Capa da Publicação

Marvel’s Guardians of the Galaxy: Tudo que já sabemos sobre o jogo

Por Gabriel Mattos

Após um final de semana recheado de revelações, as conferências da E3 2021 — o maior evento de games do ano — chegaram ao fim. Entre diversas atualizações de projetos já conhecidos, tivemos o anúncio de alguns jogos inéditos que chocaram o público: incluindo Marvel’s Guardians of The Galaxy, revelado na Square Enix Presents.

Para quem sentia falta de games de super-heróis, a equipe cósmica mais trambiqueira da Marvel terá um novo jogo para chamar de seu. Após o trailer exibido na conferência, os desenvolvedores divulgaram detalhes sobre o que esperar da nova aventura dos Guardiões da Galáxia nos games. Reunimos um artigo com tudo que já sabemos sobre o jogo.

O que é Marvel’s Guardians of The Galaxy?

Desenvolvido pela Eidos-Montréal, o mesmo estúdio responsável por Deus Ex e Shadow of the Tomb Raider, Marvel’s Guardians of The Galaxy é um jogo de ação e aventura para um jogador focado em contar uma história original inspirada nos quadrinhos da equipe.

Para garantir que o jogo entregue a mais autêntica experiência dos Guardiões, os desenvolvedores procuraram o aval de Dan Abnett, o quadrinista responsável pela popularização da equipe que também estabeleceu as bases do universo cósmico da Marvel.

No vídeo de apresentação, ele garantiu que o mesmo espírito de família desajustada, que a equipe costuma trazer nos quadrinhos, foi traduzido da melhor maneira possível nos jogos.

Os Guardiões originais reunidos em uma arte promocional.

Adotando uma perspectiva em terceira pessoa, o jogo te convida a explorar diferentes planetas completando missões perigosas para os Guardiões, com todo o caos esperado da equipe. As escolhas do jogador moldam seus rumos e podem alterar até mesmo o objetivo de cada fase.

Seja o líder dos Guardiões da Galáxia

Ao longo da história, o único personagem controlável será Peter Quill, o Senhor das Estrelas. Pode parecer frustrante em um primeiro momento, mas existe um bom motivo para esta escolha: a ideia do jogo é te colocar no papel de líder dos Guardiões da Galáxia.

Sem perder suas qualidades únicas, Peter Quill vai funcionar como um avatar para o jogador comandar os demais membros. Será possível ativar as habilidades especiais de cada Guardião durante o combate.

Senhor das Estrelas em artes conceituais

Nos momentos de exploração, Peter poderá sugerir como os Guardiões devem proceder. Mas é claro que, conhecendo esses heróis, haverá momentos de rebeldia e eles nem sempre farão o que você sugeriu. Suas escolhes terão sempre consequências, seja algo pequeno e imediato, ou algo maior difícil de prever.

O grande diferencial do Senhor das Estrelas é sua versatilidade. Em cada mão, ele leva uma pistola laser com carga elemental, que deve se adaptar às fraquezas dos inimigos. Essas armas também permitem que Quill mantenha uma certa distância dos adversários para planejar as ações de seus aliados com tranquilidade.

Além disso, suas botas contam com propulsores que podem ser úteis dentro e fora das batalhas. Os apetrechos adicionam uma mobilidade vertical muito bem-vinda e podem agilizar as esquivas definindo os rumos do combate.

Qual é a história de Marvel’s Guardians of the Galaxy?

Fortemente inspirado nos quadrinhos, Marvel’s Guardians of the Galaxy não vai adaptar nenhum arco específico, mas sim desenvolver um enredo completamente original. A ideia é reimaginar o grupo como proposto por Dan Abnett para funcionar da melhor maneira possível nos jogos, sem se prender ao que veio antes.

A história começa anos depois de uma grande guerra intergalática que desestabilizou os planetas. O universo está em um estado de reconstrução e os Guardiões vão aproveitar essa bagunça generalizada para ganhar uma grana se aventurando pelo espaço.

O que começa com uma aposta inocente acaba desencadeando uma série de eventos potencialmente catalíticos que podem destruir a galáxia e os Guardiões precisam impedir. E no meio de tudo isso, eles ainda vão precisar enfrentar uma ordem misteriosa decidida a exterminar todos que entrarem em seu caminho. Mais um dia normal na vida dos heróis mais trambiqueiros da galáxia!

A história vai desafiar os Guardiões da Galáxia

Quais Guardiões da Galáxia aparecem no jogo?

Mesmo que não tenha nenhuma ligação com os filmes, Marvel’s Guardians of the Galaxy vai trazer a mesma formação da equipe para os videogames — Senhor das Estrelas, Gamora, Drax, Rocket Racoon e Groot.

Não ficou claro se será possível recrutar mais heróis para a sua causa, mas outros membros conhecidos dos quadrinhos também deram as caras brevemente ao longo do trailer, como é o caso da Mantis e do Cosmo.

No lado dos vilões, Mary Demarle, diretora executiva de narrativa, garantiu que veremos uma mistura de personagens bem conhecidos e outros um tanto obscuros. Podemos esperar até mesmo alguns inimigos completamente originais, mas por enquanto apenas Madame Devassa foi confirmada como chefona.

Os principais heróis dos filmes retornam no jogo

Data de Lançamento e Plataformas

Marvel’s Guardians of the Galaxy está previsto para ser lançado no dia 26 de outubro para PlayStation 4, PlayStation 5, a família Xbox e PC. Por incrível que pareça, o jogo está bem próximo de estrear!

Durante o Nintendo Direct, também foi anunciado que o game poderá ser jogado no Nintendo Switch via streaming, graças a um processamento na nuvem. Ainda não foi divulgado se essa opção estará disponível no Brasil, nem se será preciso manter uma assinatura mensal.

De qualquer forma, a Square Enix parece ter aprendido com os erros de Marvel’s Avengers. A empresa garantiu que não irá lançar DLCs ou microtransações para aumentar a história do jogo. O único tipo de conteúdo que deve ser comercializado é estético, considerando os trajes extras que serão concedidos a quem reservar o jogo durante a pré-venda.

O que achou de Marvel’s Guardians of the Galaxy? O que você mais quer ver no jogo? Não deixe de comentar!

Fique com:

Imagem de perfil
sobre o autor Gabriel Mattos

Redator que joga mais Switch do que deveria e já leu todo o novo cânone de Star Wars, até os livros ruins. • @gabeverse