Capa da Publicação

Atores falam sobre possível crossover entre Star Trek e Star Wars

Por Raphael Martins

Apesar de terem premissas completamente diferentes, Star Wars e Star Trek são comparados um com o outro há décadas, gerando até uma certa rivalidade, hoje saudável, entre os fãs de ambas as franquias. Os personagens nunca se encontraram em nenhuma mídia, mas um crossover entre eles sempre sempre foi algo imaginado pelo público geek.

Veja também:

Star Wars: Daisy Ridley fala sobre voltar a interpretar Rey no futuro

Star Trek: Estúdio confirma que novos filmes estão em desenvolvimento

Star Wars: Presidente da Lucasfilm fala sobre futuro da franquia

O mais próximo que tivemos disso foi um comercial feito para o Uber Eats, onde Mark Hamill, que viveu Luke Skywalker, e Patrick Stewart, que interpretou o capitão Jean-Luc Picard, tem uma discussão acalorada sobre o que vão pedir para o jantar. Mas em uma entrevista recente, os dois falaram sobre a possibilidade de um crossover entre suas respectivas franquias.

Ao Men’s Journal, Patrick Stewart confessou que tanto ele quanto seus colegas de Star Trek sempre imaginaram o encontro:

“Eu vou admitir que, pelo menos nós em Star Trek, sempre fantasiamos sobre um filme passado num universo combinado entre Star Wars e Star Trek. Houveram muitas ideias sobre como colocar esses dois universos tão icônicos juntos e ter todos esses personagens entrando em contato uns com os outros. Eu pessoalmente me divertiria muito com isso. Acho que Picard iria querer Luke Skywalker em sua tripulação, mas com certeza ficaria de olho nele, porque ele tem alguns traços de personalidade com os quais Picard gostaria de prestar atenção.”

Mark Hamill disse que Luke veria o time da Enterprise com muito respeito e admiração:

“Eu acho que Luke teria muito respeito por Picard e pela Frota Estelar como um todo. A Aliança Rebelde da qual ele fazia parte era muito menos organizada, e ficaria envergonhada pelo que ele veria na Enterprise. Também acredito que Luke é um aluno por toda a vida, apesar do fato de ele se tornar um mestre Jedi, e acho que ele teria muito o que aprender com Picard.”

Hamill também falou sobre as diferenças entre as duas franquias:

“Eu diria que a diferença entre Star Wars e Star Trek, para mim, é que Trek é a ficção científica clássica, com humanos indo para o espaço e encontrando alienígenas. Star Wars é ambientado propositalmente em uma galáxia muito, muito distante porque é uma fantasia, não ficção científica. Lembro que um bom amigo que eu tinha nos anos 80 estava empolgado sobre conseguir um papel em Star Trek. Eu disse a ele que estava chocado que eles iriam fazer outro, mas ele me disse que isso seria uma coisa completamente nova. Na época, eu desejei boa sorte, porque a série já era icônica e fazê-la sem Kirk e Spock parecia loucura. Esse amigo era Brent Spinner, que não só conseguiu o papel como teve uma carreira maravilhosa interpretando Data, mas também provou que eu estava errado no que diz respeito a pegar uma série e torná-la sua.”

E aí, um crossover entre as duas franquias seria uma boa ideia? Não deixem de comentar!

Confira também nossa lista aqui embaixo:

Imagem de perfil
sobre o autor Raphael Martins

Redator, apresentador e roteirista. Gosto de longas caminhadas na praia, Star Wars, tokusatsu, anime e filé com batata frita. Deixo as pessoas constrangidas. Você pode trocar uma ideia comigo no Twitter: @aqueleraphael