Capa da Publicação

Indústria do entretenimento já perdeu mais de 120 mil funcionários devido à pandemia

·
Por Evandro Lira

A pandemia do coronavírus que assolou o mundo nos últimos meses tem se mostrado devastadora para vários setores da sociedade, um deles sendo a indústria do entretenimento. Segundo novos dados compartilhados pelo THR, cerca de 120 mil empregos na área já foram perdidos desde o início do surto da doença.

Veja também:

Reunião especial de Friends é adiada devido ao Coronavírus

Séries afetadas por Coronavírus podem não ter conclusão

Uso de videogames aumenta durante crise do coronavírus

O presidente da Aliança Internacional de Teatro e Funcionários de Palco (IATSE), Matthew D. Loeb, está pedindo ao congresso americano que ajude os trabalhadores do entretenimento a pagar suas contas nesse momento de crise.

“À medida que estamos implementando o distanciamento social e eventos e projetos em todos os setores da indústria do entretenimento são cancelados, ficou claro que a crise do COVID-19 exige uma ação decisiva de nosso governo federal para apoiar os trabalhadores de entretenimento que perderam seus negócios”, escreveu ele. “Milhares de nossos membros em todos os setores da indústria estão sofrendo dificuldades financeiras por causa de cancelamentos obrigatórios pelo governo. Os funcionários do entretenimento não devem ser danos colaterais na luta contra o vírus COVID-19.”

O presidente do Sindicato dos Diretores de Fotografia dos Estados Unidos, John Lindley, também publicou uma carta aberta intercedendo pelos trabalhadores:

“Embora alguns de nossos membros estejam sendo pagos por até duas semanas após o encerramento dos seus projetos, com base na realidade da crise da saúde que enfrentamos agora, é altamente improvável que as produções sejam retomadas após um período tão curto de tempo. É provável que esse problema continue por meses, não semanas, e nossas preocupações com a saúde, os benefícios e a estabilidade econômica são compartilhadas por todos nós.”

A situação é realmente calamitosa e as consequências para o mercado da cultura são apenas alguns dos grandes problemas que precisaremos enfrentar durante a pandemia do COVID-19. O que nos resta por enquanto é fazer nossa parte e torcer para que tudo se normalize o quanto antes.

Fique com:

Imagem de perfil
sobre o autor Evandro Lira

Bacharel em Cinema e Audiovisual, potterhead das antiga, filho dos filhos do átomo, fã de mais coisas do que deveria, frequentemente falando sozinho no Twitter. Segue: @evandroslira