Harry Styles: Entenda como o astro foi da música ao Universo da Marvel

Capa da Publicação

Harry Styles: Entenda como o astro foi da música ao Universo da Marvel

Por Chris Rantin

Atenção: Alerta de Spoilers!

Cantor, modelo e ator, Harry Styles é um artista completo. Fazendo sucesso em todas as áreas que atua, o ícone ficou mundialmente conhecido graças ao seu trabalho na boy band One Direction, brilhando na sua carreira solo e chamando a atenção com seu estilo que mistura roupas “masculinas” e “femininas”. 

Fazendo sucesso também nós cinemas, Styles surpreendeu ao ser escalado como Starfox em Eternos no Universo Cinematográfico Marvel, um personagem muito peculiar que deve fazer um grande estrondo nos próximos filmes da Marvel Studios

Bora conhecer mais sobre o grande ídolo teen?

Quem é Harry Styles?

O cantor, ator e modelo Harry Styles.

Harry Styles é um cantor, compositor e ator. Conhecido principalmente por seu trabalho no saudoso grupo One Direction, o artista tem feito sucesso em sua carreira solo. Além disso, Harry chama atenção por sua moda e estilo e por seu trabalho em um filme indicado ao Oscar. Mais recentemente, ele passou a fazer parte do Universo Cinematográfico Marvel. Acumulando hits nas principais paradas, Harry também conquistou diversos prêmios, incluindo dois Brits Awards e um Grammy.

Onde nasceu e cresceu Harry Styles?

Harry Edward Styles, é um aquariano que nasceu em 1º de fevereiro de 1994 no distrito Redditch do condado de Worcestershire, na Inglaterra. O ator e cantor é filho de Anne Twist e Desmond Styles e tem uma irmã mais velha, Gemma Styles. Quando ainda era criança, sua família se mudou para Holmes Chapel, uma vila no condado de Cheshire, próxima à Manchester, de pouco mais de seis mil habitantes.

Aos sete anos ele precisou encarar o divórcio dos seus pais. Anos mais tarde, sua mãe se casou com John Cox — que se divorciaram mais tarde — até que, em 2013, ela se casou com Robin Twist, que morreu de câncer em 2017. Desta relação, Harry teve dois meio-irmãos, Mike e Amy, que eram filhos de Robin. 

Início da carreira e One Direction

A banda One Direction.

Harry conta que teve uma infância maravilhosa, sendo apoiado por seus pais e descobrindo seu interesse pela música graças a uma máquina de karaokê que ele ganhou do seu avô. Na escola — Holmes Chapel Comprehensive School — sua paixão pela música continuou se desenvolvendo, especialmente quando ele entrou na banda White Eskimo, que chegou a vencer a competição de bandas locais.

Por notar essa vocação, sua mãe sugeriu que, em abril 2010, ele fizesse uma audição para o The X Factor britânico. Em seu primeiro teste, Harry cantou “Isn’t She Lovely” de Stevie Wonder, conseguindo passar para a próxima etapa, mas fracassando na competição. Foi então que, quando outros quatro jovens (Liam Payne, Louis Tomlinson, Zayn Malik e Niall Horan) também falharam na mesma etapa, eles criaram um grupo e conseguiram entrar na competição na categoria grupos do The X Factor. Foi Harry quem sugeriu o nome One Direction, algo que foi aceito pelos outros integrantes. 

Na competição, a banda ficou em terceiro lugar, mas apesar disso eles rapidamente alcançaram sucesso. O primeiro álbum do grupo, Up All Night, lançado em setembro de 2011, fez muito barulho em todo mundo, alcançando o topo das paradas britânicas. Depois disso, One Direction lançou o álbum Take Me Home, em 2012, Midnight Memories em 2013 e Four em 2014. 

Durante Made in the A.M., o quinto e último álbum do grupo, lançado em 2015, Zayn Malik decidiu deixar a banda. Apesar da saída do membro, os cantores continuaram seu trabalho, afirmando que o grupo não seria finalizado após o acontecimento. Entretanto, One Direction decidiu entrar em hiatus, o que foi visto por muitos como uma forma de encerrar definitivamente a banda. Desde então, não há nenhum plano para o retorno de One Direction e todos os integrantes seguiram com seus projetos solo. 

