Capa da Publicação

Como o Homem de Ferro descobriu que Peter Parker era o Homem-Aranha no MCU?

Por Junno Sena

Como um dos momentos mais aguardados de todo o Universo Cinematográfico da Marvel, a chegada do Homem-Aranha em Capitão América: Guerra Civil levantou diversas perguntas sobre o futuro do herói. Mas também uma sobre o passado: Como Tony Stark sabia que Peter Parker era o Homem-Aranha?

Ao deixar de lado toda a história de origem de Parker e focar na interação do personagem com outros heróis e suas consequências, o MCU abriu espaço para novos temas. Um deles foi a relação estreita formada entre Tony e Peter, assunto que foi um pilar para os filmes do herói aracnídeo.

Homem-Aranha em Capitão América: Guerra Civil.

Porém, essa relação não começou, necessariamente, durante os eventos de Guerra Civil. Em uma entrevista para o ComicBook em 2017, o roteirista de Capitão América: Guerra Civil, Christopher Markus, disse que Tony Stark sabia que Peter Parker era o Homem-Aranha porque ele tem “mantido os olhos abertos” e que “deve saber tudo sobre todo mundo”.

Markus ainda complementou que Tony possuía uma “inteligência artificial capaz de calcular estatísticas de crimes”. Isso explica como Stark conhecia a existência do Amigo da Vizinhança.

Mas, quando falamos da identidade secreta de Peter, as explicações do roteirista sugerem que o Homem de Ferro apenas fez o seu dever de casa. Traçou dados, “stalkeou” o rapaz e correlacionou os fatos:

“Ele consegue ver o que está acontecendo e onde é necessária a presença de heróis, assim como onde já existem heróis. É exatamente por isso que ele criou o Ultron”, explicou Markus.

Isso, somado ao fato de que o Peter Parker de Tom Holland nunca foi bom em guardar segredo torna toda a situação favorável para que Stark descubra a identidade secreta do rapaz.

Aproveite e continue lendo:

Imagem de perfil
sobre o autor Junno Sena

Pós graduando em Antropologia com o raio problematizador ligado no 120. Assiste filme trash para relaxar e dorme cantarolando a trilha sonora de A Hora do Pesadelo. Blaxploitation na veia e cinema coreano no coração. Atualmente mora em Petrópolis, RJ.