Viúva Negra: Pirataria excessiva do filme trouxe prejuízo milionário à Disney

Capa da Publicação

Viúva Negra: Pirataria excessiva do filme trouxe prejuízo milionário à Disney

Por Gabriel Mattos

Apesar de ter sido muito bem recebido pelo público, Viúva Negra ficou mais conhecido pelos motivos errados. O filme acabou sendo envolvido em uma ação judicial polêmica entre Scarlett Johansson e a Disney, resolvida de forma amistosa. A atriz foi ressarcida pelo prejuízo financeiro trazido pelo lançamento híbrido do longa, mas segundo novas análises, o prejuízo total ocasionado pela pirataria pode ter sido ainda maior (via CB).

De acordo com um relatório publicado pelo Deadline, Viúva Negra foi pirateado por mais de 20 milhões de espectadores até agosto de 2020, o que fez com que a Disney deixasse de arrecadar cerca de 600 milhões de dólares em assinaturas do Premier Access, ingresso virtual que permitia assistir ao filme diretamente no Disney+ com uma taxa adicional.

“Aumentando ainda mais a erosão da bilheteria de qualquer lançamento simultâneo nos streamings está o fato destes filmes serem prontamente pirateados, com cópias limpas em 4K em diferentes idiomas ao redor do mundo,” esclarece o portal.

Bilheteria modesta de Viúva Negra foi drasticamente afetada por pirataria

Mesmo impactando brutalmente a arrecadação do filme, a pirataria não parece ter sido um grande motivador para a ação judicial movida pela atriz: o problema começou após uma alteração na forma de lançamento do longa protagonizado e co-produzido por Scarlett.

Enquanto o combinado era de um lançamento exclusivo nos cinemas, circunstâncias trazidas pela inesperada pandemia de covid-19 levaram a Disney a optar por uma distribuição híbrida simultânea entre os cinemas e seu serviço de streaming, pelo Premier Access. De acordo com a atriz, o lançamento em formato digital diminuiria a bilheteria bruta do filme, reduzindo também sua porcentagem de lucro com a exibição.

Os próprios números de bilheteria já pareciam corroborar a história, atingindo a tímida marca de US$ 379,6 milhões. O novo relatório só reforça a lista de motivos para a indústria cinematográfica combater o lançamentos de produções de altíssimo lançamento simultaneamente no streaming.

O que você acha de toda a situação? Não deixe de comentar!

Fique com:

Imagem de perfil
sobre o autor Gabriel Mattos

Editor, repórter correspondente de Wakanda, caçando Pokémon por onde eu vou! Sempre nas lives da Legião! • @gabeverse