Capa da Publicação

Jungle Cruise: Dwayne Johnson decidiu não processar a Disney pelo lançamento do filme

Por Evandro Lira

Depois que foi noticiado que Scarlett Johansson estava processando a Disney por quebra de contrato em relação ao lançamento de Viúva Negra, surgiram na internet relatos de que outras estrelas tomariam a mesma medida, como Emma Stone pela estreia de Cruella.

Enquanto tudo isso acontecia, o Disney+ se preparava para lançar, de forma parecida, Jungle Cruise, filme de aventura protagonizado por Dwayne Johnson e Emily Blunt. Isso fez com que muita gente se perguntasse se as estrelas do longa tomariam a mesma atitude em relação a Disney. A resposta, aparentemente, é não. Pelo menos da parte de The Rock.

Cartaz de Jungle Cruise

Segundo o Deadline, fontes próximas afirmam que Dwayne Johnson e sua produtora Seven Bucks não tem a intenção de entrar em uma briga com a Casa do Mickey, pois “ele estava em sintonia com o estúdio quando foi feito o anúncio de que o filme seria lançado globalmente em um momento em que certos mercados estrangeiros estão offline”.

Em seu primeiro fim de semana, Jungle Cruise espera faturar algo em torno dos US $ 65 milhões em salas de cinema dos Estados Unidos e exterior. A Disney deve divulgar os números do Premier Acess do filme em algum momento próximo.

Você pode assistir a Jungle Cruise nas salas de cinema ou no Disney+ sob a taxa de R$ 69,90. Leia nossa crítica do filme aqui.

Fique com:

Imagem de perfil
sobre o autor Evandro Lira

Editor, bacharel em Cinema e Audiovisual, bruxo nascido trouxa, filho dos filhos do átomo, mestre dos quatro elementos, fã de mais coisas do que deveria, frequentemente falando sozinho no Twitter. Segue: @evandroslira