Capa da Publicação

Jujutsu Kaisen: Como um dos 3 maiores clãs da obra é exterminado?

Por Flávia Pedro

Atenção: Alerta de Spoilers!

O universo de Jujutsu Kaisen é composto por maldições, energia amaldiçoada e Feiticeiros Jujutsu. Dentre esses feiticeiros, existem 3 clãs que se destacam nesse mundo de magia: o Clã Kamo, o Clã Zenin e o Clã Gojo. Cada um deles contém suas características e peculiaridade, mas recentemente um deles foi dizimado por um de seus membros. Entenda tudo o que aconteceu até que o Clã Zenin fosse completamente dizimado!

O Clã Zenin

Alguns membros do Clã Zenin

Os 3 Clãs principais do mundo Jujutsu não são apenas os “mais antigos”, mas são compostos por feiticeiros de destaque com grandes quantidades de energia e técnica amaldiçoada. Cada um deles valoriza coisas diferentes, como os Kamo que se importam com laços sanguíneos enquanto os Zenin ligam apenas para Técnicas Amaldiçoadas, podendo rejeitar seus próprios membros por falta dela.

E é nesse contexto que “o início do fim” do Clã Zenin acontece. Como um grupo familiar muito tradicionalista, muitas ideologias adotadas por eles são ultrapassadas. Além de um clã que foca apenas em poder para criar laços, eles são extremamente machistas e sexistas, utilizando frases como “Qualquer mulher que não ande 3 passos atrás de um homem, deve ser esfaqueada e morta!” e “Você não é um Feiticeiro Jujutsu se você não for um Zenin. Você não é um humano se você não for um Feiticeiro Jujutsu!”.

Maki Zenin

Maki Zenin nasce dentro deste contexto familiar, sendo uma mulher que não possui energia amaldiçoada o suficiente para ver maldições. Ou seja: ela é tudo o que seu clã despreza. Além disso, Maki é irmã gêmea de Mai Zenin e é revelado que irmãos gêmeos monozigóticos são um mau preságio no mundo jujutsu, pois são vistos como um único ser.

Maki e Mai Zenin, as irmãs gêmeas

A garota cresce sendo desprezada e humilhada por toda a sua família, criada para ser nada além de uma serviçal para os Feiticeiros mais fortes. Mas Maki não estava satisfeita com sua realidade e, para viver com o mínimo de respeito, ela abandona sua casa e se emancipa para estudar na Escola Técnica de Jujutsu de Tóquio.

Ela não tem energia amaldiçoada suficiente para manipular ou ver maldições, como a maioria dos feiticeiros jujutsu, então desenvolveu óculos especiais que lhe permitem ver os monstros e para exorcizá-los, Maki utiliza armas amaldiçoadas. Essas armas já são banhadas em energia amaldiçoada, então ela se especializou no manuseio de todas elas.

Maki Zenin com seus óculos para ver maldições e uma de suas armas amaldiçoadas

Apesar de ter habilidades o suficiente para se tornar uma feiticeira de Grau 1 ou 2, Maki permanece com seu título de Grau 4 (o mais baixo) porque sua família se recusa a deixar a garota obter evolução em sua vida escolar. Além do confronto com sua família, Maki ainda tem uma pequena rixa com sua irmã, Mai, que se sentiu traída e abandonada quando Maki decidiu deixar o clã.

Apesar desse atrito entre as duas, é justamente a relação entre elas que se torna o estopim para o extermínio do Clã Zenin.

A política no Clã Zenin

Como consideram mulheres seres inferiores, elas nunca participam de reuniões ou decisões tomadas pelo alto escalão dos Zenin. Mas para além das mulheres, o Clã é estruturado a partir dos mais fortes, então a dinâmica de hierarquia é decidida a partir disso. Naobito Zenin era o líder do clã, inclusive é durante sua liderança que Maki deixa sua casa.

Após o líder morrer, algo diferente acontece. Naobito é pai de Naoya Zenin, o que fez com que Naoya acreditasse que seria nomeado líder assim que seu pai falecesse. Porém, quem é nomeado o novo Chefe do Clã Zenin é Megumi Fushiguro (Filho de Toji Zenin, um antigo membro que tem uma história semelhante a de Maki) e isso deixa Naoya enfurecido, como era de se esperar.

Naobito Zenin, antigo líder do clã

Como é usuário da Técnica Amaldiçoada das 10 Sombras e tendo uma boa relação com o Clã Kamo e o Clã Gojo, Megumi acabou sendo o mais indicado, apesar de muito jovem. Não só o filho de Naobito se enfureceu com a decisão, mas o próprio pai de Maki, que afirma não ser o líder apenas por ter duas filhas mulheres, fracas e inúteis.

