Benedict Cumberbatch fala sobre processo de Scarlett Johansson contra a Disney

Capa da Publicação

Benedict Cumberbatch fala sobre processo de Scarlett Johansson contra a Disney

Por Melissa de Viveiros

Após a estreia de Viúva Negra no Disney+ em Premier Access, uma batalha jurídica entre a Disney e a atriz Scarlett Johansson teve início. De acordo com a intérprete de Natasha, o lançamento do filme em streaming ia contra seu contrato, o que a levou a buscar reparação por meios legais. Desde então, outros artistas relacionados à Marvel Studios comentaram o assunto, que estaria afetando até mesmo a decisão dos irmãos Russo de retornar ao MCU. Agora, foi a vez de o intérprete do Doutor Estranho, Benedict Cumberbatch, dizer o que pensa da situação (via ComicBook).

O conflito entre a atriz e a Disney teve início no fim de julho, quando a equipe de advogados dela anunciou o processo. Em seguida, os representantes da empresa responderam, criticando a atitude ao afirmar que ela demonstrava “desdém insensível pelos efeitos prolongados e terríveis” da pandemia de Covid-19. Em sua fala, Cumberbatch considerou a situação triste, dizendo:

“É triste o que está acontecendo entre os advogados. Só o palavreado e as acusações de ‘Coloque isso no contexto de uma pandemia global’. É tudo meio que um desastre.”

O ator pondera que a situação é nova e complexa, mas indica que é preciso compensar os artistas de modo justo por seu trabalho, de acordo com seu rendimento nas plataformas de streaming tanto quanto nos cinemas:

“Nós estamos tentando entender quanto da renda de streams deveria ir para os artistas que contribuem para o negócio bilionário que é a Disney. E tem que estar nos contratos. Como funciona a compensação normal de um artista por bônus de bilheteria? É um novo paradigma, e é muito complexo.”

Scarlett Johansson como Natasha Romanoff em Viúva Negra.

O processo iniciado por Johansson afirma que a Disney quebrou o contrato intencionalmente ao lançar Viúva Negra nos cinemas e no streaming. Isso teria custado muito a atriz, cuja compensação desejada poderia chegar a $50 milhões de dólares. Originalmente, a produção seria lançada em maio de 2020, e precisou ser adiada múltiplas vezes por conta da pandemia. Isso levou à decisão de mudar a estreia do filme de exclusiva nos cinemas para disponível também no Disney+Cumberbatch também comentou o impacto do adiamento, reforçando que a situação sem precedentes não podia ser prevista, e que toda a situação ainda é muito nova:

“Ninguém previu isso, e ninguém deveria olhar em retrospecto e dizer ‘Bem, isso deveria ter sido feito.’ Esse foi o primeiro desses filmes que ia ser lançado nos cinemas durante a pandemia e foi adiado e adiado e adiado. É um território muito novo.”

Cumberbatch é presença confirmada no próximo filme do Homem-Aranha, e estrelará também Doutor Estranho no Multiverso da Loucura, que tem lançamento previsto para 25 de Março de 2022, somente nos cinemas.

Fique com:

Imagem de perfil
sobre o autor Melissa de Viveiros

Graduanda em Letras na UFMG. || What is infinite? The universe and the greed of men. || @windrunning_