Capa da Publicação

Produtor de X-Men fala sobre como poderia ter sido Fênix Negra com o elenco original

Por Cristiano Rantin

A Saga da Fênix Negra é considerada uma das melhores histórias dos quadrinhos. Com um arco focado em Jean Grey, acompanhamos a corrupção da heroína até se tornar uma ameaça cósmica, se redimindo ao final em um arco dramático. A trama chegou a ser adaptada duas vezes nos cinemas, deixando os fãs decepcionados com a maneira que os filmes abordaram a história, mas parece que poderíamos ver uma outra história da Fênix Negra com o elenco original dos X-Men.

Veja também: 

Diretor de Logan fala sobre possível retorno de Hugh Jackman como o Wolverine

James Mangold fala sobre a morte do Wolverine em Logan

Arte reúne Wolverine de Hugh Jackman com Deadpool

Simon Kinberg, diretor de X-Men: Fênix Negra, participou de uma Watch-Party do  IGN de X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido, onde falou sobre o caminho que eles poderiam ter seguido de acordo com a linha do tempo criada pelo filme. Segundo Kinberg, seria possível termos uma nova história da Fênix, dessa vez com Famke Janssen, a eterna Jean Grey dos filmes, como protagonista.

Como lembramos, ao final de Dias de um Futuro Esquecido, Wolverine encontra seus velhos amigos na escola. Jean Grey, Ciclope (James Marsden) e Fera (Kelsey Grammar) aparecem em uma breve cena, indicando que na nova linha do tempo todos estavam vivos e bem.

Seria possível que… naquele universo alternativo… porque o filme seria dez ou quinze anos desde O Confronto Final, você pudesse fazer Fênix Negra com a Famke. Você poderia fazer com o Clube do Inferno, e você poderia fazer com a duração necessária, porque essa é uma história muito complexa. Você gostaria que fosse um filme de duas partes: Você traria o Clube do Inferno, você iria querer que fosse um filme realmente intergalático, você traria Lilandra, você iria querer contar dessa forma. E eu acho que você precisaria de pelo menos uma ponte entre esse filme [Dias de um Futuro Esquecido] com o outro [Fênix Negra]. Mas a maturidade desses atores e a história que vimos nos últimos 25 anos [desde o lançamento de X-Men: O Filme] seria bem interessante.” 

Na mesma Watch-Party, Kinberg comentou sobre como gostaria de ter feito Fênix Negra como um filme de duas partes, mas que precisou compilar tudo em um único filme. O produtor e diretor afirma que ficou satisfeito com o corte final, ainda que tenha sido diferente da sua ideia original:

Fênix Negra foi um filme difícil porque inicialmente a ideia que eu escrevi era de que teríamos um filme de duas partes. E então subitamente ele se tornou um filme só, por razões que não eram da minha conta. Ter que criar o filme assim foi uma grande mudança e um desafio. […] Mas no fim, eu fiquei feliz com a minha versão que nós filmamos e editamos e finalizamos.”

E ai, você gostaria de ter visto essa versão da Fênix Negra com o elenco original?

Veja também:

Imagem de perfil
sobre o autor Cristiano Rantin

Jornalista • Mestrando em Comunicação Social pela UEL • Bruxo • Twitter: @ChrisRantin • "Eu sou o fogo e a vida encarnados. Agora e para sempre eu sou a Fênix!"