Capa da Publicação

Ray Fisher, o Ciborgue de Liga da Justiça, faz novas criticas a Joss Whedon

·
Por Matheus Takahashi

Desde o recente anúncio do Snyder Cut da Liga da Justiça, o ator Ray Fisher, que viveu o Ciborgue no filme, tem repensado sua opinião sobre Joss Whedon, que assumiu o lugar de Zack Snyder na direção. E hoje (1), Fisher fez duras declarações não apenas sobre Whedon, mas também para a Warner Bros.

Veja também:

Liga da Justiça: Ray Fisher, o Ciborgue, crítica Joss Whedon

Ray Fisher, de Liga da Justiça, fala sobre ter feito audição para Star Wars

Ray Fisher, o Ciborgue, faz agradecimento emocionado aos fãs pelo Snydercut

Em sua página no Twitter, o ator criticou o diretor de Os Vingadores, afirmando que ele era bastante rude e insensível, e também criticou Geoff Johns e Jon Berg, produtores do filme, por permitirem isso. Veja na íntegra o que Ray Fisher disse:

“A forma que Joss Whedon tratava o elenco e a equipe de Liga da Justiça era nojenta, abusiva, pouco profissional e completamente inaceitável. 

 

Ele foi autorizado, de várias maneiras, por Geoff Johns e Jon Berg.

 

Responsabilidade>Entretenimento”

Desta forma, Fisher alega sérias acusações sobre a maneira que Whedon, Johns e Berg trataram a produção de Liga da Justiça, acusando a falta de profissionalismo do diretor e a passividade dos produtores em relação a isso.

Veja também:

Imagem de perfil
sobre o autor Matheus Takahashi

Geógrafo. Amante da cultura geek/nerd, mas ama mesmo super-heróis, jogos de luta e futebol. Conversa fácil sobre (quase) qualquer coisa

IG: t1takahashi TT: takamatheus