Capa da Publicação

Christopher Nolan fez lista de exigências à Universal para assinar para seu próximo filme

Por Evandro Lira

Há poucos dias, foi noticiado que diversos estúdios estavam interessados em lançar o próximo filme de Christopher Nolan, depois que o cineasta rompeu com a Warner Bros. Finalmente, foi decidido que a Universal Pictures vai produzir e distribuir o filme, mas a empresa teve que atender à diversas exigências do diretor para fechar negócio.

Segundo o The Hollywood Reporter, Nolan assinou com a Universal sob as seguintes condições: controle criativo total sobre o filme; 20% da bilheteria bruta; a empresa não pode lançar nenhum outro filme três semanas antes e três semanas depois da estreia; uma janela exclusiva de pelo menos 100 dias nas salas de cinema.

Além da Universal, os estúdios que estavam pajeando o diretor foram a Paramount, a Apple e a Sony. Nenhum deles, porém, conseguiu se adequar às demandas de Nolan. De acordo com fontes, a Universal “apenas disse sim” para todas elas.

Universal é a casa do próximo filme de Christopher Nolan

Desde o início da carreira, Nolan trabalhou com a Warner Bros. Isto inclui, é claro, a trilogia do Cavaleiro das Trevas, bem como o aclamado A Origem, e o drama de guerra Dunkirk. No entanto, sua relação com o estúdio ficou abalada no ano passado, próximo ao lançamento de seu último longa, Tenet, e a decisão polêmica da Warner de lançar todos os seus filmes de 2021 simultaneamente no cinema e streaming. Nolan, que é terminantemente contra lançamentos de streaming, chegou a chamar a HBO Max de “pior serviço de streaming”.

Agora, tendo assinado com a Universal – estúdio por trás de franquias populares tais quais Velozes & Furiosos, Jurassic Park e Meu Malvado Favorito -, espera-se que o cineasta lance o novo filme sob seus próprios termos, o que quer dizer: um lançamento tradicional nos cinemas.

O novo longa de Nolan será sobre como o físico J. Robert Oppenheimer e o Projeto Manhattan inventaram as bombas atômicas que encerraram a Segunda Guerra Mundial. As filmagens devem começar no início de 2022.

Fique com:

Imagem de perfil
sobre o autor Evandro Lira

Editor, bacharel em Cinema e Audiovisual, bruxo nascido trouxa, filho dos filhos do átomo, mestre dos quatro elementos, fã de mais coisas do que deveria, frequentemente falando sozinho no Twitter. Segue: @evandroslira