Capa da Publicação

Ex-diretor de Han Solo manda indireta sobre abordagem de Star Wars de personagens negros

Por Raphael Martins

Apesar de ter sido bem recebido por muitos fãs, Han Solo: Uma História Star Wars não foi bem nas bilheterias, arrecadando bem menos do que a Disney esperava para um produto da franquia e se tornando o primeiro fracasso comercial da saga espacial.

Veja também:

Fã de Star Wars cria pôster romântico de Os Últimos Jedi

Artes de Star Wars: A Ascensão Skywalker mostram mecânicas do sabre de luz de Rey

Artes conceituais de Star Wars: A Ascensão Skywalker mostram Rey contra o Povo da Areia

A produção era cercada de polêmicas, como boatos sobre a capacidade de atuação do ator Alden Ehrenreich como Han Solo e a demissão repentina dos diretores Phil Lord e Chris Miller (Uma Aventura LEGO) em meio as filmagens, sendo substituídos por Ron Howard em questão de dias.

Phil Lord tornou a se pronunciar sobre o filme esta semana. Ao responder no Twitter uma reportagem sobre o discurso de John Boyega, durante os protestos ocorridos em Londres nos últimos dias, e como Star Wars falhou em adaptar a tradição da resistência negra na franquia. O diretor deu uma resposta discreta, mas surpreendente: “Algumas pessoas tentaram…”.

Ainda que sua declaração não diga muita coisa, os fãs especulam que ele se referia a Lando Calrissian, que durante décadas foi o único personagem negro a aparecer nos filmes da franquia. Levando em conta que Lando esteve presente no filme do Han Solo, que exploraria mais o personagem, em talvez uma abordagem recusada sobre o herói. O diretor nunca falou muito sobre os motivos de sua demissão de Han Solo, mas parece óbvio que a Disney não estava gostando dos rumos que a história estava tomando e os substituiu.

Confira nossa lista com os droides mais legais da franquia aqui embaixo:

Imagem de perfil
sobre o autor Raphael Martins

Redator, apresentador e roteirista. Gosto de longas caminhadas na praia, Star Wars, tokusatsu, anime e filé com batata frita. Deixo as pessoas constrangidas. Você pode trocar uma ideia comigo no Twitter: @aqueleraphael