Capa da Publicação

Shuri: Tudo sobre a irmã do Pantera Negra

Por Gus Fiaux

Pantera Negra apresentou o Reino de Wakanda para o mundo — um reino perdido, ultra tecnológico, no coração da África. E supervisionando todo esse avanço tecnológico está a princesa Shuri, a irmã ambiciosa de T’Challa. Com o sucesso do filme, a heroína ganhou destaque ainda maior nos títulos do herói, assumindo o manto do Pantera e até mesmo tornando-se rainha de Wakanda.

Nesta lista, reunimos e compilamos um pouco de sua história, para que você conheça mais dessa formidável personagem, que será uma parte importante do futuro do Universo Cinematográfico da Marvel!

Créditos: Divulgação (Marvel Comics, Disney)
Imagem de capa do item

Criação e aparição

Por mais que seja uma personagem extremamente relevante no cenário atual, Shuri não surgiu há muito tempo nos quadrinhos. Na realidade, sua origem faz parte de um grande retcon provocado pelo roteirista Reginald Hudlin e pelo artista John Romita Jr. nas origens do Pantera Negra.

A personagem apareceu pela primeira vez em Black Panther Vol. 4 #2, de maio de 2005. A história reconta a origem de T'Challa e apresenta Shuri como sua irmã mais nova, uma inteligente e ambiciosa mulher de Wakanda, que é integral na derrota dos invasores ocidentais no país. Posteriormente, ela foi incorporada à mitologia do personagem, de forma que o Vol. 5 da revista do herói é praticamente dela.

Imagem de capa do item

Ambição familiar

Desde suas origens, Shuri é retratada como uma mulher jovem extremamente inteligente e ambiciosa. Quando a vemos pela primeira vez, ela desobedece as ordens de sua mãe, a rainha Ramonda e tenta enfrentar seu tio, S'Yan, pelo título do Pantera Negra. Ela acaba sendo impedida por outros fatores e seu meio-irmão T'Challa é quem acaba ganhando o Torneio da Pantera.

Porém, ela nunca deixou de se provar uma guerreira incessante. Shuri sempre foi fervorosa, ambiciosa e até mesmo teimosa, disposta a tudo para alcançar seus objetivos e honrar seu povo. E isso nem sempre trouxe uma boa relação entre ela e T'Challa.

Imagem de capa do item

Fraternidade e rivalidade

Como irmãos, T'Challa e Shuri sempre tiveram uma relação amigável. Os dois tinham objetivos diferentes, mas compartilhavam de uma jovialidade e um amor à família que os unia, mesmo quando suas ideologias eram bastante contrárias. Conforme as responsabilidades pesaram sob a cabeça do Pantera Negra, surgiu um forte respeito mútuo entre os dois.

Contudo, eles nem sempre se entendem bem. Quando Namor atacou Wakanda e afogou boa parte dos seus moradores, Shuri ficou revoltada com a falta de ação de T'Challa e os dois chegaram a ter grandes discussões. Mas o irmão nunca deixou de apoiar e respeitar as decisões da irmã.

Imagem de capa do item

Primeiro confronto

O primeiro confronto heroico de Shuri aconteceu quando ela nem mesmo detinha o manto do Pantera Negra. Tudo isso se deu na invasão de Wakanda, quando o Garra Sônica liderou um esquadrão composto por Rino, Homem-Radioativo, Cavaleiro Negro e Batroc, todos mercenários dispostos a fazer o reino africano sangrar.

Nessa invasão, o Homem-Radioativo acaba parando nas escavações de vibranium de Wakanda, onde mata diversos pesquisadores e mineradores. Shuri se volta contra ele e o ataca, matando-o com a Espada de Ébano do Cavaleiro Negro. Essa morte pesou bastante em sua consciência e a guerreira precisou de um bom tempo para superá-la.

Imagem de capa do item

Shuri, a Pantera Negra

Enquanto lidava com as consequências do assassinato, Shuri passou a treinar ao lado de T'Challa, de modo a se tornar uma sucessora do Pantera Negra, caso o irmão falhasse em algum momento. E isso acabou acontecendo de uma forma bem inusitada.

Durante um conflito com o Doutor Destino, T'Challa quase acabou morto. Isso faz com que Shuri assuma o posto de Pantera Negra e também de rainha de Wakanda, enquanto tenta salvar seu irmão e tomar conta do reino. Mesmo com o retorno de T'Challa à ativa, ela permaneceu utilizando o manto do Pantera Negra, agindo exclusivamente em solo Wakandano, enquanto seu irmão brincava de herói mundo afora.

Imagem de capa do item

Rainha de Wakanda

Como o irmão se afastou — e foi renegado pelo povo após a destruição de Wakanda nas mãos de Namor—, Shuri permaneceu rainha do país, enquanto T'Challa assumiu o controle da Necrópole, a cidade dos mortos de Wakanda. E por conta disso, os dois governavam em um acordo mútuo e bem determinado.

