Capa da Publicação

Euphoria: Qual a diferença entre a série original e a série da HBO?

Por Jaqueline Sousa

Se você acompanha o universo das séries de perto, deve saber que Euphoria é a nova queridinha do momento. Desde sua estreia, o sucesso da HBO vem conquistando cada vez mais o público ao fazer um retrato da juventude nos dias atuais. Mas você sabia que a série estrelada por Zendaya não é original? A trama é, na verdade, baseada em uma produção israelense de mesmo nome, exibida em 2012. Sendo assim, é natural que existam certas diferenças entre as produções.

Ambientada na década de 1990 e com apenas uma temporada de 10 episódios, a série israelense conta a história de Hofit, uma garota viciada em drogas que enfrenta diversas situações emocionais difíceis. Partindo dessa premissa, dá para traçar um paralelo semelhante com Rue (Zendaya), a protagonista da produção da HBO. Mas existem algumas diferenças nos enredos.

Primeiramente, apesar da série de Israel também contar com uma narração da personagem central, ela é diferente da feita por Rue, já que Hofit está morta enquanto relata a história de sua vida. A respeito de sua morte, o criador da série original, Ron Leshem, baseou-se em uma história real de uma pessoa que foi assassinada em uma boate, em 2004.

Como sabemos, Rue ainda está vivíssima em Euphoria, e a inspiração para a trama também veio da experiência pessoal do showrunner Sam Levinson, que também enfrentou problemas com o vício em drogas na juventude (via Latin America Post).

Já em relação às temáticas contidas na trama, enquanto a produção original fala de assuntos como drogas, sexo e conflitos familiares, a série da HBO se mantém mais atual ao abordar outros tópicos pertinentes como feminismo, a comunidade LGBTQI+, problemas de autoestima, entre outros.

Euphoria é baseada em uma produção israelense de mesmo nome, exibida em 2012.

Outra diferença entre as produções está na forma como as questões psicológicas dos personagens são apresentadas. A Euphoria de 2019 consegue dar um foco maior para o assunto e apresenta suas influências no comportamento dos jovens, especialmente quando fala de relacionamentos familiares. Já a de Israel não traz um aprofundamento maior das figuras adultas e sua devida importância no desenvolvimento dos arcos.

Indo além das diferenças óbvias, como a ambientação da cada uma, a produção da HBO tem um apelo imagético maior do que a israelense devido à sua alta qualidade audiovisual. Ainda assim, ambas já geraram certas controvérsias por causa da intensidade das cenas.

As duas temporadas da nova Euphoria (a de 2019), assim como seus dois episódios especiais, estão disponíveis na HBO Max.

Você sabia que Euphoria é baseada em uma produção israelense? Comente!

Aproveite também:

Imagem de perfil
Jaqueline Sousa

Jornalista. Apaixonada por cinema, música e literatura. | @jqlnsss