A vida pessoal e a sexualidade de Harry Styles

Harry Styles é destaque quando o assunto é moda não-binária.

Por conta do seu estilo, interesse pela moda, e fanfics envolvendo os integrantes de One Direction, muito se especula sobre a sexualidade de Harry Styles. Em 2013, quando questionado se seria bissexual, o cantor afirmou que tinha certeza que não era bi, mas em 2017 ele afirmou que não via necessidade em classificar sua sexualidade, se definindo como progressista e que, se tratando da sua sexualidade, todo mundo deveria ser quem quisesse ser.

Recentemente, no final de 2019, o artista foi confrontado em uma entrevista ao The Guardian sobre utilizar a estética LGBT. Diante disso ele declarou:

“Eu estou tentando ser mais interessante ao ser sexualmente ambíguo? Não. Em termos de como eu quero me vestir, e como vai ser a capa do álbum, eu tendo a tomar decisões em termos de colaboradores com quem quero trabalhar. Eu quero que as coisas pareçam de uma certa maneira. Não porque isso me faz parecer gay, ou me faz parecer hétero, ou me faz parecer bissexual, mas porque eu acho que parece legal. E mais do que isso, não sei, só acho que sexualidade é algo divertido. Honestamente? Não posso dizer que pensei muito nisso.”

No que diz respeito aos seus relacionamentos, o artista já se envolveu com grandes personalidades da mídia, como Caroline Flack, Camille Rowe e Taylor Swift. Desde o começo de 2021, ele está em um relacionamento com a atriz e diretora Olivia Wilde.

Harry Styles e Taylor Swift.

Vivendo principalmente em Londres, Nova York e na Califórnia, Harry Styles se define como uma pessoa mais espiritual do que religiosa, acreditando em Karma e em uma força superior. A fortuna do cantor, segundo um levantamento de 2021, é de aproximadamente 75 milhões de Libras.

A bem sucedida carreira solo de Harry Styles

Após o hiatus de One Direction, Harry Styles avançou em sua carreira solo, algo que trouxe ainda mais sucesso para o músico. Em maio de 2017, o cantor lançou o álbum Harry Styles, atingindo o primeiro lugar em diversas charts mundiais (como Reino Unido, Canadá, Estados Unidos e Austrália), vendendo mais de um milhão de cópias mundiais.

Em dezembro de 2019, Styles lançou Fine Line, seu segundo álbum solo, também alcançando o topo das paradas mundiais, chegando em segundo lugar no Reino Unido e acumulando a primeira posição na Austrália, Canadá, Irlanda e Estados Unidos. Dessa vez o álbum vendeu ainda mais, chegando a quase um milhão de cópias vendidas apenas nos Estados Unidos. 

Foi com Fine Line que Harry recebeu três indicações ao Grammy, disputando o prêmio nas categorias Melhor Álbum Vocal de Pop, Melhor Clipe Musical (por Adore You) e vencendo em Melhor Performance Pop Solo (por Watermelon Sugar). 

Além disso, a carreira solo do cantor rendeu inúmeras indicações e prêmios na Brit Awards, Billboard Musica Awards, American Music Awards, ARIA Music Awards, entre outros. 

Influência e amor pela moda

O primeiro homem a estampar a capa da Vogue.

Durante sua época no One Direction, Harry Styles ficou conhecido por seus jeans skinny, suas estampas floridas, ternos extravagantes e botas. Em sua fase como artista solo, no entanto, seu estilo desabrochou em algo completamente diferente. Brincando com as convenções de gênero na moda, o artista é famoso por usar saias e vestidos, alternando peças que são consideradas masculinas e femininas e criando combinações vibrantes.

Elogiado desde o começo da carreira por seu olho atento para o que diz respeito à moda, Styles tem conquistado cada vez mais espaço nesse mundo fashion, sendo considerado a personificação do estilo moderno que é ousado, intenso e excêntrico e conquistando o título de Homem Mais Estiloso de 2020 da revista GQ.

