Capa da Publicação

Mulher-Maravilha ganha uma nova e perigosa inimiga nos quadrinhos

Por Raphael Martins

Atenção: Alerta de Spoilers!

Apesar de ter conseguido abrir Themyscira para o resto do mundo na forma de uma embaixada, tornando a cultura de sua ilha mais acessível à todos, a Mulher-Maravilha não anda tendo muito sossego nas HQs. Manipulada psiquicamente por um inimigo misterioso, a amazona atacou aliados pensando ser Ares e a Mulher-Leopardo, e sua nova inimiga estava mais perto do que ela pudesse imaginar.

Veja também:

Mulher-Maravilha descobre grande segredo sobre as amazonas em nova HQ

Mulher-Maravilha mata vários inocentes em nova HQ

Mulher-Maravilha usa habilidade similar a de Aquaman em nova HQ

Em Wonder Woman #761 (via ComicBook), HQ lançada recentemente nos Estados Unidos, descobrimos a identidade daquela que a manipulou: trata-se de Emma, uma jovem com poderes psíquicos que pode ou não ser filha de outro grande inimigo da heroína, Maxwell Lord.

Emma foi introduzida na história há algumas edições, apresentada como uma adolescente um tanto desastrada que tinha um coelho de estimação e morava no mesmo prédio de Diana. Por ela ser uma órfã, a amazona acaba se afeiçoando a ela, se sentindo mal por a garota ter perdido os pais num acidente de carro e ter sofrido as consequências psicológicas disso. Enquanto isso, cidadãos americanos, vítimas de alucinações, começaram a atacar uns aos outros.

No começo, Diana pensou que isso poderia ser obra de Maxwell Lord, mas estava enganada. Ela descobre que o verdadeiro responsável por corromper as mentes das pessoas era um aplicativo chamado Odypix, que tinha ligações com Odysseys, uma sub-seção das indústrias Lord, que foi desmontada anos atrás. A teoria que surge é que alguém pode estar usando a empresa para seus próprios fins, transformando humanos em assassinos de sua própria espécie.

Próximo ao fim da edição, vemos o general Hesper invadindo uma instalação militar e lançando um míssil atômico em direção à capital, o que leva Diana, e o próprio Maxwell Lord, a tentar impedir isso. Os dois seguem para desligar os servidores da Odypix e é lá que fazem a grande descoberta.

A mente por trás dos ataques é Emma, que estava usando a tecnologia para instigar a violência e o caos pelo país afora. Ela se gaba de seu feito, dizendo que estava fazendo isso por seu pai:

Isso vai ser divertido. Uma carnificina no estilo Maxwell Lord acontecendo bem ali. Certo? Ele vai entender isso, não é? Que isso é pra ele? Oh, pai, você vai ficar tão orgulhoso.”

 

A edição não confirma com todas as letras que ela realmente filha de Maxwell Lord, mas fica muito claro que ela tem uma ligação com ele que pode mudar sua vida para sempre. Emma dá um nome de vilã para si mesma: Liar Liar, ou “Mentirosa” em tradução livre, o que pode ser uma indicação de que, talvez, ela esteja mentindo sobre sua origem.

Quanto a seus poderes, eles podem ser ainda maiores que o do próprio Lord, uma vez que nem mesmo o Laço da Verdade da Mulher-Maravilha conseguiu livrar a heroína das alucinações.

E agora, o que acontecerá a seguir? Saberemos em breve.

Confira nossa lista sobre a heroína aqui embaixo:

Imagem de perfil
sobre o autor Raphael Martins

Redator, apresentador e roteirista. Gosto de longas caminhadas na praia, Star Wars, tokusatsu, anime e filé com batata frita. Deixo as pessoas constrangidas. Você pode trocar uma ideia comigo no Twitter: @aqueleraphael