Capa da Publicação

DC apresenta nova versão ainda mais poderosa dos Lanternas Verdes

·
Por Matheus Takahashi

Atenção: Alerta de Spoilers!

Nas HQs mais recentes de Justice League Odyssey (Liga da Justiça: Odisseia, em livre tradução), a Liga sofreu uma grave perda, ao ver o vilão Darkseid matar a Lanterna Verde Jessica Cruz. Porém, o Lorde de Apokolips acabou sendo surpreendido, pois ele, acidentalmente, acabou transformando a heroína na Lanterna Ômega, a mais poderosa patrulheira espacial.

Saiba mais sobre as HQs da DC:

Nova HQ da Liga da Justiça apresenta a arma mais poderosa de Darkseid

Punchline tem ciúmes mortais da Arlequina em nova HQ, confira

HQ da DC revela que poderes do Flash possuem efeito colateral sombrio

O evento ocorreu em Justice League Odyssey #20 (via CBR), na qual Jessica Cruz utilizou seus poderes regenerativos para driblar a morte, vinda dos Raios Ômega de Darkseid. Porém, no seu regresso, a heroína deixou de utilizar os poderes de seu anel verde, e agora utiliza os poderes dos Raios Ômega, a tornando ainda mais perigosa.

Tudo começou quando uma ruptura no Código da Fonte passou a liberar planetas aprisionados em uma região especial conhecida como o Setor Fantasma. Sendo chamados por um ser desconhecido para investigar a região, Estelar, Ciborgue e Azrael vão até esse setor, apenas para encontrar Jessica, que, como sentinela do Setor Fantasma, tenta prender os heróis por querer invadir o setor.

Porém, os heróis descobrem que foi Darkseid quem os convocou para lá, jurando que queria construir uma arca para preservar a vida contras as forças destrutivas causadas pelo rasgo. Mas isso era apenas uma desculpa para o vilão construir sua própria dimensão, para se salvar da destruição e recuperar seus poderes após os eventos de Darkseid War. Assim, o Novo Deus acaba tomando o controle mental dos heróis para lhe defenderem da Lanterna Verde, que, furiosa, ataca Darkseid.

Na luta, Jessica consegue enfrentar o vilão de igual para igual, mesmo com apenas 2% de energia disponível em seu anel. Ao final do confronto, Darkseid oferece misericórdia e uma posição como a Deusa da Força de Vontade à heroína, que recusa. Após essa decisão, o vilão quebra o braço da Lanterna Verde, e mata a heroína com seus Raios Ômega.

Porém, as coisas não funcionaram bem para Darkseid. Ao tentar bloquear os Raios Ômega, Jessica tenta se proteger com o anel, que acaba absorvendo parte do Poder Ômega para si. Desta forma, a mesma energia usada para destruir a heroína acabou reconstruindo seu corpo das cinzas. E, assim, nasceu a primeira Lanterna Ômega.

Até aqui, a heroína descobriu que não precisa recarregar mais o seu anel, uma vez que ela própria se tornou uma “bateria viva” para o Poder Ômega. Durante o embate com Darkseid, ela também descobriu que pode atirar os Raios Ômega, tal como o vilão. A personagem é a segunda a resistir aos poderes e à influência do Lorde de Apokolips, sendo Azrael o primeiro, que se tornou um Novo Deus.

Apenas o tempo dirá se Jessica Cruz continuará sendo uma Lanterna Ômega ou se ela retornará ao lado verde do Espectro Emocional, ou o quão poderosa ela poderá ser. Tudo o que sabemos é que o último confronto da Liga da Justiça contra Darkseid no atual arco está cada vez mais próximo, e só no futuro saberemos se a heroína manterá seu atual status.

Aproveite e veja também:

Imagem de perfil
sobre o autor Matheus Takahashi

Geógrafo. Amante da cultura geek/nerd, mas ama mesmo super-heróis, jogos de luta e futebol. Conversa fácil sobre (quase) qualquer coisa

IG: t1takahashi TT: takamatheus