Ainda em 2020, Styles se tornou o primeiro homem a aparecer na capa da Vogue, estampando a edição de dezembro da famosa revista. Nela, o artista apareceu com um longo vestido Gucci, o que rendeu inúmeras críticas da população conservadora. Harry se pronunciou sobre o caso dizendo em uma entrevista à Billboard:

“Ao não usar algo porque é uma roupa feminina, você fecha um mundo inteiro de roupas incríveis […] O que é emocionante agora é que você pode usar o que você quiser. Não precisa ser X ou Y. Essas linhas estão ficando cada vez mais borradas.” 

Contudo, a capa da Vogue rendeu críticas também de artistas LGBT. Citando o caso como exemplo — ainda que não criticasse diretamente Harry — Bill Porter, ator e ativista LGBT, disse em uma entrevista à Attitude (via Rolling Stone):

“Sinto como a indústria da moda me aceitou por obrigação. Não estou necessariamente convencido e aqui está o porquê: Criei a conversa [sobre moda não binária] e ainda assim a Vogue colocou Harry Styles, homem branco heterossexual, em um vestido em sua capa pela primeira vez. […]  Não estou falando mal de Harry Styles, mas é ele que você usará para representar esta nova conversa? Ele não se importa, ele só está fazendo isso porque é a coisa certa a fazer.”

Após a polêmica que surgiu, Porter pediu desculpas por envolver Styles na discussão. 

Dunkirk e outros projetos no cinema

Sua carreira no cinema já começou com o pé direito, estreando em Dunkirk, filme de Christopher Nolan, lançado em 2017. No longa, Styles interpretou o soldado britânico chamado Alex, sendo parte da evacuação de Dunkirk durante a Segunda Guerra Mundial.

Após o filme, Nolan confessou que não conhecia a fama de Harry Styles, afirmando que o escalou apenas por seu talento e porque ele se encaixava no papel. Sua atuação foi elogiada também pela crítica, que exaltou sua performance inesperada. 

Dunkirk foi indicado ao Oscar nas categorias Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Fotografia, Melhor Direção de Arte, Melhor Trilha Sonora, vencendo os prêmios por Melhor Edição, Melhor Edição de Som e Melhor Mixagem de Som.

Seu próximo projeto no cinema será Não Se Preocupe Querida, um filme de suspense que gira em torno de uma dona de casa dos anos 1950 que tem a vida bagunçada após descobrir uma verdade perturbadora. O longa, que está previsto para estrear em 2022, conta com a direção de Olivia Wilde e traz Florence Pugh (Viúva Negra), Gemma Chan (Eternos) e Chris Pine (Mulher-Maravilha) no elenco. 

Harry Styles chega ao Universo Cinematográfico da Marvel

Starfox nos quadrinhos.

Pegando todo mundo de surpresa, Harry Styles apareceu na primeira cena pós-créditos de Eternos, vivendo o poderoso Eros, também conhecido como Starfox. O personagem possui poderes de manipulação e é conhecido por ser irmão do Thanos. De acordo com a cena, Harry deve continuar no Universo Cinematográfico Marvel, sendo de grande ajuda para o resgate de parte da equipe cósmica.

Falando sobre o momento, o produtor Nate Moore explicou que chegaram a cogitar trocar o gênero do personagem:

Tínhamos uma lista pequena de nomes, mas [a diretora] Chloé Zhao é uma fã assumida de Harry Styles. Desconfiamos de início, mas queríamos uma oportunidade para eles se conhecerem.” 

Por fim, Styles conquistou a todos, a ponto de Moore declarar:

“Eu amo esse cara, não sei bem o motivo, mas eu o amo. Ele é divertido, charmoso, legal com todo mundo. Ele realmente é tipo Eros, então foi uma negociação muito fácil. É um risco maior para Harry Styles estar nesse filme do que para nós escalarmos Harry Styles em um filme, por conta da base de fãs muito específica que ele tem, além de ser músico e um ator em ascensão. É um enorme salto de fé assumir a face desse personagem meio aleatório mas que ele sabe que é um pouco problemático. Porém o futuro de Eros no MCU é muito divertido, vai valer a pena.”

E aí, pronto para ver mais do artista no MCU?

Eternos já está em cartaz nos cinemas.

Veja também:

Imagem de perfil
sobre o autor Chris Rantin

Jornalista • Editor • Mestrando em Comunicação pela UEL • Instagram e Twitter: @Chris_Rantin • "Eu sou o fogo e a vida encarnados. Agora e para sempre eu sou a Fênix!"