Capa da Publicação

Diretor de Coringa e Joaquin Phoenix estão dispostos a retornar para uma continuação

Por Gus Fiaux

Um dos maiores sucessos de 2019, Coringa teve uma bilheteria memorável, se tornando o filme de super-heróis mais lucrativo de todos os tempos. O longa nos mostrou a história de Arthur Fleck, um homem problemático que se transforma em um dos maiores criminosos de todos os tempos.

Em uma entrevista ao Deadline, o diretor Todd Phillips falou sobre a possibilidade de retornar para dirigir um segundo filme do Palhaço do Crime. O cineasta disse que nenhuma decisão foi tomada, mas que tanto ele quanto Joaquin Phoenix estão abertos à ideia de participar de uma sequência:

“Quando um filme custa US$ 60 milhões para ser feito e lucra US$ 1 bilhão, é claro que a ideia surge. Mas Joaquin e eu ainda não nos decidimos. Nós estamos dispostos. Digo, eu adoraria trabalhar com ele em qualquer coisa. Então quem sabe? Mas teria que haver uma ressonância temática real, da forma que o primeiro teve, sendo sobre traumas de infância e a falta de amor e a perda da empatia. Todas essas coisas foram o que fizeram esse filme funcionar para nós, então teríamos que ter algo que tivesse uma ressonância temática equivalente.”

Ou seja, por ora, nada está definido a respeito de uma continuação para Coringa. Ainda assim, é bem provável que o estúdio já esteja discutindo a possibilidade, dado o sucesso do primeiro filme. Com sorte, um anúncio oficial não deve demorar, especialmente após a campanha do filme no Oscar. 

Veja mais notícias de Coringa:

Roteiro de Coringa explica o destino final de personagem importante

Todd Phillips afirma que Coringa é “filme anti-quadrinhos”

Diretor de Coringa achou que a Warner iria cancelar o filme

Confira imagens dos bastidores abaixo:

Coringa chega às lojas em DVD Blu-Ray ainda neste mês.

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux