Capa da Publicação

Diretor e roteirista de Star Wars: A Ascensão Skywalker explicam participação de personagem clássico

Por Gus Fiaux

Atenção: Alerta de Spoilers!

Star Wars: A Ascensão Skywalker já está em cartaz nos cinemas, e é cheio de easter-eggs fanservices para os fãs da franquia. Uma sequência bem surpreendente acontece quando Kylo Ren “vê” uma espécie de fantasma de seu pai, Han Solo, quando está prestes a passar por sua redenção final.

Em uma entrevista à Vanity Fair, o diretor J.J. Abrams falou um pouco a respeito da participação do personagem. Quando questionado sobre como foi o convite para Harrison Ford retornar ao papel, ele disse que foi uma situação simples, mas que o ator ficou interessado em saber o motivo de seu retorno:

“Bem, eu liguei para ele e disse: ‘Nós queremos uma cena no filme com o Kylo Ren e seu pai, você faria?’ E ele disse: ‘Ok’. Não é mais interessante que isso. Nós tivemos uma reunião e falamos sobre o que seria [a cena]. Harrison [Ford], que é uma das melhores pessoas do mundo – e que pensa muito no que faz -, queria entender a utilidade do personagem. ‘Qual é o meu papel?’ Então, nós sentamos com ele e dissemos quais eram as nossas intenções. Nós falamos sobre isso por um tempo, eu o enviei páginas do roteiro. Ele entendeu e, é claro, como você pode ver, ele foi maravilhoso.”

O roteirista Chris Terrio se adiantou, e falou sobre o motivo da participação de Han no filme. De acordo com ele, o pai de Kylo Ren precisava aparecer para “representar” a redenção de seu filho. Ainda assim, isso não exclui a forma como Kylo matou seu pai:

“Pelo menos para J.J. e eu, nós pensamos que esse finalmente era [Kylo] Ren, após a morte de sua mãe, sendo capaz de pedir perdão, de pedir desculpas ao seu pai, e encontrar algum tipo de paz. Ele não pode voltar e não pode desfazer o que fez com seu pai, mas como Han diz: ‘Sua mãe morreu, mas o que ela representa e aquilo pelo que ela lutou não está morto’. Então, ele ainda pode se redimir no futuro.”

Para J.J. Abrams, a volta de Han foi um momento muito tocante para fechar o ciclo da saga e encerrar a redenção de Kylo Ren. Ele também se orgulha do personagem ter dito uma de suas falas mais clássicas:

“Eu só amei ter esses dois homens se comportando de uma forma que você não necessariamente espera deles… E é claro que ter Han de volta e fazer o ‘Eu sei’ com seu filho… aquilo foi extremamente tocante.”

O retorno de Han Solo levantou muitas questões – afinal de contas, ele seria um fantasma da Força ou apenas uma ilusão de Kylo Ren, extraído de suas memórias? Essas perguntas provavelmente nunca serão respondidas, já que a Saga Skywalker parece ter chegado ao fim, mas os fãs ainda são livres para especular.

Veja mais notícias de Star Wars:

Roteirista explica porque Kylo Ren voltou a usar seu capacete em Star Wars: A Ascensão Skywalker

J.J. Abrams fala sobre problemas na produção de Star Wars: A Ascensão Skywalker

Diretor de Star Wars: A Ascensão Skywalker fala sobre a família de Rey

Na galeria abaixo, fique com imagens do filme:

Star Wars: A Ascensão Skywalker está em cartaz nos cinemas.

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux