Atriz de The Last of Us Part II divulga várias ameaças de morte que recebeu

Capa da Publicação

Atriz de The Last of Us Part II divulga várias ameaças de morte que recebeu

Por Leo Gravena

Atenção: Alerta de Spoilers!

The Last of Us Part II vem, casa vez mais, se tornando um dos jogos mais controversos de todos os tempos. Porém, mesmo sendo apenas um jogo, muitas pessoas parecem ter problemas separando a história da realidade e decidiram mandar ameaças de morte para Laura Bailey, a atriz de voz e captura de movimentos de Abby, no jogo.

No jogo, a personagem começa como uma vilã, e depois, você vai explorando a história dela e conhecendo suas motivações. Porém, muitas pessoas passaram a odiar a personagem e sua história, atacando várias pessoas ligadas ao jogo. Agora, Bailey foi até o twitter e revelou alguma das ameaças terríveis que recebeu.

Veja também:

The Last of Us Part II faz você ver o outro lado da história

[Crítica] The Last of Us Part II é um estudo sobre ódio, vingança e trauma

Chefe da Xbox parabeniza sucesso de The Last of Us: Part II

No twitter, a atriz Laura Bailey escreveu: “Cara, eu tento postar apenas coisas positivas aqui… mas algumas vezes fica muito pesado. Eu apaguei algumas palavras porque, vocês sabem, spoilers. Por outro lado, obrigado a todas as pessoas mandando mensagens positivas para balancear isso. Significa mais do que posso dizer”. 

No tuíte, várias mensagens de ódio e ameaças são feitas a atriz, dentre elas: “Vou encontrar onde você vive e te massacrar pelo o que você fez com o ——“, “Só queria dizer que você deveria morrer sua *****, vai se *****, você arruinou tudo”. Um dos mais horríveis, contudo, diz: “Espero que você morra de câncer por ter matado meu ———–. Eu vou te encontrar e eu vou matar seu filho pelo que você fez, só espere por isso”.

Não é de hoje que fãs se “emocionam” com grandes eventos representados em filmes, séries e jogos, contudo, existe uma clara distinção entre você ficar chateado, com raiva e triste por um evento ficcional e comentar sobre isso na internet; e decidir ir ameaçar a vida de uma pessoa que estava apenas fazendo seu trabalho e não possui qualquer controle sobre as decisões feitas na história.

Imagem de perfil
sobre o autor Leo Gravena

Editor-Chefe | @LeoGravena
"...It was never going to be okay..."