What If…?: HQ imagina como seria se Miles Morales fosse o Capitão América

Capa da Publicação

What If…?: HQ imagina como seria se Miles Morales fosse o Capitão América

Por Junno Sena

Atenção: Alerta de Spoilers!

Não é de hoje que a Marvel brinca com as possibilidades do que seus personagens podem se tornar. Seja com amálgamas ou versões completamente novas, a editora é recheada dessas brincadeiras. Agora, em uma nova edição de What If…?, teremos um Miles Morales como o Capitão América.

A arte faz parte do desenvolvimento inicial de What If… Miles Morales. O quadrinho irá explorar diversas variações do herói aracnídeo. A primeira edição, escrita por Cody Ziglar e com arte de Paco Medina, recebeu uma capa alternativa feita por Iban Coello.

Nela, podemos encontrar Miles utilizando um uniforme similar ao do Homem-Aranha, mas com símbolo e cores remetendo a identidade visual do Capitão América. Ao lado do design com as famosas listras do Capitão e os olhos do Cabeça de Teia, temos alguns sketchs mostrando como Miles usaria o escudo de vibranium no dia a dia.

Capa Alternativa de Iban Coello

Capa variante de Kaare Andrews

Mas essa trata apenas da primeira edição. Em cada uma delas, veremos Miles sob o manto de um herói em particular. Assim como o novo arco da Marvel, Spider-Gwen: Gwenverse, a série promete trazer o personagem em situações inusitadas, como utilizando a alcunha do Wolverine, por exemplo.

Mesmo com lançamento previsto para 2022, o desenvolvimento da série se deu este ano, que marca o 10º Aniversário de Miles Morales. Em entrevista, Ziglar, que esteve trabalhando em Heróis Renascem, falou sobre como está animado para ver Miles carregando o manto de Steve Rogers.

“Eu sou um grande fã do Miles e também do Capitão, então ser convidado para escrever essa série What If? foi um sonho se tornando realidade”, disse “Não consigo esperar para que vocês vejam nosso garoto Miles segurando o escudo e descobrir como ele vai lidar com o manto do Capitão América”.

What If… Miles Morales #1 tem data de lançamento marcada para março de 2022 nos Estados Unidos.

Veja também:

Imagem de perfil
sobre o autor Junno Sena

Pós graduando em Antropologia com o raio problematizador ligado no 120. Assiste filme trash para relaxar e dorme cantarolando a trilha sonora de A Hora do Pesadelo. Blaxploitation na veia e cinema coreano no coração. Atualmente mora em Petrópolis, RJ.