Capa da Publicação

Escritora do livro de Star Wars: A Ascensão Skywalker fala sobre decisão final de Rey

Por Evandro Lira

A autora da romantização de Star Wars: A Ascensão Skywalker, Rae Carson, deu sua opinião sobre a polêmica atitude final de Rey, que assumiu a alcunha dos Skywalker no final da história depois de enterrar os sabres de luz de Luke e Leia.

Veja também:

Criador da série Watchmen gostaria de trabalhar no MCU e em Star Wars

Artes conceituais do Project Luminous mostra novos Jedis de Star Wars

PSN revela novo jogo de Star Wars focado em naves

Para Carson, essa decisão representa nada menos que a grande vitória dos Skywalker sobre Palpatine, encerrando assim o arco iniciado na primeira trilogia:

“Quando eu tinha 18 anos, assumi o nome de meu padrasto para honrar os laços de amor e confiança entre nós. Eu imagino que foi o mesmo caso para Rey, que queria honrar a família que ela escolheu.

 

Eu reconheço que a decisão de Rey se mostrou controversa, e estou ansiosa para discutir isso com os fãs nos próximos anos. Mas minha opinião atual é a seguinte: A saga Skywalker inteira é sobre Palpatine tentar transformar Skywalkers em pessoas do lado negro da força. Ele espera especialmente que Rey seja digna do seu próprio poder e ambição e se torne a queda final dos Skywalkers. Apesar de todos os seus esforços ao longo de três gerações, ele falha. Rey rejeita tudo sobre ele e assume o manto e o legado de Skywalker. No fim, é um Palpatine que se vira contra a luz, entregando assim aos Skywalkers sua vitória final.”

Essa cena, bem como todo o filme A Ascensão Skywalker, foi recebida com certa polarização por parte dos fãs. Mas apesar das reações contraditórias, o momento foi parar na versão em livro do filme e também fez parte do marketing da Disney para a versão doméstica do longa.

O que você achou da justificativa da autora? Faz sentido para você? Comente!

Fique com:

Imagem de perfil
sobre o autor Evandro Lira

Editor, bacharel em Cinema e Audiovisual, bruxo nascido trouxa, filho dos filhos do átomo, mestre dos quatro elementos, fã de mais coisas do que deveria, frequentemente falando sozinho no Twitter. Segue: @evandroslira