Capa da Publicação

Benedict Cumberbatch, o Doutor Estranho, fala sobre as críticas recentes aos filmes da Marvel!

Por Raphael Martins

A polêmica do momento gira em torno da própria existência dos filmes da Marvel. Eles são uma forma de arte ou são apenas entretenimento puro e simples, construídos cuidadosamente por algoritmos para arrecadarem o máximo de dinheiro possível?

Martin Scorsese levantou essa bola, tocou para Francis Ford Coppola, Ken Loach matou no peito e até Pedro Almodóvar entrou no jogo. Do outro lado do campo, astros e estrelas do Marvel Studios, como Jon Favreau, Karen Gillan e Robert Downey Jr.

Mas a partida ainda está longe de acabar. Em uma declaração recente feita a um programa de rádio, Benedict Cumberbatch, que vive o Doutor Estranho, deu sua opinião sobre o assunto. Primeiramente, ele demonstrou gratidão e sabe que tem sorte de estar onde está:

“Eu sei que ultimamente tem havido muito debate com cineastas muito bons dizendo que essas franquias estão assumindo tudo, mas temos sorte como atores por conseguirmos fazer estes dois tipos de variedade, seja qual for a polaridade do orçamento.”

Continuando seu raciocínio, ele revelou que até apoia a opinião de Scorsese até certo ponto:

“Eu concordo. Nós não queremos um rei governando tudo e tendo um tipo de monopólio. Com sorte, este não é o caso, e nós deveríamos realmente procurar apoiar nossos cineastas, de todos os níveis.”

Por fim, Cumberbatch demonstra apoio aos filmes da Marvel, clarificando sua posição:

“É uma forma de arte. Embora seja esnobada por alguns, eu acho que ela ainda requer muito trabalho duro e de alto nível, e a popularidade [dos filmes] fala por isso assim como por todo o resto.”

Fique com cartazes de Vingadores: Ultimato na nossa galeria:

Fonte: ComicBook

Imagem de perfil
sobre o autor Raphael Martins

Redator, apresentador e roteirista. Gosto de longas caminhadas na praia, Star Wars, tokusatsu, anime e filé com batata frita. Deixo as pessoas constrangidas. Você pode trocar uma ideia comigo no Twitter: @aqueleraphael