Capa da Publicação

Darth Vader: Tudo sobre o grande vilão de Star Wars

Por Jaqueline Sousa

Respiração marcante, uma armadura preta, um sabre de luz vermelho e a Marcha Imperial ao fundo. Esses são apenas alguns detalhes que imortalizaram Darth Vader como um dos vilões mais icônicos da história da cultura pop e do universo de Star Wars. Para o entusiasmo dos fãs, o personagem está prestes a fazer um retorno na aguardada série Obi-Wan Kenobi, do Disney+, na pele de Hayden Christensen, seu intérprete na trilogia prequel

Muita gente conhece a figura imponente e ameaçadora de Vader, mas, antes de ser seduzido pelo lado sombrio da Força, o antagonista era um Cavaleiro Jedi da República Galáctica, conhecido como Anakin Skywalker. O que aconteceu então ao longo do caminho? Foi pensando nisso que reunimos aqui tudo sobre o grande vilão de Star Wars

Era uma vez Anakin Skywalker

Durante a infância, Anakin Skywalker vivia como um escravo, juntamente com sua mãe, em Tatooine.

A história de Anakin Skywalker começa em Tatooine, lugar onde vivia com sua mãe, Shmi Skywalker. Ambos eram escravos no planeta desértico sob os comandos de um comerciante chamado Watto. E mesmo diante de toda a pobreza e as péssimas condições de vida, o garoto sempre demonstrou possuir algumas habilidades bastante interessantes.

Até que tudo mudou com a chegada de Qui-Gon Jinn, Jar Jar Binks e Padmé Amidala, que estavam à procura de peças para consertar uma nave. Foi assim que, usando sua inteligência e sensibilidade à Força, Anakin conseguiu se libertar da escravidão após competir em uma corrida de Boonta Eve, o maior torneio de Pods de Tatooine.

Qui-Gon Jinn reconheceu a grande capacidade do menino, informando-o que ele poderia, assim, iniciar seu treinamento para se tornar um Jedi. Mas, para isso, ele teve que dizer adeus à mãe, que permaneceu no planeta como uma escrava. 

O treinamento com Obi-Wan Kenobi

O treinamento Jedi de Anakin foi guiado por Obi-Wan Kenobi.

Com a morte de Qui-Gon Jinn pelas mãos do Lord Sith Darth Maul, o grande encarregado de comandar o treinamento de Anakin foi Obi-Wan Kenobi. Até a sua juventude, o Padawan foi guiado para se transformar em um Cavaleiro Jedi, e quanto mais o tempo passava, mais ele desenvolvia suas habilidades até se tornar alguém arrogante e perspicaz.

Durante o período, Kenobi era muito mais do que apenas um mestre para Skywalker, que o idolatrava e o considerava como um grande amigo. Ainda assim, o lado obscuro de Anakin, que era impulsionado pelo ressentimento de seu passado, continuava a ganhar força, despertando desconfiança em outros Jedis.

A relação com Padmé Amidala

Indo contra o código Jedi, Anakin e Padmé mantiveram um relacionamento amoroso secretamente.

Apesar de ter conhecido Padmé ainda na infância, foi só alguns anos após o início de seu treinamento como Jedi (10 anos depois da Batalha de Naboo, especificamente) que Anakin de fato desenvolveu uma relação com ela. A oportunidade surgiu quando ele e Obi-Wan Kenobi foram designados para proteger a senadora depois de uma tentativa de assassinato. 

O reencontro só confirmou a paixão que Skywalker sentia por Padmé, e logo um relacionamento amoroso entre os dois se iniciou. Mesmo que a união fosse proibida pelo código Jedi, o casal se casou de maneira secreta, e Padmé acabou ficando grávida posteriormente. 

Enquanto isso, a insatisfação de Anakin a respeito da sua posição como Jedi só aumentava, especialmente após a morte da mãe. Ele sempre se questionava acerca de seus próprios objetivos e, à medida que seus poderes aumentavam, sua arrogância também crescia.

Então, Skywalker começou a ter visões de que Padmé morreria durante o parto. Determinado a evitar a tragédia, ele partiu em busca de qualquer solução para impedir que seus piores pesadelos se tornassem realidade. Foi assim que o Supremo Chanceler Palpatine, que já tinha estabelecido uma certa relação com o jovem Anakin, contou para ele que assumir o lado sombrio da Força era uma forma de evitar a morte. 

O nascimento de Darth Vader

Com medo de perder Padmé, Anakin passa para o lado sombrio da Força, tornando-se uma marionete nas mãos de Palpatine.

Após a revelação de que Palpatine era, na verdade, o Lord Sith Darth Sidious, Anakin começou seu treinamento para também se tornar um Sith e, dessa forma, mudar o que ele acreditava ser o destino de Padmé. Este foi o ponto de partida para o surgimento de seu alter ego Darth Vader, embora, durante esse início, ele fosse apenas uma marionete comandada por Palpatine. 

Claro que, com a mudança drástica em seu comportamento, Padmé começou a notar que havia algo de errado com Skywalker. Assim, com a ajuda de Obi-Wan Kenobi, eles partiram para o planeta Mustafar, onde Anakin tinha sido enviado para matar o Conselho Separatista. Chegando lá, Amidala confrontou o amado acerca das atrocidades que ele vinha cometendo, algo que acabou resultando no embate icônico entre Kenobi e Anakin, que foi queimado e deixado à beira da morte no local. 

Sua sobrevivência foi possível graças a Palpatine, que o resgatou do rio de lava e o levou para Coruscant, onde uma armadura preta foi criada com a intenção de mantê-lo vivo. Enquanto Darth Vader assumia o lugar de Anakin Skywalker, Padmé acabou perdendo toda a sua vontade de viver e realmente morreu após o nascimento de Luke e Leia. 

Ascenção e redenção

Darth Vader conseguiu sua redenção no final da vida, após Luke demonstrar compaixão pelo pai.

Darth Vader foi um dos grandes responsáveis por instalar o medo na galáxia, enquanto servia como braço direito do Imperador Palpatine. Amargurado por causa dos fantasmas de seu passado, a sede de vingança fez com que ele se aproximasse do lado sombrio da Força com facilidade, influenciando-o a cometer atos terríveis, como a execução da Ordem 66, que exterminou a grande maioria dos Jedis. Além disso, ele também combateu fortemente a Aliança Rebelde, que era vista como uma ameaça para seu governo.

Suas ações o levaram até mesmo a perseguir o próprio filho, Luke Skywalker, depois da destruição da Estrela da Morte. Eventualmente, a compaixão de Luke forneceu a Vader a redenção que ele tanto necessitava, despertando o Anakin Skywalker que ainda existia em seu íntimo. 

E aí, você conhecia esses detalhes sobre a vida de Darth Vader? Não deixe de comentar!

Aproveite também:

Imagem de perfil
sobre o autor Jaqueline Sousa

Jornalista. Apaixonada por cinema, música e literatura. | @jqlnsss