Batman se torna um Witcher em universo medieval da DC Comics

Capa da Publicação

Batman se torna um Witcher em universo medieval da DC Comics

Por Gabriel Mattos

Dark Knights of Steel é uma das histórias mais curiosas atualmente publicadas pela DC Comics. Inspirado por Game of Thrones, o escritor Tom Taylor levou os principais heróis da editora para um universo medieval. Mas parece que na hora de construir o Batman, outro clássico da fantasia serviu de inspiração: os livros de The Witcher.

Batman de Rívia

A revelação veio pelo próprio roteirista no blog oficial da editora, o DC Nation. Na primeira edição, vemos o Batman caçando uma banshee de jeito muito similar a Geralt de Rívia, da série da Netflix.

Para divulgar o lançamento, Tom tentou explicar como foi o processo de adequar heróis tão conhecidos, com histórias de origem bem estabelecidas, em um contexto arcaico.

“Não é só transplantar o Universo DC e prendê-lo em um lugar com castelos e cavalos,” esclarece, “Esta é uma abordagem completamente nova nas origens que conhecemos. Essas origens são completamente diferentes, essas pessoas são diferentes. Suas almas são similares e seus maneirismos são similares. Superman e Batman, eu acho, ainda são Bruce e Clark de certo modo, mas seus papéis são diferentes. Batman é essencialmente um Bruxo [Witcher]. Seu trabalho é encontrar usuários de mágica e prendê-los.”

Nas páginas de Andrzej Sapkowski, Bruxos são mercenários especializados em caçar monstros e outras criaturas sobrenaturais por dinheiro. Em Dark Knights of Steel, esta função foi alterada para usuários de magia por um motivo justo: esta é uma das fraquezas do Superman.

“O que ele vê como magia é qualquer um com poderes porque magia é a única coisa que pode ameaçar o Superman,” explica.

Como é o Batman em Dark Knights of Steel?

Os destinos de Batman e Superman estão entrelaçados.

Neste universo, Batman faz da caça às criaturas com potencial mágico o seu grande propósito, funcionando como um escudeiro do Homem de Aço.

Afinal, esta versão do vigilante jurou servir a Corte de El e proteger o filho dos influentes Jor-El e Lara, que fugiram de Krypton para fundar seu reino em uma era medieval.

“Esta é a sua função e o Superman não gosta que o Batman está sempre tentando protegê-lo. Especialmente por saber que machados quebram em sua pele, ele quer sair por aí, ele quer ajudar, mas o Batman não deixa. É uma dinâmica diferente, mas ainda é uma dinâmica um tanto reconhecível com personagens reconhecíveis.” 

Gostou deste inusitado crossover? Não deixe de comentar!

Fique com:

Imagem de perfil
sobre o autor Gabriel Mattos

Editor, repórter correspondente de Wakanda, caçando Pokémon por onde eu vou! Sempre nas lives da Legião! • @gabeverse