Capa da Publicação

Aquaman 2: Estúdio considerou não trazer Amber Heard de volta para sequência

Por Jaqueline Sousa

A atriz Amber Heard se tornou conhecida entre os fãs da DC por interpretar Mera no filme solo do Aquaman, em 2018. Porém, apesar do sucesso do longa, a Warner Bros, estúdio responsável pela produção, considerou não trazer Heard de volta para a sequência. O motivo? Segundo informações da Puck, a empresa estava preocupada com a química da atriz com o ator Jason Momoa, o intérprete do herói aquático nos cinemas.

A declaração foi feita por Walter Hamada, o presidente da DC Films, e será utilizada no processo de difamação contra Amber, que acontece neste mês, feito por Johnny Depp, o ex-marido da atriz. Mesmo com essa constatação, parece que a Warner voltou atrás, pois Heard eventualmente acabou sendo chamada para viver a personagem novamente e também já gravou suas cenas na sequência. Ainda assim, o relatório divulgado indica que ela não conseguiu negociar um aumento salarial para o novo filme.

Amber Heard quase perdeu o papel de Mera porque a Warner Bros estava preocupada com a falta de química com Jason Momoa.

De acordo com a equipe da atriz, tudo isso é resultado dos escândalos envolvendo seu antigo relacionamento com Depp. Heard aponta que perdeu diversas oportunidades na indústria do entretenimento desde as acusações feitas pelo ex-marido.

Vale lembrar que Amber Heard pediu o divórcio de Johnny Depp, em 2016, e uma medida protetiva, por acusações como violência doméstica a abuso emocional contra o ator. Depp negou todas as alegações e, em 2018, abriu um novo processo contra a ex-esposa por difamação, após a publicação de um artigo de opinião escrito por Amber no The Washington Post, que descrevia sua experiência.

Aquaman e o Reino Perdido tem previsão de lançamento marcada para 17 de março de 2023.

Aproveite também:

Imagem de perfil
sobre o autor Jaqueline Sousa

Jornalista. Apaixonada por cinema, música e literatura. | @jqlnsss