Capa da Publicação

Wally West conquista um novo e grande poder nas HQs

Por Raphael Martins

A Força de Aceleração já torna o Flash um dos heróis mais poderosos de todo o universo DC, seja ele Barry Allen, Wally West ou Jay Garrick. Mas o velocista escarlate acaba de ganhar um poder ainda maior nos quadrinhos, que o transformou praticamente em um deus… mas que tem seu preço.

Veja também:

Flash descobre que há algo de errado com a Força da Aceleração em nova HQ

Novo episódio de The Flash faz referência à Aves de Rapina

Dois personagens importantes retornarão para The Flash

Em Flash Forward #6, que chegou recentemente às lojas de quadrinhos americanas, Wally West foi obrigado a desistir de todas as suas conexões emocionais para salvar seus filhos e ajudar a restaurar o equilíbrio no mundo. Para isso ele se sentou na Cadeira de Mobius, um artefato conhecido por dar a aquele que nele se senta a onisciência de tudo o que acontece no universo.

O que ele não esperava é que, ao sentar na cadeira, ele acabaria ganhando os poderes do Dr. Manhattan, um ser de poder quase divino, que dividiu parte de sua energia com a cadeira durante a saga A Guerra de Darkseid. Mas com o poder, uma enorme responsabilidade também caiu nos ombros do velocista: a de prevenir uma nova e colossal ameaça, que se aproxima cada vez mais do multiverso da editora.

O novo poder de Wally poderia indicar que ele tomará uma parte importante nos próximos grandes eventos da DC, uma vez que ele agora está procurando por “espíritos iguais” para ajudá-lo nas batalhas que se aproximam. Mas será que a habilidade de ver passado, presente e futuro ao mesmo tempo serão o bastante para acabar com a misteriosa ameaça, cada vez mais eminente? Muito em breve descobriremos, e vocês também.

Confira imagens de Flash Forward #6 em nossa galeria:

Fonte: ComicBook

Imagem de perfil
sobre o autor Raphael Martins

Redator, apresentador e roteirista. Gosto de longas caminhadas na praia, Star Wars, tokusatsu, anime e filé com batata frita. Deixo as pessoas constrangidas. Você pode trocar uma ideia comigo no Twitter: @aqueleraphael