Diretor de Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis indica mudança no Mandarim

Capa da Publicação

Diretor de Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis indica mudança no Mandarim

Por Guilherme Souza

Em Homem de Fero 3, os fãs acreditaram que o Mandariam seria o grande vilão do longa, tendo como intérprete o imponente Ben Kingsley, mas tiveram uma decepcionante surpresa ao descobrirem que ele não era o Mandarim de fato.

Anos mais tarde, a Marvel decidiu revisitar o personagem, desta vez, no primeiro filme solo do Shang-Chi, o guerreiro chinês que desvendará o mistério dos Dez Anéis. Em uma recente participação no podcast They Call Us Bruce, o diretor Destin Daniel Cretton falou um pouco do que devemos esperar do Mandarim no longa e como veremos algumas mudanças em sua personalidade.

“Seguindo essa linha, o aspecto emocional e as ideias de camaradagem, família e conexão são algo que definitivamente farão parte desse filme.”

Ao que parece, a declaração do cineasta se conecta com o rumor de que o Mandarim será pai de Shang-Chi. Nos quadrinhos, o pai do herói é o personagem Fu Manchu, mas além do fato de que a Marvel não possui os direitos cinematográficos do personagem, também existe o fato de que o Fu Manchu é uma representação estereotipada da cultura chinesa, sendo assim, a mudança faz total sentido.

Kevin Feige odeia testar filmes da Marvel 

Marvel quer que 98% do elenco de Shang-Chi seja asiático

Chamada de elenco de Shang-Chi pode ter confirmado rumores antigos

Fique com imagens de Viúva Negra, próximo lançamento da Marvel nos cinemas:

Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis chega aos cinemas em fevereiro de 2021.

Imagem de perfil
sobre o autor Guilherme Souza

Outra grande manchete: 'Água, molhada!'