Capa da Publicação

Diretor da Netflix opina sobre o sucesso do Disney+!

Por Evandro Lira

Nesta semana, o Disney+ teve sua tão aguardada estreia no mercado internacional, e imediatamente conquistou números impressionantes. Isso então faz do serviço de streaming o principal concorrente da gigante Netflix, que está no mercado de streaming há anos. Porém, a atual líder do setor não parece muito preocupado com a nova concorrência, e acredita até que os principais produtos do Disney+ podem vir a prejudicar o streaming da Disney no futuro.

Em um evento na terça (12), o diretor criativo da Netflix, Ted Sarandos, foi levado a falar sobre o boom de assinantes do Disney+. O empresário se demonstrou muito tranquilo ao tocar no assunto.

“Temos competido com a Disney e com todas essas outras pessoas que estão participando disso desde o início”, disse Sarandos. “Para nós, nada realmente muda. Sempre fomos os primeiros para os cliente e não nos distraímos com a concorrência. Nós sabíamos que em algum momento todos entrariam nesse negócio.”

Sarandos elogiou a Disney, a chamando de “grandes contadores de histórias e uma empresa de enorme sucesso”, mas também se demonstrou surpreso com o fato de empresas como a Disney, WarnerMedia e NBC estarem entrando no ramo do streaming só agora.

“Estou francamente surpreso que a Disney e outras pessoas tenham demorado tanto para seguir esse caminho. É uma mudança difícil “, continuou ele. “Essas empresas que foram criadas para produzir e vender conteúdo para outras pessoas podem realmente ganhar mais dinheiro ou se sair melhor nos negócios quando elas vendem direto para o consumidor? É uma aposta difícil, é um verdadeiro risco.”

A Disney tem muitas marcas poderosas dentro do seu escopo, com franquias como Star Wars, Marvel e Pixar. Essas propriedades é claro são o grande foco do Disney+. Mas para Sarandos isso não é necessariamente algo bom.

“Não sei se é um luxo ou uma armadilha, mas eles têm propriedades intelectuais. Eles estabeleceram todas elas, mas meio que se mantêm apenas dentro desses mundos”, disse ele.

E aí, você acha que o Disney+ pode ser prejudicado no futuro pelos próprios conteúdos? Ou só vai realmente prejudicar a Netflix? Deixe seu comentário!

Na galeria abaixo, fique com imagens de The Mandalorian, um dos lançamentos originais do Disney+:

O Disney+ está previsto para chegar ao Brasil em novembro de 2020.

Fonte: CB

Imagem de perfil
sobre o autor Evandro Lira

Editor, bacharel em Cinema e Audiovisual, bruxo nascido trouxa, filho dos filhos do átomo, mestre dos quatro elementos, fã de mais coisas do que deveria, frequentemente falando sozinho no Twitter. Segue: @evandroslira