Capa da Publicação

Attack on Titan: Quais consequências o Rugido da Terra pode trazer para o futuro?

Por Flávia Pedro

Atenção: Alerta de Spoilers!

A Parte Final 2 de Attack on Titan chegou ao fim e com isso veio o anúncio de uma Parte Final 3 que dividiu os fãs da franquia. Com Eren e o Rugido da Terra chegando até o continente ao final do episódio 87, uma pergunta ficou entre os que não leram o mangá: quais serão as consequências reais do Rugido da Terra para o mundo?

O Rugido da Terra

Momento em que os Titãs atravessavam a Ilha Paradis pisoteando tudo no caminho

O Rugido da Terra nada mais é que uma marcha de Titãs Colossais liderados pelo Eren, após o mesmo utilizar o Grito (habilidade de quem tem sangue real) para anular todo o endurecimento titânico no mundo e assim liberar os Titãs que estavam dentro das muralhas desde sua construção.

Após libertar todos eles, Eren assume a forma definitiva de seu Titã Fundador, que é infinitamente maior que a dos Colossais (que eram os maiores titãs até então) e os controla para que deixem a Ilha Paradis, atravessem o oceano e cheguem até o continente de Marley para pisotear tudo em seu caminho.

O problema já começa no momento em que esse exército de Titãs é libertado, pois muitos destroços das muralhas acabam por matar os próprios moradores da ilha, que Eren jura tanto querer proteger. Além disso, a marcha dos titãs até deixarem a Paradis não seleciona “caminhos apropriados”, ou seja: tudo o que estava no caminho foi destruído.

O que soa no mínimo incoerente já que a justificativa do Eren é proteger o seu povo das ameaças externas que se preparavam para atacar Paradis e os Eldianos das muralhas e ele mesmo destruiu e matou alguns cidadãos, mas ok…

As consequências para o ecossistema do planeta

Titã Colossal

Passando pela ilha, chega a hora dos Titãs Colossais atravessarem o oceano até o continente. Precisamos levar em conta que esses Titãs Colossais soltam uma grande quantidade de vapor individualmente, em grupos grandes como o apresentado no último episódio, as escalas de vapor são ainda mais elevadas.

Como vimos no episódio 87, o vapor foi capaz de matar humanos que estavam dentro de navios mesmo com os Colossais apenas nadando embaixo d’água. Agora imaginem o estrago que esse vapor fez ao ecossistema marinho deste oceano por onde eles passaram e as consequências de um desequilíbrio ambiental marinho para o futuro.

E não é apenas no mar que o Rugido da Terra vai destruir o ecossistema. A ideia do Eren é literalmente pisotear tudo e qualquer coisa que fique em seu caminho, isso conta florestas, plantas, animais silvestres, plantações, habitats… Tudo isso está prestes a ser destruído e levando o tempo de recuperação do Planeta Terra em desastres desse nível, sabemos que mesmo com tecnologia, recuperar tanto em pouco tempo é praticamente impossível.

As consequências para os avanços tecnológicos

Eren usa o poder do Titã Fundador: se ele não for impedido, milhões morreram

E falando em tecnologia, Hange – uma das personagens que faz parte da Aliança contra Eren – teve uma fala pertinente sobre isso. Enquanto ainda tramavam um plano para roubar um avião que estava sobre a posse dos Yageristas, um de seus amigos a pergunta “por que os inimigos não destroem o avião e resolvem o problema das ameaças?”

A resposta de Hange é o ponto-chave das consequências para a humanidade: eles não destroem porque depois vai ser praticamente impossível recuperar toda a tecnologia que será perdida após a investida de Eren. Novamente: Tudo será pisoteado e não restará nada além de escombros e cadáveres.

Outra perda irreparável, já que sem recursos naturais devido a destruição de todos os ecossistemas, também não conseguirão se recuperar tão rápido tecnologicamente sem fontes naturais para utilizar.

Isso tudo sem entrar no ponto mais importante: a humanidade! Pra quem leu o mangá, sabe o quão irreparável serão as consequências para os humanos. Se você não leu e pretende preservar sua experiência até 2023, indico que saia do artigo agora pois teremos spoiler!

As consequências para a humanidade

O Rugido da Terra chegando ao continente de Marley

Você foi avisado!

Pois bem, Eren vai exterminar da face da Terra mais de 80% da população mundial. Isso mesmo, ele realmente assumiu o papel de genocida e vai matar mais de 80% dos humanos do mundo para que as poucas pessoas de sua ilha possam viver sem ameaças de ataques externos.

E 80% ainda é menos que o planejado, ele só não concluiu seu plano de acabar com todos no mundo porque foi impedido pela turminha do barulho, ou melhor, a Aliança. Eles conseguem deter Eren, mesmo que tarde demais, mas antes que o mal maior fosse feito. Repovoar a terra, recuperar ecossistemas, tecnologias e tudo o que foi perdido após o Rugido da Terra passou a ser uma tarefa difícil.

Porém, ainda há outras consequências ligadas aos humanos, dessa vez sociais e políticas.

Sim, por muito tempo o povo de Paradis viveu em paz e os Eldianos finalmente puderam viver com dignidade, como sempre sonharam desde que descobriram o mundo fora das muralhas. Porém, essa paz não durou para sempre… Os amigos de Eren e até alguns descendentes tiveram anos de calma e tranquilidade, mas em algum momento no futuro isso acaba.

As nações restantes que faziam parte dos 20% que sobreviveram tiveram décadas para se recuperar, se realinhar, se unir e se organizar para que se vingassem dos descendentes de demônios, os Eldianos de Paradis. Paradis é brutalmente atacada por esse povo e dessa vez, aparentemente nenhum descendente de Ymir sobreviveu.

Conclusão

Yelena comemorando o início da guerra nos episódios iniciais da Parte Final 2

No fim das contas, as consequências do Rugido da Terra foram além da destruição que Eren havia planejado, foi um tiro no próprio pé. Mesmo que seus amigos tenham vivido em paz até o momento de sua morte, mesmo que tenha demorado para que outra guerra estourasse, a paz não foi definitiva como o rapaz pensou.

Os resultados do Rugido da Terra nada mais são do que as consequências da humanidade. Pois onde existem pessoas com pensamentos e ideais diferentes, existirão atritos. Onde esses atritos ultrapassarem os limites da “boa convivência” e se tornarem guerras, não haverá trégua até que um dos lados seja definitivamente extinto… Como ocorreu ao fim do mangá e provavelmente veremos no fim do anime.

Confira também:

Imagem de perfil
sobre o autor Flávia Pedro

Historiadora formada pela UFF e apaixonada por cultura japonesa, animes, mangás, filmes... Criadora de conteúdo no instagram Anime Dicria, viciada em café e leitora de fanfics ruins nas horas vagas. Instagram: fllavia_pedro