar para sair dali. Nesse momento vemos um homem aparecendo para ele e dizendo que o que ele precisava cortar para despertar do sono já estava ali. Alguns fãs mais dispersos podem não ter entendido quem era esse homem e por que ele apareceu para Tanjiro, mas na cena pós crédito fica claro que aquele é seu pai.

Com a ajuda do pai, Tanjiro entende que para se libertar daquele sonho ele precisaria cortar o próprio pescoço. Morrer no sonho (sem que seu núcleo da alma fosse destruído) faria o garoto despertar na vida real. E é assim que o episódio acaba: com Tanjiro se suicidando, deixando quem não assistiu ao filme aflito para saber se a tentativa funcionou ou não.

Nos próximos episódios de Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba as coisas ficarão mais agitadas, teremos o despertar dos personagens e como isso vai influenciar na dinâmica de lutas no trem.

A equipe oficial de Demon Slayer avisou em seu Twitter que o episódio 4 não será exibido na próxima semana devido cobertura das eleições no Japão, sendo transferido para o dia 7 de novembro.

O anime está disponível na Crunchyroll com a primeira e segunda temporada atualizadas e na Netflix, com a primeira temporada do anime dublada.

Confira também:

Imagem de perfil
sobre o autor Flávia Pedro

Historiadora formada pela UFF e apaixonada por cultura japonesa, animes, mangás, filmes... Criadora de conteúdo no instagram Anime Dicria, viciada em café e leitora de fanfics ruins nas horas vagas. Instagram: fllavia_pedro