Filho esperando a morte do pai para assumir a liderança, filha abandonando sua casa, pai que odeia suas filhas por serem mulheres e mais fracas… Vemos claramente que essa família não é lá muito unida.

O início do fim

Apesar de tudo ter começado antes mesmo de Maki nascer, sua trajetória dentro do Clã influenciou diretamente com o fim que os Zenin encontraram. (A partir de agora teremos spoilers do mangá de Jujutsu Kaisen, continue a leitura por sua conta e risco!).

Tudo acontece após o arco de Shibuya. Com o selamento de Satoru Gojo, o Alto Escalão de Feiticeiros se reuniu e decretou que qualquer um que tentar libertar Gojo é um traidor e receberá um pena mortal por tal traição. Essa foi a desculpa perfeita encontrada por Naoya para dar um fim em dois problemas de uma vez: Megumi e Maki, já que ambos estavam querendo salvar seu sensei.

Mazi lutando contra seu pai no mangá de Jujutsu Kaisen

Ambos os jovens se dividem, com Megumi indo direto para o Jogo do Abate – que está ocorrendo em colônias ao longo do Japão – e Maki foi até a mansão de seu clã para pegar o máximo de armas amaldiçoadas que conseguisse. Infelizmente sua família já havia retirado boa parte das armas da mansão e guardado elas em outro lugar, mas isso é só um detalhe.

Maki chega e logo encontra seu pai ao lado do corpo ensanguentado de sua irmã e ali inicia a luta que mudaria sua vida para sempre. Enfrentando seu próprio pai, a garota acaba derrotada e humilhada, sendo jogada junto com Mai em uma área de punição e treinamento, para que as duas feridas fossem devoradas por inúmeras maldições.

Toji Zenin (ou Toji Fushiguro) e Maki Zenin quando ela foi comparada a ele por seu pai

Nesse momento, Maki e Mai se conectam e nos é explicado a questão dos gêmeos no mundo Jujutsu. Mai se sacrifica para que Maki pudesse receber a Restrição Celestial, levando sua energia amaldiçoada a 0 e a tornando uma feiticeira extremamente poderosa, tendo sua presença comparada por seu pai com a de Toji Fushiguro, o único homem que quase matou Satoru Gojo.

Maki vs Clã Zenin

Com sua irmã morta, é hora da vingança!

Maki sai da sala de treinamento e começa a enfrentar todos os seus parentes, começando por seu pai. Matando com facilidade um por um, incluindo o grupo de guerreiros de elite de sua família, chegou o momento mais marcante desse arco: Maki vs Naoya! Com muito sarcasmo, piadas de péssimo gosto e porrada sincera, a luta acontece e nos deixa apreensivos sobre quem ganharia.

Naoya é dono de uma Técnica Amaldiçoada poderosa que consiste em se movimentar por frames por segundo, o que lhe dá uma velocidade extrema, sendo muito difícil de ser detido. Mas Maki é bem mais inteligente e conhece a má índole de seu primo, imagina que ele atacaria pelas costas e é assim que ela o vence, protegendo suas costas e acertando um poderoso soco bem no seu rosto.

Momento exato em que Maki derrota Naoya Zenin

Mas para a surpresa de muitos, ele não é morto por Maki. Não falamos da mãe da feiticeira, mas assim como seu pai, ela não era amorosa. A mãe de Maki lhe disse palavras duras sobre vergonha e desonra antes de tirar a própria vida com uma faca, mas pouco antes de morrer, ela esfaqueou Naoya e o levou junto para a morte.

Apesar de não ter conseguido todas as armas que imaginou, Maki acabou transformando seu próprio corpo em uma arma capaz de derrotar até mesmo um dos clãs mais poderosos sozinha. Ela abandona a mansão com o corpo de sua irmã sobre os ombros, alguns ferimentos e uma feição que não expressa nenhum tipo de arrependimento pelo que acabou de fazer.

Você conhecia todos os detalhes por trás da morte de todo o Clã Zenin? Está acompanhando o mangá ou prefere esperar pela segunda temporada do anime? Você acha que Maki Zenin fez certo ou errado ao agir dessa forma? Divide sua opinião com a gente nos comentários!

Confira também:

Imagem de perfil
Flávia Pedro

Historiadora formada pela UFF e apaixonada por cultura japonesa, animes, mangás, filmes... Criadora de conteúdo no instagram Anime Dicria, viciada em café e leitora de fanfics ruins nas horas vagas. Instagram: fllavia_pedro