Os 10 melhores professores da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts

Capa da Publicação

Os 10 melhores professores da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts

Por Gus Fiaux

Quando criou seu Mundo Bruxo com a saga Harry PotterJ.K. Rowling fez algo incrível ao conceber uma escola interna que ensinava bruxaria para seus alunos, jovens magos e feiticeiras. Com isso, ela não teve medo de criar professores e figuras de autoridade nesse mundo fantástico, que durou inicialmente sete livros, mas já está sendo expandido nos cinemas e no teatro.

Pensando em todas as figuras que já lecionaram em Hogwarts, criamos uma lista enumerando os dez melhores professores da escola, contando com os personagens que passaram pela saga de Harry, Rony Hermione.

Imagens: Divulgação
Imagem de capa do item

"Alastor 'Olho-Tonto' Moody"

Vamos começar a lista com um caso curioso. Para início de conversa, não era o verdadeiro Alastor Moody que dava aulas de Defesa Contra as Artes das Trevas durante o quarto ano letivo de Harry Potter em Hogwarts, mas sim um Comensal da Morte disfarçado. E mesmo assim, ele tinha métodos nada convencionais de aula, usando Maldições Imperdoáveis em seus próprios alunos.

Contudo, o falso Olho-Tonto foi um dos professores - por assim dizer - mais empolgantes que Harry e seus amigos já tiveram. Com todo seu conhecimento sobre bruxos das trevas e feitiços sombrios, ele foi um professor que soube trazer dinâmica e interesse às suas aulas, ainda que seus propósitos ocultos fossem no mínimo macabros.

Imagem de capa do item

Rúbeo Hagrid

É fácil notar que Rúbeo Hagrid, o Guardião das Chaves e Terras de Hogwarts, sempre teve um interesse grande por animais fantásticos e perigosos. Aliás, foi isso que o fez ser expulso da escola, em primeiro lugar. Por isso, não é surpresa que no terceiro ano letivo de Harry, ele passou a ocupar o cargo de professor de Trato das Criaturas Mágicas.

As aulas de Hagrid, quando empolgado, eram muito interessantes. Embora não tivesse noção de perigo, ele foi o responsável por ensinar sobre Hipogrifos, Pelúcios, Unicórnios e até mesmo os assustadores Explosivins. O grande problema foi a perseguição de outros alunos como Draco Malfoy, que fez com que ele desanimasse e desse aulas mais irregulares.

Imagem de capa do item

Horácio Slughorn

Slughorn estava longe de ser um homem perfeito. Por trás de toda a fama boêmia e requintada, jazia um homem com traços elitistas e conservadores. Ainda assim, ignorando esse lado negativo, ele foi um professor bem decente, trazendo luz novamente às aulas de Poções.

Horácio nunca teve problemas em deixar seus alunos participarem e serem ativos, sem oprimi-los ou criticar seus erros. Além de tudo, ele sabia valorizar talentos quando os encontrava, criando iniciativas como o Clube do Slugue, que tentava elevar os alunos mais focados - ou, em grande parte dos casos, mais famosos.

Imagem de capa do item

Pomona Sprout

Embora seja pouquíssimo explorada nos livros e nos filmes, Pomona Sprout, a professora de Herbologia, era um grande amor de pessoa. Além de ser chefe da Lufa-Lufa, suas aulas nas estufas eram marcantes pela presença de plantas e ervas mágicas usadas no preparo de poções e usos medicinais.

Sprout sempre valorizou os alunos mais esforçados, e foi uma das únicas professoras a ver potencial em Neville Longbottom, o desajustado aluno da Grifinória. Além disso, seu papel foi crucial na recuperação dos alunos petrificados durante os ataques envolvendo a Câmara Secreta e durante a grande Batalha de Hogwarts.

Imagem de capa do item

Rolanda Hooch

Lecionando principalmente os jovens estudantes em seu primeiro ano letivo, Madame Hooch foi responsável por fazer Harry criar gosto pelo Quadribol, o mais famoso esporte bruxo da Europa. Suas aulas de voo consistiam em um preparo e seleção para os times de cada casa e ela sempre foi uma juíza justa nas partidas escolares.

Hooch, apesar de seus olhos de águia e sua postura rígida nos campos, é uma personagem leve e bem-humorada, ao mesmo tempo que se preocupa com o bem-estar e a saúde de seus alunos. É a professora de educação física que todos nós quisemos ter.

Imagem de capa do item

Filio Flitwick

Apesar de sua baixa estatura, sua postura desengonçada e seu visual caricato, não se engane: Filio Flitwick é, sem dúvidas, um dos dez melhores professores da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, lecionando a classe de Feitiços, que é fundamental para todos que aprendem magia.

Suas aulas eram extremamente participativas e articuladas, de modo que todos os alunos poderiam mostrar seu potencial. Ele recompensava os acertos, sem poupar pontos para as quatro casas e também foi uma peça fundamental na vitória de Hogwarts durante a Segunda Guerra Bruxa.

Imagem de capa do item

Neville Longbottom

Apaixonado por Herbologia, Neville Longbottom se provou além de todas as expectativas colocadas sobre ele e se tornou um dos professores mais queridos de Hogwarts, lecionando para os filhos de seus amigos e colegas de classe.

Com profundo conhecimento por plantas, adquirido durante as aulas da Professora Sprout, Longbottom conseguiu honrar seus pais e sua avó, e tornou-se um membro valoroso do corpo docente da escola.

Imagem de capa do item

Alvo Dumbledore

O mais sábio e inteligente de todos os personagens de Harry Potter, Alvo Dumbledor pode ter sido marcado como diretor da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, mas ele também já havia, há muito tempo, ocupado o cargo de professor de Transfiguração.

E embora não tenhamos nenhuma informação a respeito de suas aulas naquela época, é de se esperar que Alvo não era menos que um excelente professor, se considerarmos todo o seu cuidado e paixão pelos alunos. Mesmo como Diretor, ele nunca deixou para trás suas raízes e chegou a dar aulas particulares para Harry, que o ajudaram a derrotar Voldemort.

Imagem de capa do item

Remo Lupin

Ao longo de sete livros de Harry Potter, tivemos sete diferentes professores para as aulas de Defesa Contra as Artes das Trevas, mas nenhum chegou a ganhar tanta admiração e carinho dos estudantes como Remo Lupin. Para começo de conversa, ele foi um dos professores mais interativos e lúdicos, criando aulas que realmente passavam seus ensinamentos para seus aprendizes.

Por outro lado, ele também foi extremamente compreensivo e dedicado, tendo ensinado Harry a enfrentar seus medos mais profundos ao lhe dar aulas sobre como derrotar Dementadores com o Feitiço do Patrono. Uma pena que tenha deixado o cargo tão cedo.

Imagem de capa do item

Minerva McGonagall

Por fim, vale relembrar a professora que realmente marcou a passagem de todos os seus alunos na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. Responsável pelas aulas de Transfiguração, Minerva McGonagall tinha um ar rígido e obstinado e nunca exigiu de seus alunos menos do que eles poderiam fazer.

Além de ter uma história muito tocante - que não está presente nos livros, mas em seu perfil no Pottermore -, McGonagall foi uma professora dedicada às necessidades de seus alunos e foi a maior força docente contra os Comensais da Morte e Voldemort. Minerva peitou inimigos quando necessário e mostrou aos seus alunos os caminhos da inteligência, coragem, bravura e força.

Imagem de perfil
Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Demon to some... angel to others (ele/dele) || @gus_fiaux