Capa da Publicação

Shingeki No Kyojin: Quando Eren se tornou um vilão em Attack On Titan?

Por Gabriel Mattos

Shingeki no Kyojin começa como qualquer outro shounen: com um protagonista empolgado começando sua jornada para mudar o mundo. Avance mais três temporadas e vemos este menino, Eren Yaeger, se tornar o líder de um grande culto com um plano genocida para acabar com tudo. Mas afinal, o que mudou? Quando Eren se tornou um vilão em Attack on Titan? É isso que vamos discutir hoje!

A reação do oprimido

Primeiro precisamos entender o contexto que incubou o monstro dentro de Eren. O mundo de Attack on Titan é dividido em duas etnias principais, os Eldianos e os Marleyanos. No início, os Eldianos eram o povo dominante, pertencentes a um império imbatível, mas eles foram subjugados por Marley, levados para campos de concentração e muitos se tornaram titãs.

Hoje, os eldianos vivem à margem da sociedade e Eren Yeager é um desses eldianos. Faz sentido que descobrir esta dívida histórica tenha motivado Eren a agir, mas esta não é toda a história, como fica evidente no primeiro grande ato do personagem na primeira parte da temporada final.

Ele começa essa temporada infiltrado em território Marleyano, em uma de suas principais cidades. Eren está articulando um ataque com seus aliados, mas a princípio não sabemos como será. De repente, ele encontra Reiner, pela primeira vez desde a Batalha pela Ilha Paradis. Mas diferente do esperado, ele não demonstra ressentimento, mas sim empatia.

Reiner conversa com Eren

Eren entende que, em sua maioria, as pessoas de Marley foram enganadas. Alheias à verdadeira história, elas realmente acreditavam que as pessoas da ilha eram demônios malignos prontos para destruírem o mundo e lutaram para impedir isso. Não muito diferente da ignorância dos residentes de Paradis com o mundo fora da muralha.

Ele vai além e percebe como Reiner deve estar se sentindo frustrado e culpado ao descobrir que ele atacou pessoas inocentes para satisfazer a burguesia de Marley. Quando parece que Eren está procurando deixar a história de mentiras de lado e começar uma nova página, ele se transforma no Titã de Ataque em uma área populosa matando centenas de inocentes.

E em um passe de mágica, Eren agora é um genocida.

Titã de Ataque mata inocentes

Teorias

O ponto chave para entender o pensamento de Eren é perceber que todos aqueles “inocentes” só conseguiam manter suas vidas privilegiadas com a sustentação do sistema de opressão em vigor, que subjugava Eldianos. Mesmo que não tendo papel ativo na opressão, eles se beneficiam diretamente de sua existência e tem interesse em mantê-la funcionando. Eren não consegue deixar isso barato.

Mas é difícil traçar um ponto específico em que Eren começou a considerar a morte de centenas de pessoas um caminho aceitável para alcançar seus objetivos.

Talvez tenha sido quando ele decidiu erradicar os Titãs para conquistar sua liberdade. Ou mesmo ao alcançar o oceano, na Temporada 3, e perceber que precisaria derrotar a nação do outro lado para que a Ilha de Paradis tivesse alguma paz. O mais provável é que sua virada tenha acontecido durante a cerimônia de medalhas que aconteceu algum tempo antes, ainda na mesma temporada.

A Divisão de Reconhecimento encontra o oceano

A visão do futuro

Depois de reconquistar a Muralha Maria, os membros da Divisão de Reconhecimento são condecorados pela recém apontada Rainha Historia com medalhas por seus atos de bravura. Um a um eles recebem as honrarias, mas quando Eren é tocado pela Rainha, vê algo que lhe deixa apavorado.

O Titã Fundador só consegue liberar seu verdadeiro poder com a ajuda de alguém com sangue real. Naquele momento, quando Eren beija a mão de Historia, uma conexão é criada e ele consegue acessar as memórias de todos os titãs — do presente, passado e futuro.

Essa visão do futuro lhe mostra que não há um caminho para alcançar a paz almejada sem a destruição completa de Marley. Depois disso, seu comportamento com todos começa a mudar. Ele parece estar progressivamente mais agressivo, irritadiço… Atormentado por um futuro ao qual não consegue evitar.

Eren fica em choque após ver o futuro

Quem está apenas acompanhando o anime, ainda não sabe como essa história termina, mas consegue imaginar que Eren vai continuar afundando em suas ações cada vez mais sombrias. Qual será o seu futuro na segunda parte da temporada final? Só o tempo irá responder.

Shingeki no Kyojin está disponível na Crunchyroll. Os episódios finais devem ser lançados entre o final deste ano e o início de 2022.

Fique com:

Imagem de perfil
sobre o autor Gabriel Mattos

Redator que joga mais Switch do que deveria e já leu todo o novo cânone de Star Wars, até os livros ruins. • @gabeverse