Capa da Publicação

Produtor de The Flash explica a demissão de Hartley Sawyer

Por Gus Fiaux

Nesta segunda-feira (08), muitos fãs ficaram chocados ao descobrir que o ator Hartley Sawyer teria sido demitido de The Flash – e, portanto, não vai retornar na sétima temporada da série. O motivo: vários tweets envolvendo conteúdo racista, misógino e homofóbico foram descobertos, o que fez com que o CW o removesse de vez do elenco da série.

Abaixo, veja mais notícias de The Flash:

Kendrick Sampson, ator de The Flash, é ferido durante protestos nos Estados Unidos

Produtor de The Flash revela se a sétima temporada terá referência ao Aquaman

Ator de The Flash diz qual personagem da Marvel gostaria de interpretar

Em seu Twitter, o produtor Eric Wallace compartilhou uma carta aberta, onde falou um pouco mais sobre a demissão de Hartley Sawyer. De acordo com ele, há um compromisso em impedir que tais narrativas continuem a causar problemas para a vida e a integridade das pessoas de cor nos Estados Unidos, e ele está se dedicando a mudar esse cenário:

“Nesta manhã, muitos de vocês descobriram que Hartley Sawyer não vai retornar para a sétima temporada de ‘The Flash’. Em relação aos tweets do ator nas redes sociais, eles partiram meu coração e me deixaram com muita raiva. E eles são indicativo de um problema maior em nosso país. Porque atualmente, nosso país ainda aceita e protege o contínuo assédio – inconsciente ou proposital – que terroriza e brutaliza pessoas pretas e marrons, o que quase sempre é fatal. É por isso que nosso país está levantando a voz e dizendo de uma vez por todas: ‘BASTA!’, e levando às ruas a discussão sobre mudança ativa.

 

E eu também estou comprometido em trazer mudanças permanentes para o ambiente de trabalho em ‘The Flash’. Sim, é uma série sobre família. Mas é para todas as famílias. E isso inclui famílias de pessoas pretas e marrons. Para dar continuidade a isso, vou continuar encontrando roteiristas, diretores, atores e produtores pretos e marrons de todos os gêneros, para ajudar a contar mais histórias do Flash. Suas histórias fazem parte da narrativa americana também, e precisam ser ouvidas. E quanto mais você ver e ouvir da gente, mas vai começar a reconhecer um simples fato: somos seres humanos também.

 

Para aqueles de vocês que ainda não sabem porque tantos americanos estão indo às ruas para fazer com que suas vozes sejam ouvidas, pelo que considere isso: Toda vez que uma vida preta ou marrom é atacada, ferida ou assassinada, como no caso de George Floyd, Ahmaud Arbrery, Breonna Taylor e muitos outros, nosso país inteiro se fragmenta e se afasta de qualquer autoridade moral que dizemos ter no mundo. Assassinato não é democracia. Privilégio branco sistêmico e institucional não é igualdade. Calar a imprensa livre com violência não é liberdade. A única forma de você ser livre é libertar a todos nós.”

Confira o tweet abaixo:

Para finalizar seu texto, o produtor ainda colocou a hashtag do movimento Black Lives Matter (Vidas Negras Importam), o que é muito importante, considerando que Wallace é o primeiro showrunner negro de The Flash. A saída de Hartley Sawyer deve impactar diretamente a sétima temporada da série, então precisamos esperar para ver como o Homem-Elástico vai ser excluído da narrativa.

The Flash retorna para sua sétima temporada em 2021.

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux