Capa da Publicação

The Umbrella Academy: Entenda a frase em grego dita por Número 5 a Reginald Hargreeves

Por Raphael Martins

Atenção: Alerta de Spoilers!

Um dos personagens de maior destaque da segunda temporada de The Umbrella Academy certamente é o Número Cinco, interpretado por Aidan Gallagher. Preso em um futuro apocalíptico, ele é salvo unicamente para ser transformado no maior assassino da história, fazendo incontáveis vítimas pela linha temporal.  Ao escapar desse destino, ele consegue chegar dias antes da morte de todos os seus irmãos, os mandando ao passado após tentar salvar suas vidas.

Veja também:

The Umbrella Academy: Aidan Gallagher explica porque o Cinco não tem um nome

The Umbrella Academy: Ator fala sobre como seu personagem estará na terceira temporada

The Umbrella Academy: Segunda temporada responde grande pergunta dos fãs

Há um momento particularmente curioso e interessante do personagem no quarto episódio da segunda temporada, como apontado pelo site CBR. Em um encontro com seu pai Reginald, ele sussurra uma frase em grego:Ἄνδρα μοι ἔννεπε, μοῦσα, πολύτροπον, ὃς μάλα πολλὰTal frase é nada menos que o diálogo de abertura do livro A Odisseia, escrito por Homero. A tradução diz o seguinte:

“Canta para mim, ó Musa, o varão industrioso que, depois de haver saqueado a cidade sagrada de Tróade, vagueou errante por inúmeras regiões, visitou cidades e conheceu o espírito de tantos homens.”

A intenção do personagem é instigar algo no coração de Reginald, uma vez que o patriarca da família Hargreeves obrigou todos os seus filhos a decorarem A Odisseia quando crianças. “Canta para mim, ó musa”, que inicia a aventura, é dito por Cinco como um desejo de contar sua própria história, a história de um “varão industrioso”. No conto de Homero, isso se refere ao herói Odisseu, que tenta voltar para casa após incontáveis provações. Isso também cai como uma luva para Cinco, que passou pelo mesmo e tinha este exato objetivo.

Esta passagem também poderia se aplicar a Reginald, um “varão industrioso” por seu próprio mérito, que desempenha um papel importante na alta sociedade e também tem suas próprias habilidades e talentos únicos.

Outro fragmento da frase, que menciona alguém que “vagueou errante por inúmeras regiões”, também é adequado para descrever Cinco. Sua própria odisseia, feita através das eras, também tinha o objetivo de reuni-lo à sua família. A princípio, o mesmo não pode ser dito de Reginald, alguém não muito conhecido por suas viagens e aventuras. Mas uma revelação feita em meio à segunda temporada muda tudo.

Posteriormente, é revelado que Reginald Hargreeves é, na verdade, um alienígena se escondendo em forma humana. E alguém que viajou por um mar de estrelas certamente se adéqua a um ser que “vagueou errante por inúmeras regiões, visitou cidades e conheceu o espírito dos homens”.

Dito isso, a frase dita por Número Cinco a seu pai é mais do que uma cena solta durante mais um episódio da série. Ela serve a um propósito maior, que é o de mostrar que o garoto e seu pai não são tão diferentes assim.

Confira também nossa lista sobre a série aqui embaixo:

Imagem de perfil
sobre o autor Raphael Martins

Redator, apresentador e roteirista. Gosto de longas caminhadas na praia, Star Wars, tokusatsu, anime e filé com batata frita. Deixo as pessoas constrangidas. Você pode trocar uma ideia comigo no Twitter: @aqueleraphael