Shuri foi uma rainha próspera, ainda que muito contrária às relações internacionais com outros países — o que inclusive trouxe atritos com heróis como o Demolidor, uma vez que sua mãe fora capturada por Wakanda. De diversas formas, ela trouxe equilíbrio a uma Wakanda fraturada, ainda que o "fim" de seu governo tenha sido marcado por uma tragédia.

Imagem de capa do item

Refém da Cabala

Shuri tem uma breve e sanguinolenta história com Thanos e seus exércitos. Quando o Titã veio à Terra em busca das Joias do Infinito, os exércitos liderados pela Pantera Negra destroçaram a armada do Titã Louco, o que o tornou extremamente sedento por vingança. Meses depois, o vilão foi libertado de sua prisão e, junto com Próxima Meia-Noite, buscou sua revanche.

Os dois atacaram Wakanda impiedosamente, ao lado da Cabala, que queria usar o país como sua base de operações. Em determinado momento, Shuri e T'Challa foram encurralados por Próxima Meia-Noite. T'Challa fugiu a pedido de sua irmã, que acabou sendo capturada e presa em um estado de "morte viva".

Imagem de capa do item

Djalia e "ressurreição"

Após as Guerras Secretas, T'Challa passou um bom tempo tentando reviver sua irmã, mas nada parecia fazer efeito. Isso ocorreu porque a guerreira estava presa na Djalia, que é um plano transcendental que, por sua vez, representa toda a memória coletiva da história de Wakanda.

Na Djalia, Shuri fez contato com seus ancestrais e sua própria jornada, enquanto era treinada por um espírito que tomava a forma de sua mãe, Ramonda. Posteriormente, a heroína foi resgatada por seu irmão com a ajuda do herói Dobra. Ela retornou com poderes especiais e, embora não tenha assumido o trono de Wakanda, se tornou valorosa aliada de T'Challa, politicamente.

Imagem de capa do item

Aja-Adanna

Quando seu irmão é sequestrado pelo Império Intergalático de Wakanda, Shuri aceita relutantemente o manto de Pantera Negra. Enquanto tentava encontrar seu irmão na vastidão do espaço, ela acaba atraindo uma ameaça capaz de gerar buracos negros para a Terra.

Em sua jornada para salvar o mundo, ela conta com a ajuda Tempestade, Rocket Racoon, Groot, Homem de Ferro, Ms. Marvel e Miles Morales, o Homem-Aranha. Somente no Djalia ela consegue conter seu inimigo, entendendo um pouco melhor seus poderes e seu papel no mundo.

Shuri rejeita o manto de Pantera Negra e resolve criar sua própria identidade. Ela aceita o peso de ser a guardiã da memória de Wakanda, batizada por seus ancestrais como o Futuro Ancião, Aja-Adanna. Atualmente, este é seu nome de heroína.

Imagem de capa do item

Habilidades e poderes

Como Pantera Negra, a personagem possui um treinamento corporal implacável, por vezes aprimorado pela Erva Coração. Além disso, ela possuía seu próprio traje da Pantera, revestido com o resistente metal e, posteriormente, com asas retráteis feitas com nanotecnologia. Após abandonar o manto, ela acaba construindo vários apetrechos tecnológicos que usa dentro e fora de combate, como as manoplas de pantera com disparos de energia e miçangas espiãs batizadas de "Olho de Sauron".

Graças à sua permanência na Djalia, Shuri também tem alguns poderes especiais. Como Aja-Adanna, a heroína consegue canalizar as habilidades de seus antepassados — basta conhecer sua história.

Com isso ela tem acesso a uma infinidade de poderes, como a capacidade de se transformar em uma revoada de pássaros, ou em um único pássaro gigantesco. E ainda é capaz de transformar seu próprio corpo em uma rocha orgânica, o que a torna extremamente resistente e durável em combates físicos.

Imagem de capa do item

Universo Cinematográfico da Marvel

Nos cinemas, a heroína é interpretada pela atriz guianesa Letitia Wright. A versão apresentada nas telas mantém a relação próxima com seu irmão T'Challa e traz um foco muito maior em sua afinidade com tecnologia, que acabou influenciando os quadrinhos.

Em Vingadores: Guerra Infinita, Shuri foi crucial no plano de destruir a Joia da Mente de Visão, mas acabou desaparecendo após o estalo de Thanos. Como todos os demais, ela foi trazida a vida graças a perseverança de Hulk e será a protagonista de Pantera Negra: Wakanda Para Sempre.

Imagem de perfil
Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Demon to some... angel to others (ele/dele) || @gus_fiaux