Capa da Publicação

Novo poder de Vegeta em Dragon Ball Super pode ter importância muito maior, entenda

·
Por Raphael Martins

O capítulo 61 do mangá de Dragon Ball Super foi particularmente emocionante para os fãs de Vegeta, o príncipe dos saiyajins. Após seu treinamento no planeta Yardtat, ele voltou para enfrentar Moro com um novo truque na manga: uma técnica capaz de separar a energia do corpo do adversário, o deixando sem poderes.

Veja também:

Mangá de Dragon Ball Super traz cena assustadora de Moro

Dragon Ball Super faz ressurreição milagrosa em massa

Dragon Ball Super explica por que Vegeta odeia fusões

Como resultado, Vegeta deixou o vilão praticamente sem energia, o fazendo voltar à sua forma humilde e decrépita. O domínio da técnica impressionou até mesmo Goku, que admitiu que nunca conseguiu aprender este poder enquanto esteve em Yardrat, tendo aprendido apenas o teletransporte.

Mas esta técnica pode ter uma importância ainda maior dentro do universo de Dragon Ball, como explica uma teoria do site CBR. Em um dado momento do capítulo, Vegeta diz que poderia trazer de volta até mesmo os namekuseijins com o qual Piccolo se fundiu há muito tempo atrás, Kami-sama e Nail. Isso deixa claro que este novo poder pode não apenas desfazer fusões, mas realizar isso independente de quanto tempo se passar.

Sendo assim, Vegeta poderia separar o Kaioh Supremo absorvido por Majin Buu, por exemplo, dando a oportunidade que o Kaioh precisava para enfrentar Moro diretamente, livre da interferência de Buu. O retorno de um personagem místico e ancestral poderia dar ainda mais profundidade à lore de Dragon Ball, expandindo ainda mais o já extenso mundo da saga.

O que acharam da nova técnica de Vegeta? Ele finalmente superou Goku, seu grande rival? Comentem!

Confira nossa lista sobre Dragon Ball Z: Kakarot, o mais novo game da série, aqui embaixo:

Imagem de perfil
sobre o autor Raphael Martins

Redator, apresentador e roteirista. Gosto de longas caminhadas na praia, Star Wars, tokusatsu, anime e filé com batata frita. Deixo as pessoas constrangidas. Você pode trocar uma ideia comigo no Twitter: @aqueleraphael