Capa da Publicação

Batwoman: Série é cancelada pela CW após três temporadas

Por Chris Rantin

Apesar dos fãs fiéis que exaltaram Batwoman como uma das melhores séries do Arrowverso, de acordo com o The Hollywood Reporter, a CW decidiu cancelar a série após apenas três temporadas. Esta é a primeira produção do universo compartilhado que é cancelada, sem ter uma temporada para finalizar suas tramas.

Através das suas redes sociais Caroline Dries, a roteirista e showrunner, anunciou o fim do projeto.

“Acabei de receber a triste notícia de que Batwoman não verá uma quarta temporada. Eu estou chateada, mas muito grata. Que honra fazer 51 episódios.” 

Com algumas polêmicas nos bastidores, Batwoman teve uma troca de protagonista após o final da primeira temporada. Na época, Ruby Rose, que interpretava Kate Kane, deixou o projeto e foi substituída por Javicia Leslie, que deu vida à personagem inédita Ryan Wilder.

Junto da troca de protagonistas, a série mergulhou ainda mais fundo nas questões sociais, denunciando principalmente o racismo e a violência policial — continuando a discutir temas como homofobia e LGBTfobia. A mudança foi bem recebida pelos fãs, especialmente por incluir arcos dramáticos sobre representatividade e injustiças do sistema.

Infelizmente, a série não terá a oportunidade de encerrar suas tramas e mostrar uma conclusão satisfatória para os seus principais arcos. Diferente de Arrow e Supergirl que foram finalizadas, Batwoman chega ao fim deixando muitas pontas soltas e arcos em aberto.

Batwing e Batwoman

Vale lembrar que a CW, emissora responsável pelo Arrowverso, está enfrentando uma grave crise e pode ser vendida pela Warner e CBS por ela dar lucro para as empresas. Com isso é provável que outras séries do universo heroico da DC Comics — como Legends of Tomorrow e Naomi — tenham o mesmo fim trágico de Batwoman. Afinal, até o momento, apenas Flash e Superman e Lois Lane foram renovadas.

No Brasil, Batwoman está disponível na HBO Max.

Aproveite também:

Imagem de perfil
sobre o autor Chris Rantin

Jornalista • Editor • Mestrando em Comunicação pela UEL • Instagram e Twitter: @Chris_Rantin • "Eu sou o fogo e a vida encarnados. Agora e para sempre eu sou a Fênix!"