Gavião Arqueiro: As diferenças entre a origem de Kate Bishop nos quadrinhos e na série

Capa da Publicação

Gavião Arqueiro: As diferenças entre a origem de Kate Bishop nos quadrinhos e na série

Por Gus Fiaux

Universo Cinematográfico da Marvel tem uma nova heroína e seu nome é Kate Bishop. A personagem já caiu no gosto dos fãs desde sua estreia em Gavião Arqueiro, na semana passada, servindo como uma aprendiz (e um problema) para Clint Barton. Esperta, ácida e autêntica, a heroína tem um grande histórico nos quadrinhos, mas suas origens foram bem modificadas para se adequar à franquia da Marvel Studios.

E embora as duas origens sejam “discordantes”, há pontos em comum e que favorecem a introdução de outro grupo de super-heróis da Marvel num futuro não muito distante. É pensando nisso que, neste artigo, vamos falar sobre as origens de Kate Bishop e como elas foram alteradas no Universo Cinematográfico da Marvel! Então já prepare seu arco-e-flecha e venha com a gente!

Kate Bishop é integrante dos Jovens Vingadores nas HQs!

A origem de Kate Bishop nas HQs

Nos quadrinhos da Marvel ComicsKate Bishop foi apresentada pela primeira vez em Young Avengers #1, de fevereiro de 2005. A personagem foi uma criação de Allan Heinberg Jim Cheung e logo passaria a integrar a “subdivisão juvenil” dos Heróis Mais Poderosos da Terra, os Jovens Vingadores. No começo de tudo, ela acaba encontrando a equipe no casamento de sua irmã mais velha, Susan, quando os heróis tentam salvar os convidados em uma luta contra alguns vilões.

Ela então acaba ficando encantada com a perspectiva de conhecer super-heróis e faz de tudo para encontrar o grupo, mas é recusada junto de Estatura (a filha do segundo Homem-Formiga). Após algumas tentativas, as duas acabam sendo convocadas para o grupo, que passa a usar como base de operações a antiga Mansão dos Vingadores, que havia sido destruída. Lá, Kate encontra suas principais armas: um arco-e-flecha que pertencia ao Gavião Arqueiro, além dos bastões da Harpia e a espada do Espadachim.

Aos poucos, descobrimos que a heroína vem de um lar muito problemático. Sua mãe havia morrido (mas depois nós descobrimos que não é bem assim), seu pai é um empresário corrupto e, certo dia, ela foi abusada ao andar sozinha no Central Park. Com muito trauma do evento, ela passa a treinar artes marciais, arquearia e outras formas de defesa pessoal, para que isso não se repetisse.

E inicialmente, Kate também não faz questão de usar o nome “Gaviã Arqueira“. Na verdade, ela passa um tempo grande tentando descobrir qual seria a melhor identidade a adotar, mas isso acaba sendo resolvido só ao fim do 1º volume de Jovens Vingadores, quando o próprio Gavião Arqueiro (ressuscitado após sua morte em Vingadores: A Queda) decide passar a ela oficialmente o manto. Anos depois, Kate se encontraria novamente com Clint Barton e se tornaria sua aprendiz.

Kate Bishop já começa como aprendiz do Gavião Arqueiro na série!

A origem de Kate Bishop no MCU

Já na série do Disney+, nós descobrimos que a origem de Kate está ligada aos eventos de Os Vingadores, já que ela e sua família moravam na cidade de Nova York quando os Chitauri chegaram à Terra, liderados por Loki, dando início a uma grande batalha com os Heróis Mais Poderosos da Terra. Aqui, Kate ainda é uma criança quando é salva pelo Gavião Arqueiro – mesmo que ele nem soubesse disso. Ela fica encantada com esse momento, mas logo tudo vem abaixo quando descobre que seu pai, Derek Bishop, acabou morrendo durante a batalha.

Os anos se passam e Kate se torna uma atleta fenomenal, conseguindo medalhas e se tornando uma arqueira graças às ações do Gavião Arqueiro. Certo dia, ela reencontra sua mãe, Eleanor Bishop, e descobre que ela está noiva de um homem chamado Jack Duquesne (que, nas HQs, é o Espadachim). Durante uma festa chique para qual vai com sua mãe, ela descobre um leilão de itens contrabandeados acontecendo nos fundos do prédio – e o evento é subitamente interrompido pela chegada da Máfia dos Agasalhos.

Kate fica desesperada e logo consegue surrupiar um dos itens roubados que estava à venda: o traje do Ronin. Ela usa a roupa para enfrentar a Máfia sem que sua identidade seja revelada, mas se descuida e eles começam a segui-la mesmo após o roubo no leilão. Quando Clint vê, pela TV, que um novo Ronin está agindo na cidade, ele a persegue e descobre se tratar de Kate. Os dois então são unidos pelas circunstâncias e precisam enfrentar a Máfia dos Agasalhos – tudo isso enquanto Clint tenta correr contra o tempo para chegar em casa antes do Natal.

Ao que parece, a série “inverteu a lógica” dos quadrinhos e colocou Kate Bishop para ser aprendiz de Clint Barton antes mesmo de se juntar aos Jovens Vingadores – mas isso não exclui a possibilidade da aparição da equipe no MCU (ainda mais se levarmos em conta que vários personagens já foram apresentados, como os Gêmeos Maximoff, a filha de Scott Lang e o Patriota). Além disso, elementos mais “dark” de suas origens foram deixados de lado, como o caso do assédio sexual no Central Park, já que a Disney sempre evita tocar em assuntos mais densos.

E para você, qual é a melhor origem de Kate Bishop? Quais elementos dos quadrinhos você ainda quer ver na série do Disney+? Deixe nos comentários!

Gavião Arqueiro está disponível no Disney+, com novos episódios lançados todas as quartas-feiras.

Abaixo, veja também:

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux