Criador de The Mandalorian fala sobre versão assustadora do Bebê Yoda

Capa da Publicação

Criador de The Mandalorian fala sobre versão assustadora do Bebê Yoda

Por Leo Gravena

Na minissérie Disney Gallery: The Mandalorian, do Disney+, várias artes conceituais e comentários dos diretores e produtores de The Mandalorian são mostrados. A mais recente edição do programa foi focada em falar sobre a criação do Bebê Yoda e, ao revelar as artes conceituais iniciais, descobrimos que o personagem quase teve um visual bem diferente do que vimos na tela.

Ao falar sobre como efeitos práticos foram usados para criar o personagem na série, o produtor executivo, Jon Favreau (via The Direct), compartilhou as artes conceituais da criação da “Criança”, como ele é chamado na série. Das três novas artes mostradas, duas até que mostram um visual “bonitinho” para o personagem, contudo, uma iria fazer com que toda criança tivesse pesadelos.

 Veja também:

Nova arte de The Mandalorian destaca personagem querido dos fãs

The Mandalorian escala ator que que viverá Boba Fett

Segunda temporada de The Mandalorian terá Bo-Katan Kryze

No programa, Favreau explicou que todas essas versões serviram para chegar no visual final do Bebê Yoda. “Tudo era sobre os olhos, olhando para você e as orelhas se mexendo, era algo que queria tentar”, disse o showrunner. Ele também falou sobre as artes, dizendo que, dos desenhos que receberam, “Alguns eram fofos, outras eram feios, alguns estavam na proporção errada. Mas todos eles eram informativos”. 

A arte final, que foi o visual escolhido, foi criada pelo artista conceitual Chris Alzmann. “[Ele] fez uma arte que tinha ele enrolado em um pedaço de pano de uma jaqueta”.

Confira as artes visuais abaixo, as três primeiras são as artes visuais descartadas, enquanto a última é a arte de Alzmann, que foi escolhida para ser o visual oficial do Bebê Yoda.

Imagem de perfil
sobre o autor Leo Gravena

Editor | @LeoGravena
Escrevo sobre cultura geek na internet desde 2012
"Don't look back -- the past is exactly where it belongs."